8

tenho uma base de dados que possui alguns missings (NA's), mas em apenas uma variável (uma coluna), e preciso retirar a linha inteira que tem o missing.

3

A função subset resolve isso de forma direta e mais clara, na minha opinião. Isso pode ser feito em conjunto com a função is.na sendo aplicada a variável de interesse.

> data.frame(x=1:12, y=rnorm(12), z=c(TRUE, TRUE, NA))
    x           y    z
1   1  1.02572367 TRUE
2   2  0.03988014 TRUE
3   3 -0.33269252   NA
4   4  0.05357787 TRUE
5   5 -0.05166907 TRUE
6   6 -0.68981171   NA
7   7  1.14728375 TRUE
8   8 -0.76820827 TRUE
9   9 -0.45425148   NA
10 10 -0.27369393 TRUE
11 11 -0.12687725 TRUE
12 12 -0.38773276   NA

> df <- data.frame(x=1:12, y=rnorm(12), z=c(TRUE, TRUE, NA))
> subset(df, !is.na(z))
    x          y    z
1   1 -0.2223889 TRUE
2   2 -0.7398008 TRUE
4   4 -1.6382330 TRUE
5   5  1.2596270 TRUE
7   7  1.0555701 TRUE
8   8 -1.5904792 TRUE
10 10 -0.0942284 TRUE
11 11 -0.3278851 TRUE

E também é possível incluir mais regras no filtro.

> subset(df, !is.na(z) & x %% 2 == 0)
    x          y    z
2   2 -0.7398008 TRUE
4   4 -1.6382330 TRUE
8   8 -1.5904792 TRUE
10 10 -0.0942284 TRUE
  • 1
    A função subset não é recomendada para operações triviais como essa: This is a convenience function intended for use interactively. For programming it is better to use the standard subsetting functions like [, and in particular the non-standard evaluation of argument subset can have unanticipated consequences.. Seria mais simples fazer df[!is.na(df$z),] – Molx 19/09/15 às 2:22
  • 2
    @Molx você tem um ponto, mas para mim legibilidade conta muito e o comando subset expressa melhor objetivo fim. Por esse motivo diversos pacotes novos do R específicos para manipulação de dados (dplyr, magrittr, ...) usam a non-standard evaluation. – Wilson Freitas 19/09/15 às 22:29
  • 1
    Achei essa questão no SO discutindo essa questão do subset stackoverflow.com/questions/9860090/… – Wilson Freitas 23/09/15 às 16:39
5

Para remover linhas sem dados em R, você deve a usar a função complete.cases().

Pro exemplo em um dataset {x}:

y <- x[complete.cases(x),]
str(y)

O complete.cases(x) é um vetor lógico que vai retornar TRUE para as linhas com dados e FALSE para linhas sem dados.

  • Entendo, mas está na base como NA e não vazio. – Wagner Jorge 18/09/15 às 16:08
  • Você poderia usar a função na.omit() . – Daniel 18/09/15 às 16:14
  • Mas isso não remove a linha que tem o NA. – Wagner Jorge 18/09/15 às 17:35
  • @WagnerJorge Se os seus dados fore NA o complete.cases deveria funcionar. Se não deu certo, adicione o resultado de dput(dados) à pergunta, talvez sejam strings vazias ou algo do tipo. – Molx 18/09/15 às 17:46
5

Considere o seguinte banco de dados:

> dados <- data.frame(
+     var1 = c(NA, 1),
+     var2 = c(1, NA)
+   )
>   
>   dados
  var1 var2
1   NA    1
2    1   NA

Você pode excluir todas as linhas que possuem pelo menos um missing usando o na.omit:

> na.omit(dados)
[1] var1 var2
<0 linhas> (ou row.names de comprimento 0)

Ou excluir todas as linhas que possuem missing (NA) em alguma variável:

> dados[!is.na(dados$var1),]
  var1 var2
2    1   NA
> dados[!is.na(dados$var2),]
  var1 var2
1   NA    1

Para verificar se um elemento do vetor é NAno R, usamos a função is.na:

> is.na(NA)
[1] TRUE
> is.na(1)
[1] FALSE

Para de fato remover os casos missings do data.frame, você precisa sobre-escrever:

dados <- na.omit(dados)
5

Você também pode usar a função filter do dplyr:

Criando dados de exemplo (tomando como base os dados do Daniel):

dados <- data.frame(var1 = c(NA, 1, 3), var2 = c(1, NA, 3))

Carregando o dplyr:

library(dplyr)

Remove NAs apenas da coluna var1

dados %>% filter(!is.na(var1))

Remove NAs apenas da coluna var2

dados %>% filter(!is.na(var2))

Para remover todos NAs, use na.omit() mesmo. Você pode encaixar na cadeia de piping facilmente:

# remove todos NAs
dados %>% na.omit

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.