9

Primeiramente, filtro no meu atual contexto é uma lista de objetos a serem utilizados em controles do tipo ComboBox para que o usuário possa escolher dentre as opções.

Meu cenário: Tela 1 - Possui filtros de empresas, estoques, clientes, formas de pagamento. Tela 2 - Possui filtros de empresas e estoques. Tela 3 - Possui filtros de clientes, cidades, estados.

Meu objetivo é implementar um padrão de projeto que utilize uma mesma estrutura, ex: FiltroTela, e vá adicionando dentro os filtros (empresas, clientes, estoques) dependendo da tela que o solicitou.

Essas telas são de um projeto windows forms, a solicitação será feita a um WCF Service, que irá fazer a consulta em uma base de dados e devolver a estrutura com todos os filtros ao client (windows forms).

Algo em torno de, WCF Service eu "Tela 1" quero os filtros empresas, estoques, clientes e formas de pagamento, ao receber a msg de volta, faria o respectivo binding para cada controle.

Alguém consegue me indicar um padrão de projeto para resolver essa questão?

  • 1
    Crie view, e partir dae crie os filtros – Luiz Vichiatto 5/08/15 às 14:31
  • 1
    Obrigado pela ajuda @LuizVichiatto, mas a camada de acesso a dados já existe e inclusive já utilizo views, meu problema mesmo é encaixar um design patterns para tratar a ida e vinda da lista de objetos (filtros) ao longo do projeto. – Paulo Balbino 5/08/15 às 16:08
  • usa como parametro no sql – Roger Oliveira 13/09/15 às 23:36
3

Você pode combinar a resposta do @RogerOliveira no lado do SQL com o padrão Builder e Interfaces Fluentes no lado do C#.

Basicamente você usaria o filtro assim:

new FiltroTelaBuilder().porEmpresa(empresa).build();

Ou assim:

new FiltroTelaBuilder().porCliente(cliente).build();

Ou assim:

new FiltroTelaBuilder().porEmpresa(empresa).porCliente(cliente).build();

Em todos os casos o método build() retorna uma instância imutável de FiltroTela.

Existem diferentes formas de implementar esse padrão. Esse é o mais comum.

3

Resposta originalmente postada no corpo da pergunta por seu próprio autor

Bom, encontrei um padrão que me ajudou e muito, o Decorator, segue um link de referência "Decorator Design Pattern" e abaixo um pequeno exemplo de como ficou a implementação da montagem dos filtros, que me atende por tela:

private Dictionary<string, object> FiltroTela1()
    {
        IFilter filtro = new Filter();
        filtro = new FilterCompany(filtro);
        filtro = new FilterCustomer(filtro);
        filtro = new FilterPaymentType(filtro);
        return filtro.Filters();
    }

private Dictionary<string, object> FiltroTela2()
    {
        IFilter filtro = new Filter();
        filtro = new FilterCustomer(filtro);
        filtro = new FilterPaymentType(filtro);
        return filtro.Filters();
    }

Os dois exemplos acima utiliza o Decorator para "decorar" meu objeto Filtro com os filtros necessários para cada tela, e o método "Filters" obtém de cada filtro o tipo e um objeto para ser utilizado como critério na busca do filtro.

Na outra ponta "Server", utilizo o mesmo padrão, ele analisa o dicionário recebido e vai obtendo da base de dados os filtros solicitado, monta um novo filtro, porém com a lista de cada um e devolve pra tela, que por sua vez faz a análise dos filtros recebidos e realiza o binding para o respectivo controle.

1

Eu passo os filtros como parametros na Stored Procedure usando esse sql:

@parametro is null or campo = @parametro

Assim qdo vc passar null no parametro ele ira ignorar, dai simplesmente repassa sempre parametros pra SP se forem nulos tu trata antes.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.