7

Desenvolvo sites que possuem o logo da empresa em SVG, mas queria saber como testar de forma fácil ou forçar para que substitua o SVG quando o navegador não suportar. Assim eu poderia ter o logo feito em PNG para substituir.

Geralmente coloco o SGV como background de um elemento com visibilidade em bloco e faço um CSS alternativo para IE8 e menores, estou agindo corretamente?

8

Se alterar a markup for uma opção

Estou a responder em separado porque tratam-se de duas soluções distintas com implicações distintas e de certa forma esta é uma resposta extensa que carece a sua independência.

Através da alteração da markup que estás actualmente a utilizar, podes lidar com a questão do suporte ao SVG sem precisares de incrementar a tua folha de estilos ou o ficheiro de script com linhas de código que só vão servir uma pequena percentagem dos visitantes.

SVG and tag tricks

A solução apresentada tem como principio o facto de que os navegadores fazem da tag image um pseudônimo para a tag img, como é explicado em Having fun with <image> (Inglês) da autoria de Jake Archibald onde podemos ler:

  • Firefox aliases 'image' to 'img' at parse-time
  • Chrome & Safari alias 'image' to 'img' at element-creation time
  • IE aliases 'image' to 'img' throughout the runtime

Que (+/-) traduzido:

  • Firefox converte image para img ao fazer o parse
  • Chrome & Safari convertem image para img ao criarem o elemento
  • IE converte image para img no decorrer do processamento

Mediante isto, a ideia é fazer uso da tag svg com uma image no seu interior onde damos a indicação dos dois ficheiros a utilizar, o SVG se suportado e a imagem de fallback para o caso de ser necessária.

<svg width="400" height="400">
    <image xlink:href="http://www.quatrocubos.com.br/img/qq.svg" src="http://www.quatrocubos.com.br/img/qq.png" width="400" height="400"/>
</svg>

A questão aqui é se podes ou não albergar a alteração da markup que é evidentemente necessária para aplicar esta solução.

Assumindo que sim, eis como ficariam as coisas para o mesmo efeito:

Exemplo no JSFiddle

HTML

<div class="bg">
    <div class="logo">
        <svg width="500" height="500">
            <image xlink:href="http://www.quatrocubos.com.br/img/qq.svg" src="http://www.quatrocubos.com.br/img/qq.png" width="500" height="500"/>
        </svg>
    </div>
</div>

CSS

.logo {
    display:block;
    width:500px;
    height:500px;
    margin:40px;
}
.bg{
    background-color:#333;
}

Resultado

O resultado após adicionar a markup para o SVG e após remover CSS agora desnecessário, fica como pode ser visto em baixo ou no JSFiddle:

Captura de Tela

Obtemos assim o mesmo ambiente visual que inicialmente era primariamente conseguido recorrendo a definições de CSS.

Nota:

Conforme podemos ver em SVG Fallbacks da autoria de Chris Coyier (Inglês) cujo mesmo fala sobre os links já presentes nesta resposta e na técnica aqui sugerida:

Análise no IE

No Internet Explorer podemos ver que ambas as imagens são requisitadas ao servidor. Contudo, apenas uma chega a ser transferida, a imagem não necessária vem com 0KB, o que nos diz que o navegador a dada altura cancela a requisição por entender que afinal não precisa da imagem.

  • Parabéns, exatamente como eu necessitava. Obrigado. – 2madera 27/02/14 às 17:55
  • @Zuul Muita boa resposta, vai me auxiliar em implementações futuras. Parabéns (Esse português de Portugal, que ferra... rsrs) – Fernando Leal 27/02/14 às 22:50
5

Se JavaScript / jQuery for uma opção

Podes perguntar ao navegador se ele suporta ou não SVG e mediante a resposta agir em conformidade:

Exemplo no JSFiddle

/**
 * Detecta suporte ao SVG
 */
function suportas_SVG() {
    return !!document.createElementNS && !!document.createElementNS('http://www.w3.org/2000/svg', "svg").createSVGRect;
}

// Se não tem suporte ...
if (!suportas_SVG())
    $('.logo').css({
      "background-image" : "url(http://www.quatrocubos.com.br/img/qq.png)"
    });

O código na função sugerida encontra-se no código-fonte do modernizr (Inglês) que seria a minha recomendação se tiveres que fazer muitas verificações desse género para vários tipos de suporte.

2

Se você faz um hack css tipo isso:

/* hack css para navegadores que não suportam svg */
background: url(http://www.quatrocubos.com.br/img/qq.png) top center no-repeat;
background: url(http://www.quatrocubos.com.br/img/qq.svg) top center no-repeat;

Essa é uma maneira descente para mim. (no minimo inevitável).

EDIT 1

Tem muitas maneiras, uma que talvez se adeque ao que você quer seja essa:

background-image: url(http://www.quatrocubos.com.br/img/qq.svg); /* Qualquer Browser */
background-image /*\**/: url(http://www.quatrocubos.com.br/img/qq.png)\9; /* Internet Explorer 8 */
*background-image: url(http://www.quatrocubos.com.br/img/qq.png); /* Internet Explorer 6 e 7 */
_background-image: url(http://www.quatrocubos.com.br/img/qq.png); /* Internet Explorer 6 */

Obs: você não vai está cobrindo todos os navegadores, você só estará cobrindo os IEs.

  • Quando eu faço isso eu gero uma requisição para um arquivo PNG mesmo que ele não seja utilizado. Nesse caso ainda é melhor ter um CSS separado com regras que sobrescrevam as originais, pelo menos somente o IE vai ter mais requisições que os outros navegadores. Se você possui mais alguma ideia me envie. :D – 2madera 27/02/14 às 16:12
  • @2madera veja meu edit 1 – Fernando Leal 27/02/14 às 16:32
  • Se é para focar somente no IE como exceção, também é possível usar conditional comments para incluir um CSS específico. – bfavaretto 27/02/14 às 16:35
  • @bfavaretto Sim mais acho esses hacks, mais elegantes (se é que pode chamar hack css de elegante) – Fernando Leal 27/02/14 às 16:38
  • 1
    Eu acho o contrário, rs! Mas aí é questão de opinião. – bfavaretto 27/02/14 às 16:40

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.