2

Dei uma pesquisada básica e não encontrei nada. Imagino que deva ser algo simples, e que eu possa estar "procurando errado"...

Então por exemplo:

<?php
    if ($var1 != "qualquercoisa") {
        include "arquivo1.php";
    }
    elseif ($var2 == "outracoisa") {
        include "arquivo2.php";
        **remove** "arquivo1.php";
    }
?>

Existe um comando que faça isso, ou tenho que fazer de outro jeito, tipo com switch?

5
  • Oi Gustavo, eu respondi, mas gostaria de saber o objetivo disto, por que assim posso talvez lhe sugerir uma alternativa para fazer algo semelhante :)
    – Syzoth
    Commented 28/06/2015 às 17:51
  • 2
    Não seria melhor criar uma função que retorna um array com todos includes e depois apenas invocar eles?
    – rray
    Commented 28/06/2015 às 17:52
  • @rray Ótima estratégia +1 vale uma resposta
    – Syzoth
    Commented 28/06/2015 às 17:55
  • @GuilhermeNascimento as variáveis recebem as informações de um formulário, e dependendo da escolha de um select por exemplo, eu incluo um arquivo com um bloco de texto (vai formar um texto completo juntando estes blocos)... Deu pra entender? Então às vezes eu tenho que trocar estes blocos, porque uma escolha posterior (num select em outra página) inclui outro arquivo ao invés daquele que seria incluido se a escolha anterior não afetasse a posterior...
    – gustavox
    Commented 28/06/2015 às 18:19
  • @rray e como eu faria isso? Pode dar um exemplo?
    – gustavox
    Commented 28/06/2015 às 18:19

3 Respostas 3

3

O processo do PHP não é algo "assincrono", o arquivo incluído é executado como se fosse parte do arquivo que o está incluindo.

Supondo que você tem a.php:

<?php
echo 1;

E b.php:

<?php
include 'a.php';
echo 2;

Para o interpretador do PHP, vai ser o "mesmo" que:

<?php
echo 1;
echo 2;

Isto é semelhante ao C/C++ aonde o arquivo incluído é compilado "junto" com o arquivo que inclui.

Não tem como "remover" o arquivo incluído, note também que include e require não são funções.

Outra coisa (não estou certo disto), softwares opcache para PHP geram versões já processadas do PHP, neste caso o arquivo incluído é processado junto do que inclui, como se fosse apenas um arquivo (eu acho).

Altenativa

Conforme o @rray sugeriu, você pode chamar os includes após as ifs, utilizando uma array por exemplo, seria algo como:

<?php
$includes = array();

if (condicao1) {
   $includes[] = 'file1.php';

   if (condicao2) {//condição dois
       $includes[] = 'file2.php';
   } else {
       $includes[] = 'file3.php';
   }
} else {
   $includes[] = 'file4.php';

   if (condicao2) {//Aqui repete a condição dois
       $includes[] = 'file2.php';
   }
}

foreach($key as $includes) {
   include $key;
}
  • Se condicao1 e condicao2 forem true ele vai incluir os arquivos file1.php e file2.php

  • Se condicao1 for true e condicao2 for false ele vai incluir os arquivos file1.php e file3.php

  • Se condicao1 for false e condicao2 for true ele vai incluir os arquivos file4.php e file2.php

  • Se condicao1 for false e condicao2 for false ele vai incluir apenas o arquivo file4.php

1
  • Legal! Tudo ficou mais claro! :-) Valeu! +1
    – gustavox
    Commented 28/06/2015 às 18:39
3

Não existe forma de remover um ficheiro já incluído.


O código é interpretado no lado do servidor pelo módulo PHP, que também gera a página web a ser visualizada no lado do cliente.

Isto quer dizer que a cada vez que o utilizador dá um refresh na página ou abre a página esta envia um requisito ao servidor e o servidor interpreta o código no lado do servidor (server-side).

O que eu quero dizer com isto é que não existiria necessidade de remover a include visto que quando é feito um novo requisito é feito tudo do inicio, logo, se tivermos uma condição:

if($var == true)
{
    include "file1.php";
} else {
    include "file2.php";
}

No primeiro pedido se a variável $var for igual a true o ficheiro file1.php será incluído, mas se for feito outro pedido e a variável $var for falsa o ficheiro file2.php será incluido e o ficheiro file1.php não existira, isto porque, como eu disse, quando é feito um requisito ele começa de novo.


Fiz um pequeno código para exemplificar isso, testa por ti mesmo.

TestB.php

<?php
echo "Hello from A";

TestA.php

<?php
echo "Hello from A";

Test.php

<?php

$var = $_GET['n'];

switch($var)
{
    case 1:
    {
        include "testA.php";
        break;
    }
    case 2: 
    {
        include "testB.php";
        break;
    }
}

Verificarás que ao mudar o valor de n no link (test.php?n=1 ou test.php?n=2) o ficheiro anterior existente não estará incluído.

1
  • Boa resposta, valeu! Gostei da ideia com o switch. Vou estudar melhor aqui as opções que surgiram. +1
    – gustavox
    Commented 28/06/2015 às 18:38
2

Como dito nas outras respostas não é possível remover um arquivo já incluido. Sugiro algo flexivel como dada uma entrada uma função ela retornará um (gabarito) array com todos arquivos que devem ser incluidos, após isso é feito um foreach.

function gabarito($entradas){
   $arquivos = array('config.php', 'segurancao.php');

   if($entrada['perfil'] == 'admin'){
      $arquivos[] = 'perfil/admin.php';
   }elseif($entrada['perfil'] == 'anon'){
     $arquivos[] = '/perfil.anon.php';
     unset($arquivos[0]); //remove as configurações do usuario como temas
   }

   return $arquivos;
}


$arquivos = gabarito($entradas);
foreach($arquivos as $item){
   include $item;
}

echo '<pre>';
print_r(get_included_files());

Pode ver os arquivos incluidos com a função get_included_files(), também pode ser interessante definir uma constante com o prefixo de algumas pastas.

4
  • Então, eu ainda não estou usando sessões, mas gostei da solução com foreach... a ideia da outra resposta com switch também parece boa... vou estudar aqui melhor, acho que terei que rever a lógica que estava pensando (só com ifs). Valeu pela resposta, acho que em breve (quando implantar o controle de usuários) será ainda mais útil que agora! +1
    – gustavox
    Commented 28/06/2015 às 18:37
  • 1
    Dependendo da complexidade vc pode criar configurações/perfils e gravar/recuperar do banco de dados e tratar com a sessão. Exemplo perfil 1, carrega o config e o admin, perfil 2 carrega, somente_leitura e interface_basica. @gustavox
    – rray
    Commented 28/06/2015 às 18:41
  • Legal, é bem isso mesmo que vou ter que fazer em breve. Por enquanto estou usando apenas em localhost, desenvolvendo ainda, mas em breve terei que me aprofundar em sessões, já até arrumei uns livros, porque sei que esta parte será um dos maiores (banco de dados, sessões etc) desafios do meu projeto... valeu mesmo!
    – gustavox
    Commented 28/06/2015 às 18:45
  • +1 pela ótima ideia (rray é o estrategista dos códigos o/ )
    – Syzoth
    Commented 29/06/2015 às 13:30

Você deve fazer log-in para responder a esta pergunta.

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag .