2

Preciso sincronizar dados entre o servidor e a aplicação cliente no Android e para isso criei várias classes ASyncTask, uma sincroniza os Terceiros, as outras o Financeiro, Contas A Receber e Contas a Pagar, por exemplo.

Fiz isso para reaproveitamento de código, que será utilizado em outros serviços e activities.
Porém, no momento em que o usuário sincroniza a primeira vez, na Activity as ASyncTask são executadas uma abaixo da outra, sem verificação se a de cima finalizou a regra de negócio.

Minha dúvida é a seguinte, quando uma ASyncTask é finalizada logo a de baixo é executada ou inicia-se antes mesmo das ASyncTask superiores encerrarem a execução?

O problema com isso é ocorrer inconsistência no banco de dados do Android quanto as foreign keys por exemplo na hora de salvar os registros no SQLite.

7

Pode garantir que os AsyncTask's são executados em sequência usando o método executeOnExecutor() para executar cada um deles.

Esse método recebe como parâmetro o Executor que irá executar as Task's, se passar o valor AsyncTask.SERIAL_EXECUTOR elas serão executadas de forma sequencial.

ex:

asyncTask1.executeOnExecutor(AsyncTask.SERIAL_EXECUTOR);

// asyncTask2 só será executado após asyncTask1 ter terminado.
asyncTask2.executeOnExecutor(AsyncTask.SERIAL_EXECUTOR);

Edit:

Tudo o que foi dito anteriormente é verdade mas esse é, a partir da versão HONEYCOMB, o modo como o método execute() executa as tasks. Ou seja, não há necessidade de usar o método executeOnExecutor() se quiser que as tasks seja executadas em série.

Inicialmente, quando foram introduzidas, as AsyncTasks eram executadas em série, em uma única thread.
A partir da versão DONUT isso foi alterado para uma pool de threads, permitindo executar várias tarefas em paralelo.
O surgimento de vários problemas de compatibilidade, em que códigos antigos deixaram de funcionar correctamente, levaram que, a partir da versão HONEYCOMB, a execução passasse a ser novamente em série.
Nessa altura foi introduzido o método executeOnExecutor() para permitir indicar explicitamente qual o modo de execução a adoptar.

  • Não conhecia este recurso, bem legal. Minha única ressalva é que o SERIAL_EXECUTOR é apenas um e as tarefas de banco de dados podem se ver serializadas com outras que não tèm relação lógica, se outra parte do programa usa o mesmo recurso. Eu preferiria ser explícito, fazendo cada passo agendar a próxima tarefa. Diminui a chance de uma mudança longe dali afetar o funcionamento. – epx 2/09/15 às 22:44
  • @epx Não entendo o que quer dizer. Em termos práticos o AsyncTask.SERIAL_EXECUTOR faz o mesmo que o que você propõe na sua resposta. – ramaral 2/09/15 às 22:50
  • Vamos dizer que ele chame um método entre agendar a tarefa #1 e a tarefa #2. Aí esse método, que outra pessoa fez ou vai alterar, também usa o mesmo macete para executar um punhado de outras tarefas serializadas. – epx 3/09/15 às 0:55
3

Se você agendar um número de AsyncTask's, não há qualquer garantia de ordem de execução. Para garantir esta ordem você teria de agendar apenas a AsyncTask que deseja ver executada primeiro, e no onPostExecute() você agenda a segunda tarefa, e assim por diante.

  • E quanto ao método getStatus() não posso utilizar em conjunto com Status.FINISHED, Status.RUNNING por exemplo para verificar se a Thread foi finalizada? De qualquer modo gostei da forma como você me passou e já tinha pensado a respeito, queria ver se não teria uma maneira melhor. Obrigado pela sua resposta. – Giancarlo Abel Giulian 2/09/15 às 2:33

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.