6

Tenho um projeto EJB, para fazer a implantação do sistema o projeto precisa ser divido em 3.

  • O Banco de dados em uma maquina
  • A Interface com o usuário em outro host
  • E o EJB(Serviços) em outro

Só que o sistema esta todo desenvolvido em ejb, o pacote EAR esta na na seguinte forma.

  • EAR
    • EJB
    • WAR

Ate onde entendi devo deixar o pacote WAR em um dos host, e o EJB rodando em outro, mas como quebro o projeto dessa maneira? Estamos usando JBOSS EAP 6.3 em ambos servidores, a parte da separação do banco de dados já esta feita.

  • O pacote WAR e o pacote EJB serão sempre implantados de forma separada? Você está usando alguma ferramenta para *build*/empacotamente? – Bruno César 11/06/15 às 16:02
  • @BrunoCésar 1- Os projetos a partir desse serão implantados seguindo essa arquitetura. 2- Utilizamos o Maven. – João 11/06/15 às 16:08
  • Tem certeza que vocês querem fazer esta separação? Ela não é recomendada mais pois há um overhead muito impactante no sistema. Quais benefícios vocês esperam disso? Eu prefiro manter apenas a separação conceitual destas camadas, separando fisicamente no máximo em packages e não usando interfaces remotas. Veja: Prefira interface local. – Caffé 11/06/15 às 17:48
  • @Caffé Não foi uma decisão tomada por nós e sim pela equipe de infra, segurança e o nosso gerente, e a gente mero mortais paga, então terá que ser assim =(, mas nunca lidei com isso. Mas o objetivo da infra é deixar a camada web em um servidor locaweb da vida e a camada de serviço no datacenter. – João 11/06/15 às 18:03
  • Não sei se a separação é uma idéia muito boa, mas parece ser uma experiência bem interessante. – Sertage 11/06/15 às 18:03
3

Como sua dúvida é geral em relação ao processo desta separação física dos componentes da sua arquitetura, vou tentar cobrir o máximo possível.

A forma que mostro aqui não é a única que existe, é apenas uma que considero organizada e que adoto com JavaEE quando é usada uma arquitetura distribuída parecida com a sua necessidade.

Pois bem, considerando que usa maven e também a sua estrutura atual, imagino que possua três projetos:

  • um projeto com package ejb em que estão suas interfaces locais e demais coisas comos DAOs, etc. Ele sofrerá pouca alteração
  • um projeto com package war, com dependência do de package ejb;
  • um projeto com package ear, com dependência dos outros dois (package ejb e package war) e sendo modules do seu EAR.

Caso não seja este o cenário que está utilizando, me corrija para considerar uma correção na resposta.

Dito isto, vamos a uma forma de fazer esta separação. Vou colocar os passos e mostrar como você pode fazer esta separação no seu projeto.

1. Uso de interfaces locais e remotas

O primeiro passo a ser feito é analisar o seu atual projeto em busca do que será disponibilizado por interfaces remotas ou não. Existem diversas formas de fazer isto, muita gente costuma disponibilizar uma única interface remota para todos os serviços. Particularmente não gosto, acho uma forma nada organizada quando se tem uma única interface remota, até por que perde um pouco a semântica da coisa.

É bem provável que você precisará de um refactoring legal no seu projeto de modo a não ter coisas duplicados e mais importante que isso, não expor remotamente o que você não precisa expor.

2. Módulos de Projetos

Para a estrutura do projeto, vou considerar que você tem um agrupador de projetos, vamos chamá-lo de root-project. Este root-project terá os seguintes módulos:

  • project4remote: este projeto conterá apenas interfaces remotas, nada de implementação o package será ejb e ele não tem dependência de outros módulos da sua aplicação.

Um exemplo de interface remota basicamente é anotada com @Remote e você diz como quer que o resultado seja serializado, seria como isto:

import javax.ejb.Remote;

@Remote
public interface RemoteInterface { }
  • project4local: Este basicamente o seu projeto com package ejb, mudando apenas que ele deverá implementar as interfaces remotas, o package continua como ejb e obviamente tem dependência de project4remote.

Imagino que você já tenha interfaces locais, mas caso não tenha, é apenas algo anotado como @Local, algo assim:

import javax.ejb.Local;

@Local
public interface LocalInterface { }

Na implementação dela pode ser a mesma implementação da interface remota, ou seja, algo assim:

import javax.ejb.Stateless;

@Stateless(name = "yourServiceBean")
public class LocalRemoteImpl implements LocalInterface, RemoteInterface { }
  • project4web: este o projeto web, dos seus projetos terá dependência apenas do project4remote pois precisará de tais interfaces para consumir os serviços que estão no container.
  • project4ear: este é o projeto que agrupará o que será instalado no container JEE, então terá dependência para dos projetos. Um exemplo de configuração poderia ser este:
<project xmlns="http://maven.apache.org/POM/4.0.0" xmlns:xsi="http://www.w3.org/2001/XMLSchema-instance"
    xsi:schemaLocation="http://maven.apache.org/POM/4.0.0 http://maven.apache.org/xsd/maven-4.0.0.xsd">
    <modelVersion>4.0.0</modelVersion>
    <groupId>com.brunocesar</groupId>
    <version>0.0.1-SNAPSHOT</version>
    <artifactId>root-project</artifactId>
    <packaging>pom</packaging>

    <build>
        <finalName>${project.artifactId}</finalName>
        <defaultGoal>clean install</defaultGoal>
        <pluginManagement>
            <plugins>
                <plugin>
                    <artifactId>maven-war-plugin</artifactId>
                    <version>2.6</version>
                    <configuration>
                        <failOnMissingWebXml>false</failOnMissingWebXml>
                    </configuration>
                </plugin>
                <plugin>
                    <artifactId>maven-resources-plugin</artifactId>
                    <version>2.7</version>
                </plugin>
            </plugins>
        </pluginManagement>
    </build>

    <modules>
        <module>project4ear</module>
        <module>project4local</module>
        <module>project4remote</module>
        <module>project4web</module>
    </modules>
</project>

3. Como fazer lookup das suas interfaces remotas?

Como você, aparentemente, não está usando nada que faça este lookup para você, vou lhe mostrar apenas como você pode fazê-lo "na mão". De forma resumida é algo assim:

final InputStream fis = SuaClasse.class.getResourceAsStream("/ejb-client.properties")

final Properties props = new Properties();
props.load(is);

final InitialContext ic = new InitialContext(props);

final SuaInterfaceRemota interface = (SuaInterfaceRemota) ic.lookup("nome:/doRecurso/PublicadoNaJNDI");
interface.seuMetodo(args);

Sugiro observar como as interfaces estão sendo publicadoas, há sempre várias formas de acessá-las pela JNDI. Não me lembro como é no caso do JBoss, então dê uma olhada no log para poder fazer o lookup corretamente.

Para as propriedades do cliente, veja aqui e também as presentes aqui, caso você precise se alguma das que não foram colocadas no exemplo. Um exemplo de configuração seria este:

java.naming.factory.url.pkgs=org.jboss.ejb.client.naming

remote.connections=${remote.connections}
remote.connectionprovider.create.options.org.xnio.Options.SSL_ENABLED=false
remote.connection.default.connect.options.org.xnio.Options.SASL_POLICY_NOANONYMOUS=false

remote.connection.${remote.connections}.host=${remote.connection.host}
remote.connection.${remote.connections}.port=${remote.connection.port}
remote.connection.${remote.connections}.username=${remote.connection.username}
remote.connection.${remote.connections}.password=${remote.connection.password}

Em que remote.connections é a identificação da conexão, como por exemplo, default.

Obs.. peguei estes parâmetros de um projeto que já tenho configurado, caso não use property replacement do maven no seu build, só alterar.

  • Muito obrigado, o arquiteto de sistemas voltou, e resolveu problema batendo boca com a infra rs, vamos mudar a implantação, mas vou usar a sua resposta para estudo, até por que gostei do desafio e nunca se sabe quando irei precisar, já que nunca trabalhei com interfaces remotas. – João 15/06/15 às 19:06
  • @João legal, qualquer dúvida só falar :) – Bruno César 15/06/15 às 19:29

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.