36

Alguém que esteja a aprender a linguagem, novato ou experiente, pode nunca se ter cruzado com enumerações de Java. Já li por várias vezes que são úteis, por exemplo, para implementar os padrões singleton com mais garantias de visibilidade entre threads.

Qual é a utilidade de se aprender e usar as enum na programação do dia-a-dia?

41

As enum representam um conjunto fixo de valores, de uma forma mais ou menos autodocumentada. Tornam o código mais explícito, mais legível, e menos vulnerável a erros de programação.

Uma alternativa comum, é usar-se String ou int para valores constantes. As enum trazem algumas vantagens em relação a estes tipos:

  • O compilador não permite erros tipográficos, como podem acontecer com literais de strings.

  • O compilador não permite valores que estejam fora do conjunto enumerado, que é uma consequência das enumerações serem tipos elas próprias.

  • Não é necessário escrever pré-condições, ou testes manuais, para assegurar que o argumento de um método está dentro da gama de valores aceite.

  • O invariante de tipo é gratuito, novamente porque as enumerações são tipos, e definem à partida os valores válidos.

  • Enumerações podem definir comportamento (métodos) para as suas constantes, como em qualquer classe habitual.

  • As constantes de uma enumeração podem especializar o seu comportamento: cada constante pode ter a sua própria definição de um método.

  • A máquina virtual dá garantias de thread safety ao carregar a enumeração.

  • Podem igualmente ser usadas em switch.

Há ainda alguns usos criativos das enumerações, como por exemplo máquinas de estados, como visto neste blog.


Vejamos um exemplo prático destas vantagens. Imagine um programa que recebe duas cores e tenta combiná-las, de acordo com o sistema RGB.

Utilizando int

public static final int
    VERMELHO    = 1,
    AZUL        = 2,
    VERDE       = 4,
    AMARELO     = 5,
    CIANO       = 6,
    ROXO        = 3,
    BRANCO      = 7;

/**
 * @pre cor1 == VERMELHO || cor1 == AZUL || cor1 == VERDE ||
 *    cor1 == CIANO || cor1 == AMARELO || cor1 == ROXO || cor1 == BRANCO;
 * @pre cor2 == VERMELHO || cor2 == AZUL || cor2 == VERDE ||
 *    cor2 == CIANO || cor2 == AMARELO || cor2 == ROXO || cor2 == BRANCO;
 * @post cor1 == VERMELHO && cor2 == VERDE => return == AMARELO;
 * @post ...
 */
public static int combina(int cor1, int cor2) {
    if (!corValida(cor1)) return -1;
    if (!corValida(cor2)) return -1;
    return cor1 | cor2;
}

private boolean corValida(int cor) {
    return cor == VERMELHO || cor == VERDE || cor == AZUL ||
        cor == AMARELO || cor == CIANO || cor == ROXO || cor == BRANCO;
}

public static void main(String[] args) {
    int cor = combina(1, 2);
    // O que acontece quando VERMELHO e AZUL deixam de ser 1 ou 2?
    assert cor == ROXO;
}

Utilizando enum

/*
 * Os codigos numéricos não fazem qualquer falta.
 * Seria possível resolver com switch, mas ficaria muito extenso para exemplo.
 * Contudo, um caso real deveria retirar os códigos,
 * para maiores garantias de que não há erro humano.
 */
public static enum Cor {
    VERMELHO(1), AZUL(2), VERDE(4), AMARELO(5), CIANO(6), ROXO(3), BRANCO(7);
    private final int codigo;

    Cor(int codigo) { this.codigo = codigo; }

    int codigo() { return codigo; }

    public static Cor porCodigo(int codigo) {
        for (Cor cor: Cor.values()) {
            if (codigo == cor.codigo()) return cor;
        }
        throw new IllegalArgumentException("codigo invalido");
    }
}

/**
 * @pre cor1 != null && cor2 != null;
 * @post cor1 == Cor.VERMELHO && cor2 == Cor.VERDE => return == Cor.AMARELO;
 * @post ...
 */
public static int combina(Cor cor1, Cor cor2) {
    int combinado = cor1.codigo() | cor2.codigo();
    return Cor.porCodigo(combinado);
}

public static void main(String[] args) {
    Cor cor = combina(Cor.VERMELHO, Cor.AZUL);
    assert cor == Cor.ROXO;
}
  • 4
    Gostei muito da resposta! Porém, considerando que ela faz uma pergunta do ponto de vista de alguém que é iniciante na linguagem, acho que seria interessante adicionar alguns exemplos de código. :) – Luiz Vieira 26/02/14 às 11:50
  • 4
    @LuizVieira Muito obrigado pela dica! Adicionei um exemplo usando int e o mesmo exemplo com enum, para marcar a diferença entre ambos. :) – afsantos 26/02/14 às 12:26

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.