11

Estou aprendo agora a mexer com bash (Terminal do Ubuntu) e gostaria de entender a diferença entre esses três operadores.

Acho que < está relacionado à arquivos, mas não sei explicar o que ele faz descritivamente. Acho que é para mandar o valor do arquivo para o comando a ser executado.

Exemplo:

cat < index.php
#Exibe o conteúdo do arquivo

Quando uso <<, fica abrindo uma nova linha, sem executar o comando anterior (não entendi o que ele faz direito).

Exemplo:

cat <<
>
>

E o <<< me pareceu estar relacionado à expressões.

Exemplo:

cat <<< "O número é $((13 + 2))"
O número é 15
  • Então, em qual caso uso <, <<, ou <<<?

  • Qual é a finalidade de cada um?

  • Como se chamam?

6

< redirecionamento de entrada: Para comandos que esperam por uma entrada (normalmente teclado), você pode redirecionar um arquivo para a entrada (assim como você fez com o cat < index.php). Outro exemplo:

nc -l 8888 < /etc/fstab

<< redirecionamento de entrada de string: mesma coisa, porém ao invés de passar um arquivo, você digita diretamente a string (em múltiplas linhas). Você acaba a entrada com um CTRL+D , ou da seguinte forma:

cat << FIM
bla bla
bla
FIM

Normalmente utilizado para imprimir mensagens na tela com indentação.

<<< Não consegui achar uma definição para isso, mas uso como um redirecionador da saída de um comando, como se fosse um pipe invertido. Exemplo:

grep -i label <<< cat /etc/fstab
  • 1
    Esse exemplo do << me lembra muito o HereDoc Syntax do PHP – Wallace Maxters 28/08/15 às 15:19
5

Basicamente:

< - Operador de entrada, o comando antecedente recebe o que for passado apos o '<';

<< - Operador de entrada, com append, você pode usar para mais de uma linha de entrada. Não vejo muita utilidade;

Paras as saídas idem > - Operador de saída, a saída será direcionada para o que estiver a frente do '>' Note que, em Linux, tudo são arquivos, então, se você deseja que a saída de um comando seja direcionada direto para uma tela auxiliar, você pode usar este comando, veja isso, apenas um exemplo.

>> - Saída com append, quer dizer que se a saída for para um arquivo, o mesmo será incrementado com a saída atual.

Já o outro operador, <<<, não vi muita utilidade, mas seria utilizado para ler entradas em string.

  • Acho que faltou só o <<< – Wallace Maxters 26/08/15 às 16:55
  • Na verdade inverti ali, mas ja vou editar. Mas veja que o comantário do @Dherik acima esclarece todos os pontos. – Celso Marigo Jr 26/08/15 às 16:58
  • @CelsoMarigoJr, coloque mais algumas informações destes operadores e até com um exemplo de cada. Aí a sua resposta fica melhor ainda. Eu, pessoalmente, gosto de algo mais sucinto, mas não sei o que o Wallace espera :) – Dherik 26/08/15 às 17:01
  • 1
    @Dherik, vou postar alguns exemplos! – Celso Marigo Jr 26/08/15 às 17:04
3
  • < é o redirecionador de entrada, envia um arquivo para a entrada padrão (stdin) do comando
  • << se chama "here documents", em geral é usado para escrever uma string inline no script e enviar ela para a stdin do comando. A string se encerra pelo token que segue o << aparecendo sozinho no início de uma linha:

    $ xargs ls <<FIN

    /tmp

    FIN

  • <<< se chama "here strings", expande a expressão que segue o operador e a envia para a stdin do comando

Obs.: o exemplo do operador <<< dado pelo @cemdorst não é bom, ele funciona porque apenas a expressão imediatamente após o operador (no caso do exemplo, o cat) é passado como stdin do grep, o nome /etc/fstab é passado como argumento normal para o grep.

Há algumas variações, a documentação deles é bem descrita na manpage do bash (procure "Here Documents", "Here Strings").

Basicamente a utilidade deles é passar texto para a stdin de outros comandos, já que nisso (processamento de texto recebido via stdin) se baseia muito da programação em shellscript. Sem o "here documents" por exemplo, seria necessário usar comandos echo mais xaropes, ou criar arquivos externos extras além do script que se estiver escrevendo.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.