7

No PHP 5 sabemos que foi adicionado o type hinting e agora podemos declarar e forçar o tipo do parâmetro que uma função receberá. Acredito que ajudará no tratamento dos dados de forma mais precisa, porém qual o ganho de utilizá-lo, visto que ele não funciona também com tipos primitivos?

De imediato só penso na legibilidade de código, mas daí temos as tags de documentação que podemos informar o tipo do parâmetro e o retorno daquela função.

Algumas discussões sobre type hinting:

SoPT 53476#53476

SoPT 48825#48825

SOen

7

Pelas informações que a pergunta mostra já ter, a resposta não pode fugir da obviedade.

Além da melhor documentação como já mencionada, e isto não pode ser minimizado, se ganha segurança de tipos. Desta forma o código obriga que o argumento na chamada seja do tipo especificado. Isto já está explicado nas perguntas linkadas.

O fato de não permitir outros tipos prejudica que toda a aplicação tenha esta segurança, mas alguma segurança é melhor que nenhuma. E como provavelmente no futuro existirá para todos os tipos, já está com meio caminho andado na aplicação atual. Na verdade nem sei se vai ter que esperar tanto.

Em sistemas maiores, fica muito mais robusto fazer isto. É uma pena que por enquanto não dê para obrigar usar isto em todos os lugares ou dizer que quer que o tipo seja dinâmico mesmo. Em sistemas pequenos, ou seja, scripts, não é importante, mas em grandes é difícil manter tudo funcionando corretamente sem oferecer garantias. Este meio é mais fácil e mais eficaz que fazer o tratamento no corpo da função ou escrever testes para verificar se os tipos foram usados corretamente. Se ganha produtividade e robustez, ainda que limitada até poder usar todos os tipos.

4

Um adendo a resposta existente, no PHP7 deixa de se chamar type hinting e passa a se chamar type declaration pois este agora suporta os tipos int, bool, float e string, além dos já existentes no php5, como classes, interfaces, funções e arrays, eu coloquei uma explicação mais detalhada em:

Na pratica o type hinting (php5) ou type declaration php7 são opcionais e tecnicamente você pode fazer a verificação das variáveis sem usar eles, assim por exemplo:

PHP5

Com indução de tipos:

<?php
function filterLetters($a) {
    if (is_array($a)) {
        return array_filter($a, 'ctype_alpha');
    }

    return false;
}

//Causa erro
var_dump(filterLetters(array('a', 'b', 'cdef', 0, 1, 3, 'a1')));

//Causa erro
var_dump(filterLetters('abc'));

Com indução de tipos:

<?php
function filterLetters(array $a) {
    return array_filter($a, 'ctype_alpha');
}

//retorna array(a, b, cdef)
var_dump(filterLetters(array('a', 'b', 'cdef', 0, 1, 3, 'a1')));

//causa erro
var_dump(filterLetters('abc'));

PHP7

Sem declaração de tipos:

function unixtimeToTimestamp($a) {
    if (is_int($a)) {
        return gmdate('Y-m-d H:i:s', $a);
    }

    return false;
}

//Retorna algo como 2001-09-11 10:10:30
var_dump(unixtimeToTimestamp(1000203030));

//Retorna false
var_dump(unixtimeToTimestamp(1123123123.5));

No entanto veja que foi necessário criar uma if e usar is_int, agora no PHP7 você poderá fazer algo como:

function unixtimeToTimestamp(int $a) {
    return gmdate('Y-m-d H:i:s', $a);
}

var_dump(unixtimeToTimestamp(1000203030));

//Causa erro
var_dump(unixtimeToTimestamp(1123123123.5));

Conclusão

Notou como ficou mais fácil com o type hinting ou com o type declaration? Esse é o intuito básico dele(s).

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.