1

Como funciona o algoritmo que calcula o dígito de um CPF (Cadastro da Pessoa Física brasileiro)? E como esse cálculo é usado para validar o CPF? Se possível, gostaria de exemplos em Python.

4

Como funciona o algoritmo que calcula o dígito de um CPF (Cadastro da Pessoa Física brasileiro)?

Conforme a resposta do Wilson Neto, há uma explicação neste link. Basicamente é aplicado o Módulo 11 em um número de 9 dígitos para gerar o primeiro dígito verificador. O segundo dígito verificador é gerado a partir dos 9 números originais, mais o primeiro dígito verificador.

E como esse cálculo é usado para validar o CPF?

A validação do CPF é idêntica à geração do CPF. A partir dos 9 primeiros números, são gerados os dois dígitos verificadores. Se forem iguais à entrada fornecida, o CPF é valido.

Se possível, gostaria de exemplos em Python.

Segue código para validação de CPF em Python.

O link original está aqui.

#!/usr/bin/env python
#Djames Suhanko
import sys
try:
 cpflimpo=sys.argv[1]
except IndexError:
 print "Use %s NUMERO_DO_CPF" % sys.argv[0]
 sys.exit()

if (len(cpflimpo) != 11 or not cpflimpo.isdigit()):
 print "Formato errado. Tente de novo (apenas numeros)"
 sys.exit()

digito = {}
digito[0] = 0
digito[1] = 0
a=10
total=0
for c in range(0,2):
 for i in range(0,(8+c+1)):
  total=total+int(cpflimpo[i])*a
  a=a-1
 digito[c]=int(11-(total%11))
 a=11
 total=0
if (int(cpflimpo[9]) == int(digito[0]) and int(cpflimpo[10]) == int(digito[1])):
 print "CPF valido: ",
 for i in (range(len(cpflimpo))):
   if (i == 2 or i == 5):
    sep=cpflimpo[i]+" ."
   elif (i == 8):
    sep=cpflimpo[i]+" -"
   else:
    sep=cpflimpo[i]
   print "%s" % sep,
else:
 print "CPF invalido"
3

Uma solução mais pythonica seria:

def validar_cpf(cpf: str) -> bool:

    """ Efetua a validação do CPF, tanto formatação quando dígito verificadores.

    Parâmetros:
        cpf (str): CPF a ser validado

    Retorno:
        bool:
            - Falso, quando o CPF não possuir o formato 999.999.999-99;
            - Falso, quando o CPF não possuir 11 caracteres numéricos;
            - Falso, quando os dígitos verificadores forem inválidos;
            - Verdadeiro, caso contrário.

    Exemplos:

    >>> validate('529.982.247-25')
    True
    >>> validate('52998224725')
    False
    >>> validate('111.111.111-11')
    False
    """

    # Verifica a formatação do CPF
    if not re.match(r'\d{3}\.\d{3}\.\d{3}-\d{2}', cpf):
        return False

    # Obtém apenas os números do CPF, ignorando pontuações
    numbers = [int(digit) for digit in cpf if digit.isdigit()]

    # Verifica se o CPF possui 11 números:
    if len(numbers) != 11:
        return False

    # Validação do primeiro dígito verificador:
    sum_of_products = sum(a*b for a, b in zip(numbers[0:9], range(10, 1, -1)))
    expected_digit = (sum_of_products * 10 % 11) % 10
    if numbers[9] != expected_digit:
        return False

    # Validação do segundo dígito verificador:
    sum_of_products = sum(a*b for a, b in zip(numbers[0:10], range(11, 1, -1)))
    expected_digit = (sum_of_products * 10 % 11) % 10
    if numbers[10] != expected_digit:
        return False

    return True

A lógica implementada é exatamente a mesma descrita nas outras respostas, porém faz uso de ferramentas da linguagem para simplificar a solução.

  • Comentando numa resposta velha, mas a observação é pertinente. Você não precisa testar len(numbers) != 11 pois isso nunca acontecerá, o regex do if acima só permite uma string com 11 números e no formato específico. É redundante. Era isso dindo :D – fernandosavio 30/01 às 22:37
  • @fernandosavio Acredito que no dia eu achei que não tendo o ^ e $ na regex poderia pegar o CPF no meio da string. My bad xD – Anderson Carlos Woss 30/01 às 22:41
  • A observação do ^$ é boa, pode dar problema mesmo. Melhor deixar como está, vou deixar meu comentário, caso ilumine algum ser terreno. – fernandosavio 31/01 às 18:25
  • 1
    match sempre procura no início da string então se o CPF está no meio da string, só vai ser encontrado se usar search. @fernandosavio De qq forma, a regex sem $ pode pegar dígitos a mais no final. Então ou usa ^ e $, ou usa o if len == 11 (mas prefiro usar $ pois aí já testa o tamanho de uma vez) – hkotsubo 20/03 às 0:35
2

Segue um exemplo que tanto pode ser utilizado na linha de comando quanto como uma biblioteca Python, com doctests.

import re


def validar_cpf(cpf):
    """
    Retorna o CPF válido sanitizado ou False.

    # CPFs corretos
    >>> validar_cpf('123.456.789-09')
    '12345678909'
    >>> validar_cpf('98765432100')
    '98765432100'
    >>> validar_cpf(' 123 123 123 87 ')
    '12312312387'

    # CPFs incorretos
    >>> validar_cpf('12345678900')
    False
    >>> validar_cpf('1234567890')
    False
    >>> validar_cpf('')
    False
    >>> validar_cpf(None)
    False
    """
    cpf = ''.join(re.findall(r'\d', str(cpf)))

    if not cpf or len(cpf) < 11:
        return False

    antigo = [int(d) for d in cpf]

    # Gera CPF com novos dígitos verificadores e compara com CPF informado
    novo = antigo[:9]
    while len(novo) < 11:
        resto = sum([v * (len(novo) + 1 - i) for i, v in enumerate(novo)]) % 11

        digito_verificador = 0 if resto <= 1 else 11 - resto

        novo.append(digito_verificador)

    if novo == antigo:
        return cpf

    return False


if __name__ == "__main__":
    import sys

    if len(sys.argv) != 2:
        print("Uso: {} [CPF]".format(sys.argv[0]))
    else:
        cpf = validar_cpf(sys.argv[1])
        print(cpf if cpf else "CPF Inválido")
0

Segue exemplo de código retirado da biblioteca BRADocs4Py:

import re

from itertools import chain

class ValidadorCpf(object):

    def __validarCpf(self, arg):  # type: (CPF) -> bool
        return self.__validarStr(arg.rawValue)

    def __validarStr(self, arg):  # type: (str) -> bool

        if arg == None:
            return False

        p = re.compile('[^0-9]')
        x = p.sub('', arg)

        if len(x) != 11 or len(set(x)) == 1: return False

        return all(self.__hashdigit(x, i + 10) == int(v) for i, v in enumerate(x[9:]))


    def __hashdigit(self, cpf, position):  # type: (str, int) -> int
        """
        Will compute the given `position` checksum digit for the `cpf` input. The input needs to contain all
        elements previous to `position` else computation will yield the wrong result.
        """

        val = sum(int(digit) * weight for digit, weight in zip(cpf, range(position, 1, -1))) % 11

        return 0 if val < 2 else 11 - val

    @staticmethod
    def validar(arg):  # type: (CPF) -> bool or  type: (str) -> bool
        v = ValidadorCpf()

        if type(arg) == CPF: return v.__validarCpf(arg)

        if type(arg) == str: return v.__validarStr(arg)

        return False

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.