3

Declarei

char pl1[10], pl2[10];

E fiz o seguinte:

printf("Nome do Player1: ");
scanf("%10s", &pl1);
printf("Nome do Player2: ");
scanf("%10s", &pl2);

Pensando que ele ia ler só os 10 primeiros caracteres que o usuário digitasse. Porém assim, quando eu digito um nome com mais de 10 caracteres o programa lê errado, exemplo, é digitado "dinamicamente", ele associa "dinamicame" á pl1 e "nte" á pl2. Já tentei também sem o 10 no scanf daí ele armazena o que ultrapassou o escopo no pl1, exemplo (usando "dinamicamente") ele ignora o primeiro nome digitado (caso o segundo seja com mais de 10 caracteres), e atribui os 10 primeiros caracteres digitados quando pede o Nome do Player 2 á pl2 e o restante em pl1. Caso o digitado em pl2 seja menor que 10 caracteres ele armazena o dinamicamente no pl1 e o nome que foi digitado em pl2.

6

Precisas de espaço para o '\0' e não podes por o & operador

scanf("%9s", pl1); // p1 = "dinamicam\x00"

mas o resto da string fica no buffer // ente<ENTER> e vai ser apanhado no scanf() seguinte

scanf("%9s", pl2); // pl2 = "ente\x00" e fica o <ENTER> pendurado no buffer

EDIT

Se quiseres cortar o input nos primeiros 9 caracteres e ignorar o resto, usa fgets()

fgets(p1, sizeof p1, stdin);
lenp1 = strlen(p1);
if (p1[lenp1 - 1] == '\n') {
    /* nome completo, com ENTER incluido */
    p1[--lenp1] = 0; // apagar o ENTER
} else {
    /* ENTER e possivelmente outros caracteres ficaram no buffer */
    int ch;
    do ch = getchar(); while (ch != '\n'); // limpa caracteres extra
}

fgets a correr no ideone

  • Acho que seria melhor mudar o tamanho do vetor pra 11 ao invés de diminuir o número de caracteres lidos – hugomg 12/06/15 às 14:48
  • Não consegui reproduzir aqui, ficou igual – Leonardo Vilarinho 12/06/15 às 14:54
  • No ideone passa-se o que eu descrevi: ideone.com/OlzRmU – pmg 12/06/15 às 15:02
  • Sim, esse é o erro que vem ocorrendo comigo, p1 tem "dinamicam" p2 tem "ente" igual no seu exemplo – Leonardo Vilarinho 12/06/15 às 15:05
  • Mas se p1 tem espaço para 9 caracteres mais o terminador ... não dá para lá meter "dinamicamente"! – pmg 12/06/15 às 15:06
3

O problema é justamente o fato de que a função scanf não verifica se o tamanho da string lida "cabe" dentro da área reservada. Por isso, ao ler mais do que o alocado, a função continua escrevendo na memória. Como você declarou as duas variáveis uma seguida da outra, ocorre que ele acaba gravando na área da variável seguinte. Poderia ser bem pior, poderia invadir uma área de memória que não está reservada para o seu programa, causando erros de execução.

Se o seu compilador for da Microsoft*, há a função scanf_s que permite que você informe o número máximo de caracteres a ser lido (mais detalhes nesta outra questão do SOEN). Caso contrário, você precisa tomar o devido cuidado. Uma boa solução foi proposta nesta resposta do SOEN:

int scanner(const char *data, char *buffer, size_t buflen)
{
    char format[32];
    if (buflen == 0)
        return 0;
    snprintf(format, sizeof(format), "%%%ds", (int)(buflen-1));
    return sscanf(data, format, buffer);
}

Basicamente, você cria uma função própria (scanner) que recebe um parâmetro (buflen) com o tamanho máximo (e seguro) do seu buffer de leitura, e ela usa a função snprintf para criar a máscara com o tamanho desejado para o buffer e garantir que erros não ocorram.

* É importante observar o comentário do colega @pmg sobre o scanf_s ser uma função opcional para compiladores C, e não apenas algo exclusivo de compiladores da Microsoft.

  • 1
    o scanf_s() está descrito no C Standard mais recente mas faz parte do anexo K que é opcional para os compiladores. – pmg 12/06/15 às 14:49
  • @pmg Obrigado, não sabia. Sempre achei que era algo específico dos compiladores da Microsoft. – Luiz Vieira 12/06/15 às 14:50
-2

Pensei um pouco, tentei mas dava errado, mas hoje durante a aula me veio a ideia, cheguei em cada, tentei e deu certo. Primeiramente devemos alterar o valor dos vetores para um número que o usuário provavelmente nunca irá colocar como 100. Após isso demos o scanf, e se o vetor tiver comprimento maior que 10 ele então em um while que apaga os caracteres até o elemento 10 do vetor:

int i;
char p1[100], p2[100];
printf("\nNome do Player1: ");
scanf("%s", &p1);
printf("Nome do Player2: ");
scanf("%s", &p2);

//Redefine tamanho do Nome do player1
i = strlen(p1);
if (i > 10){
    while(i != 9){
         p1[i] = 0;
         i --;
    }
}

//Redefine tamanho do Nome do player2
i = strlen(p2);
if (i > 10){
    while(i != 9){
         p2[i] = 0;
         i --;
    }
}

Essa foi a forma mais simples que achei sem ter de alterar o restante do programa.

  • 1
    "Primeiramente devemos alterar o valor dos vetores para um número que o usuário provavelmente nunca irá colocar como 100." Uhoh! É assim que nascem os buffer overflow. – pmg 15/06/15 às 9:27

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.