1

Tenho um MVC próprio que implemento nos meus projectos em PHP. Este suporta vários idiomas e por defeito obtêm do browser o idioma activo/inicial.

No entanto existem projectos que requerem a funcionalidade de modificar o idioma com um simples clique.

A solução que entendo melhor é pelo URL ou seja:

url p/idioma automático: http://meuprojecto.com/[controller]/[action]

url p/forçar idioma/locale: http://meuprojecto.com/pt-PT/[controller]/[action].

Como se pode observar utilizo a norma LOCALE para obter o idioma... Sendo que implementei utilizando o hífen ou do underscore. Desta forma sempre que a framework detecte este tipo de URL modifica para o projecto o LOCALE inicialmente obtido do browser.

Tendo a minha solução, gostaria de avaliar outras formas de resolver este problema.

A minha pergunta é: que outros mecanismos conhecem dentro de implementações em PHP resolvidos de forma diferente? Tenho pensado em inserir suporte para a presença de uma tag ISO 639-1 para identificar o idioma mas acho que estarei a complicar, ou não?

8
  • 2
    Não tem relação com MVC.. Mas independente disso, ISO3166-alpha2 refere-se a códigos de países. Recomendo que utilize os códigos ISO para idiomas ao invés de países, pois como determinar, por exemplo, o idioma de um país bilíngue? 1/06/2015 às 13:26
  • @DanielOmine não percebi porque não tem relação com MVC. Obrigado pela correção do ISO pois enganei-me e já corrigí. Dizer ainda que por idioma parece-me bem mas o LOCALE é de facto mais epecífico pois posso assim identificar pt-PT ou pt-BR, en-GB ou en-US por exemplo. O que para algumas implementações faz toda a diferença.
    – chambelix
    1/06/2015 às 13:39
  • @DanielOmine no entanto a minha duvida, em adoptar o ISO é por existem efectivamente implementações mais abrangentes e que não requerem tanta especificidade. e um url exemplo.com/pt é bem mais simples do que exemplo.com/pt-PT
    – chambelix
    1/06/2015 às 13:42
  • ok, imaginei isso. O problema de usar somente o código do idioma é para o caso de países diferentes. O código "pt" é português, porém, o português do Brasil é diferente de Portugual. Sobre MVC, é indiferente se usa MVC ou não.. por isso não tem relação alguma. 1/06/2015 às 13:47
  • 1
    Como dito acima, isso não possui relação com o uso do MVC. Se eu bem entendi seu problema, você pode utilizar algumas bibliotecas de internacionalização (recomendo a php-i18n). 1/06/2015 às 13:57

3 Respostas 3

2

O esquema mais elegante que já encontrei para o PHP está no CakePHP, no módulo i18n.

Basicamente, define-se o sistema inteiro com funções de internacionalização como esta:

__("MinhaString")

"MinhaString" é entendida como uma chave de resource. Todas as chaves podem ser extraídas usando um procedimento automático como este.

Depois disso, os arquivos podem ser traduzidos com o auxílio de uma ferramenta como o Poedit.

2
  • 1
    muito obrigado pelo seu tempo...não conhecia e fui ver. Engraçado que utilizam a mesma lógica nas pastas baseadas em Locale. Só que eu não utilizo o POedit utilizo ficheiros com array em php. Mas dá para dar uma análise mais profunda.
    – chambelix
    17/08/2015 às 19:48
  • @chambelix Sim, a ideia é só te dar um norte mesmo. 17/08/2015 às 19:49
0

Você estaria criando um outro meio, que até faria sentido. Mas, ainda assim seria um trabalho extra e para qualquer outra pessoa e pra finalidades de SEO poderia ter efeitos colaterais.

O que posso recomendar seria a implementação de cookies para armazenar e capturar a locale de acordo com o que o usuário queira. Seria mais rápido, você consegue manipular por javascript também, por exemplo, e deixaria o seu código mais legível.

1
  • Obrigado pela sua resposta. Mas estou com essa implementação em muitos projetos e tem dado resultado e quanto ao SEO não vejo onde pode dar problemas. Quanto à implementação dos cookies foi o que acabei por fazer pois a minha pergunta já tem uns tempos e tive de encontrar uma solução. penso que consegui um bom compromisso que até agora tem resultado. Fugi do javascript. o meu ponto é ver outro tipo de implementações para ver se estou ou não no caminho certo.
    – chambelix
    17/08/2015 às 19:52
-3

Olá, meu caro vejo que é bem antigo o post, mas vou deixar uma outra forma de implementar i18n em um projeto utilizando o padrão MVC, não estou utilizando framework, estrutura pura, divido em pastas, controllers,models,core,views, assim acredito que entenderá bem. na pasta core, responsável por rodar toda engrenagem, fiz o seguinte:

inserir a descrição da imagem aqui

Criei uma pasta de noma langs na raíz do projeto e coloquei os arquivos com os idiomas, são eles: pt-br.ini,en.ini,es.ini

no diretório controllers criei um arquivo assim:

inserir a descrição da imagem aqui

Isso mesmo ainda na pasta core existe um arquivo controller.php e no construtor adicionei a instância da class Language, ficou assim:

inserir a descrição da imagem aqui

Certo? Espero que esteja ficando bem claro, enfim, na suas views basta fazer assim:

onde irá acontecer a tradução: lang->get('CONTANT'); ?>//constante criada no arquivo .ini, vou mostrar um pequeno trecho:

//pt-br inserir a descrição da imagem aqui

//en inserir a descrição da imagem aqui

//es inserir a descrição da imagem aqui

Entendeu, assim você consegue traduzir o conteúdo da página com um clique em algum link ou menu ai, espero ter ajudado, valeu

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.