4

Já tinha percebido que o mysql, talvez até nem seja o único caso, mas gostaria de uma explicação em cima deste para ser mais objetivo.

Tenho vários tipos de comentários que são aceitos:

1) -- ESTA LINHA ESTA COMENTADA ?

2) # ESTA LINHA ESTA COMENTADA ?

3) /*ESTA LINHA ESTA COMENTATA 
   E CONTINUA COMENTADA*/

4) /*!40101 SET character_set_client = utf8 */;

Sei que posso usar tanto a opção 1 como a 2 para fazer um comentário em uma única linha e a 3 e 4 para multiplas linhas mas ainda me falta entender outros detalhes.

Minha dúvida é/são:

  • Usar -- ou # faz alguma diferença, tem alguma recomendação de quando usar uma ou outra?
  • As instruções contidas no 4) são executadas mesmo comentadas?Se sim qual o motivo de coloca-las dentro do comentário se é possível faze-las fora dele?

2 Respostas 2

4

Como o @PauloRoberto mencionou e referenciou na resposta dele, os quatro tipos de comentário funcionam, mas só o comentário com -- é ANSI SQL; outros SGBDs não aceitam os outros tipos de comentários.

Eu recomendo, portanto, que você evite usar os outros formatos de comentário pro código que você mesmo escrever: no dia que você quiser migrar pra algo mais parrudo (e você vai precisar migrar pra algo mais parrudo no dia que você quiser fazer algo mais complicado), você vai precisar ajeitar menos código.


Quanto aos comentários com !40101, eles são comentários condicionais: eles são processados apenas por versões do MySQL maiores ou iguais ao número fornecido (no exemplo que você deu, o SET só vai ser executado por versões do MySQL ≥ 4.1.1); versões anteriores vão ignorar o conteúdo do comentário (e, presumo eu, bagunçar todos os caracteres acentuados na entrada contida no resto do mysql_dump).

Eles têm uma pegadinha importante: eles não funcionam dentro de stored procedures, já que o parser descarta comentários; se você quiser rodar comandos condicionados à versão do MySQL, você vai precisar fazer alguma coisa mais inteligente, provavelmente envolvendo SQL dinâmico.

0

A documentação do MySql tem um capitulo inteiro dedicado a isso e esta em Português, tem trechos específicos e mostram como, porque e onde utilizar cada tipo de comentário.

O servidor MySQL suporta os estilos de comentário # no fim da linha, -- no fim da linha e /* na linha ou em multiplas linhas */

mysql> select 1+1; # Este comentário continua até o fim da linha mysql> select 1+1; -- Este comnetário continua até o fim da linha mysql> select 1 /* Este é um comentário de linha / + 1; mysql> select 1+ / Este é um comentário de múltiplas linhas */ 1; Note que o estilo de comentário -- requer que pelo menos um espaço após o código --!

Embora o servidor entenda as sintaxes de comentários aqui descritas, existem algumas limitções no modo que o cliente mysql analisa o comentário /* ... */:

Caracteres de aspas simples e aspas duplas são utilizados para indicar o início de uma string com aspas, mesmo dentro de um comentário. Se as aspas não coincidirem com uma segunda aspas dentro do comentário, o analisador não percebe que o comentário tem um fim. Se você estiver executando o mysql interativamente, você pode perceber a confusão ocorrida por causa da mudança do prompt de mysql> para '> ou ">.

Um ponto e vírgula é utilizado para indicar o fim de uma instrução SQL e qualquer coisa que venha após ele indica o início da próxima instrução.

Estas limitações se aplicam tanto a quando se executa mysql interativamente quanto quando se coloca oos comandos em um arquivo e pede para que mysql leia as entradas deste arquivo com o comando mysql < some-file.

MySQL suporta o estilo de comentário SQL-99 '--' apenas se o segundo traço for seguido de espaço Veja mais informações sobre isto na Seção 1.8.4.7, “'--' como Início de Comentário”.

6.1.6. Sintaxe de Comentários 1.8.4.7. '--' como Início de Comentário

  • Eu acho que pra ganhar +1, falta mencionar que só -- é ANSI SQL — os outros tipos de comentário são extensões do MySQL, e escrever código usando outros tipos de comentários vai tornar mais difícil migrar pra outro SGBD no futuro. – user25930 16/06/15 às 12:13
  • @ctgPi isso deve estar descrito em detalhes na documentação, por isso deixei os links ai :) – Paulo Roberto 16/06/15 às 12:14
  • @PauloRoberto li na documentação e entendi que é recomendado usar # e não -- para que credito-!pagamento! não se torne 1--1 e virar um comentário, ok mas referente a instruções sql rodarem dentro do comentário não achei nada lá – SneepS NinjA 16/06/15 às 12:24
  • @SneepSNinjA você não disse a linguagem que você está usando, e eu sei que é outro banco de dados, mas e.g. o psycopg2 (driver de PostgreSQL pra Python) serializa 2 como "2" mas -2 como " -2" (note o espaço); eu não ficaria surpreso se outros drivers tivessem lógica parecida pra tratar esse caso. – user25930 16/06/15 às 15:49

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.