5

Possuo um array chamado agenciasUri, o qual formato os dados antes de inserir nele. Após isso, monto o JSON jsonObjpara enviar uma requisição. O que achei estranho é que está funcionando corretamente.

Por que eu consigo acessar agenciasUri? Como funciona a visibilidade de uma variável dentro de um laço em JavaScript (ciclo de vida)?

$scope.salvar = function () {
        var agenciasSeparadas = $scope.opcoes + '';
        agenciasSeparadas = agenciasSeparadas.split(',');
        try {
            var agenciasUri = [];
            for (var i = 0; i < $scope.listaAgencias.length; i++) {
                var json = $scope.listaAgencias[i];
                for (var k = 0; k < agenciasSeparadas.length; k++) {
                    if (json.nome == agenciasSeparadas[k]) {
                        agenciasUri.push(json._links.self.href);
                    }
                }
            }
        } catch (err) {
            alert(err);
        }

        var jsonObj = {
            nome: $scope.nome,
            tipo: $scope.tipo,
            agencias: agenciasUri
        };



        alert(JSON.stringify(jsonObj));
        veiculosAPI.postVeiculo(jsonObj)
            .success(function (data, status, headers, config) {
                $scope.nome = null;
                $scope.tipo = null;
            }).error(function (data, status, headers) {
                alert("Erro ao salvar dados do veiculo!");
                alert(data + "\t" + JSON.stringify(data));
            });

    };
7

A questão é que o JavaScript tem o escopo de variáveis declarada com var local à função e não ao bloco de execução, como ocorre em outras linguagens. Este fenômeno é conhecido por hoisting.

Então não importa onde você declare a variável, ela existirá em toda a função. Mas não fora dela.

Somente variáveis declaradas fora da função é que possuem escopo global ou pelo menos regional. Por regional entenda que uma variável pode ser acessível dentro da função onde ela foi declarada e dentro de funções contidas nesta função.

Com o EcmaScript 6 é possível usar o let que permite o uso de escopo de bloco, como o encontrado em outras linguagens. Mais detalhes sobre a diferença entre eles podem ser encontrados nessa pergunta.

A ideia do escopo do var não é ruim, o problema é que ela foi mal implementada. Se você declarar duas vezes a mesma variável dentro de uma função, em blocos diferentes, é aceito sem erros. Isto não deveria acontecer. Mas pela filosofia da linguagem a segunda declaração funciona normalmente como se fosse uma atribuição. Isto é confuso. Outro problema é que a variável existe mesmo que ela tenha sido declara depois do seu uso.

Desta forma, o estilo "moderno" de programar é usar sempre que possível, e quase sempre é em navegadores modernos (ou pelo menos será), o let. É uma pena que ainda não há suporte garantido em navegadores que estão em pleno uso.

Ou seja, isto não é algo específico do try-catch, é válido para qualquer bloco.

Mais informações nessa pergunta no SO.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.