2

Olá,

Alguém me sabe instruir sobre como evitar fazer asneiras com o git? No seguinte aspeto:

Tenho um projeto com 2 "remotes" configurados (imagine-se um da empresa - empresa - e outro privado - meuservidor). Mantenho um "branch" que sincronizo com o repositório da empresa (master -> empresa/master) e outro que sincronizo com a minha versão do projeto que é ligeiramente diferente (meu -> meuservidor/master).

Agora: como é que configuro o git para me impedir de fazer burrices e fazer "push" do meu "branch" pessoal para o servidor da empresa, por exemplo?

2

Primeiro,

Configure o push:

git config --global push.default simple

Depois, use o "track" com sua branch:

git branch master --set-upstream-to=empresa/master
git status         # mostra conexão entre master e empresa/master

Depois,

git checkout master
git push                      # Para empresa
git push meuservidor master   # Para seu servidor privado

Você pode criar e usar alias:

git config --local alias.push-empresa "push empresa master"
git config --local alias.push-servidor "push meuservidor master"

git push-empresa
git push-servidor
  • Boa ideia essa dos aliases. – Ninguém 11/03/16 às 13:13
  • Excelente ideia! Simples e funcional. – Rubico 11/03/16 às 14:11
0

Se você utiliza Git com Windows existe uma extensão para Powershell bem interessante chamada posh-git, você pode fazer o download via Chocolatey aqui. Essa extensão mostra o nome do branch corrente no prompt, ou seja, não é mais necessário digitar git status para verificar qual o branch corrente.

  • Uso linux, mas há algo que faz o mesmo em linux também. Não serve para o que pretendo, embora pudesse ajudar. Acho que vou, simplesmente, confiar em fazer sempre só "git push" e nunca indicar explicitamente o "branch" errado. – Ninguém 27/07/15 às 8:16

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.