3

Eu já vi alguns códigos em PHP que, para verificar se uma classe possui o método __toString, é utilizada a função method_exists.

Exemplo:

if (method_exists($object, '__toString')) echo $object;

Por outro lado, já vi interfaces que utilizam o método __toString para obrigar as classes que o implementam a ter esse método.

interface StringableInterface
{
     public function __toString();
}

if ($object instanceof StringableInterface) echo $object;

Quais são as vantagens de se utilizar uma interface que contenha __toString, ao invés de utilizar apenas a verificação que esse método exista na classe?

2

Embora ambos em muitos casos possam parecer servir "quase" para o mesmo efeito na verdade o instanceof procura informar se uma determinada classe implementa uma determinada interface, o que, não é o mesmo que saber se o método existe ou não.

Podemos colocar depois uma análise mais cuidada quanto à performance e em resultado podemos obter resultados interessantes, analise o código que encontrei e que na minha opinião ajuda a perceber...

interface HasMethod {
    public function myMethod();
}

class MyClass1 implements HasMethod {
    public function myMethod() {}
}

class MyClass2 {
    public function myMethod() {}
}

$myClass1 = new MyClass1();
$myClass2 = new MyClass2();

$times = [0,0,0];
$j = 0;
for($i = 0; $i < 100000; ++$i) {
    $start = microtime(1);
    ($myClass1 instanceof HasMethod) && $j++;
    $times[0] += microtime(1) - $start;

    $start = microtime(1);
    (method_exists($myClass1, 'myMethod')) && $j++;
    $times[1] += microtime(1) - $start;

    $start = microtime(1);
    (method_exists($myClass2, 'myMethod')) && $j++;
    $times[2] += microtime(1) - $start;
}

print_r($times);

Resultado:

Array
(
    [0] => 0.46121835708618 //instanceOf
    [1] => 0.53055930137634 //method_exists com interface
    [2] => 0.4961085319519  //method_exists sem interface
)

Utilizar o instanceof é ligeiramente mais rápido do que method_exists().

A vantagem da velocidade é particularmente visível quando utilizo uma interface ou o método não existe.

Eu pessoalmente gosto mais de utilizar contratos como o interface pelo que prefiro o instanceof como "solução elegante".

Para terminar uma questão que na minha opinião é muito importante e que por vezes falha a muitos de nós...

É verdade que method_exists() retorna o valor de TRUE se o método existir. No entanto também o faz para métodos privados o que pode ser problemático. Para isso existe também o is_callable() que no exemplo que indiquei irá retornar FALSE. Sei que foge um pouco ao escopo da pergunta mas achei importante referir!

  • Esclarecedor, principalmente a questão do method_exists detectar o private. Tinha me esquecido desse detalhe. Faz toda a diferença sim – Wallace Maxters 11/09/15 às 11:59

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.