3

Gostaria de saber como gerar variáveis incrementadas, por exemplo:

var camada = 0
for (i=0; i=20;i++){
    var "camada" + i + 1 = 12
}

Sei que o código não esta correto, mas escrevi para melhor ilustrar o que gostaria de fazer, tem quer gerar de modo automático as variáveis camada1, camada2, camada3,.. camada20.

  • 3
    Se essas variáveis forem globais, até que é possível: basta usar window["camada" + (i+1)] = 12; (atenção à associatividade do operador +). Daí você poderia acessá-la, digamos, como x = camada4;. Mas como já dito nas respostas, isso é uma má ideia, ainda que não fossem globais, melhor usar um array mesmo ou talvez um objeto. – mgibsonbr 8/05/15 às 3:58
  • 1
    Podes explicar qual é a fincionalidade onde precisas disto? Se referires o problema final podemos dar a solução mais acertada. – Sergio 8/05/15 às 7:03
  • Estou criando uma web Page, para caucular as tensões no solo, cada camada de solo tem Altura e Peso Especifico Criei um input que a pessoa digita a quantidade de camadas. Se o usuario digitar 5 por exemplo, sera gerada 10 inputs, 5 para altura e 5 para Peso Especifico... Entao para cada camada eu tenho que gerar as varáveis para fazer os cáuculos.... Por isso que preciso gerar as variaveis de cada camada...eu criei elas como objetos, no caso uma nova camada eu so istanciaria ela, mas ainda fico com o mesmo problema – Jacob Athias 8/05/15 às 13:37
  • Quero fazer uso da seguinte forma ---for (var i=0; i<20; i++) { document.getElementById("espessuraCamada"+(i+1)).innerHTML=" "+camada(i+1).altura +"m" – Jacob Athias 8/05/15 às 13:41
  • Vou Testar...valeu ja ja trago a resposta – Jacob Athias 8/05/15 às 21:02
7

Isso talvez não seja possível, se for, não compensa o esforço, a utilização de um array deve ser mais prático.

var camadas = {};
for (var i = 0; i <= 20; ++i) {
    camadas["camada" + i] = 'Hello World ' + i;
}

Para recuperar um valor, basta especificar a chave camadaN, onde N é o número num intervalo entre 0 e 20:

alert(camadas.camada5); // Hello World 5
//alert(camadas["camada5"]); // Sintaxe alternativa

Para mudar o valor de uma chave, faça:

camadas.camada5 = "foo";
camadas.camada6 = "bar";
// Sintaxe alternativa
//camadas["camada5"] = "foo"; 
//camadas["camada6"] = "bar";

Exemplo

Atualização

Conforme este comentário:

Estou criando uma web Page, para caucular as tensões no solo, cada camada de solo tem Altura e Peso Especifico. Criei um input que a pessoa digita a quantidade de camadas. Se o usuário digitar 5 por exemplo, sera gerada 10 inputs, 5 para altura e 5 para Peso Especifico... Entao para cada camada eu tenho que gerar as varáveis para fazer os cálculos.... Por isso que preciso gerar as variáveis de cada camada...eu criei elas como objetos, no caso uma nova camada eu só instanciaria ela, mas ainda fico com o mesmo problema.

Utilize um array de arrays. Supondo que seja necessário que cada camada tenha altura e peso especifico, basta fazer o seguinte:

var camadas = {};
for (var i = 0; i <= 20; ++i) {
    camadas["camada" + i] = { 'altura': 'altura' + i,
                              'peso': 'peso' + i};
}

Para recuperar o peso e altura de uma camada, basta especificar a camadaN e as chaves, no caso, altura e peso. Veja um exemplo:

alert(camadas.camada1.altura); // Valor da altura da camada1
alert(camadas.camada20.peso);  // Valor do peso da camada20

Exemplo

  • 2
    Acho que ficaria melhor se as camadas fossem indexadas começando no 0. – hugomg 8/05/15 às 4:01
4

Algumas maneiras seguem abaixo.

1) Uma variável de escopo global:

window['nomeDaVariavel'] = 1;
console.log(window.nomeDaVariavel); // Irá exibir o valor '1' no Console.

2) Compilação via eval:

eval("var variavel = 1");
console.log(variavel); // Irá exibir o valor '1' no Console.

Porém minha sugestão seria utilizar arrays (variavel[1], variavel[2], etc.) ao invés de variáveis dinamicamente declaradas. Isso torna a manipulação da coleção muito mais fácil.

O snippet abaixo, em AngularJS, demonstra esta técnica: A propriedade $scope.camadas é inicializada como um array (via $scope.camadas = []). Observe após isso o uso de push (para adicionar um novo membro), splice (para retirar um membro) e forEach (que permite a iteração sobre todos os membros do array):

$myApp = angular.module('myApp',[]);

camadasCtrl = function($scope) {
  
  $scope.camadas = [];
  //        ^ inicializando o array
  $scope.peso = 0;

  $scope.addCamada = function() {
    $scope.camadas.push( {peso: $scope.peso } );
    //               ^ Adiciona um membro ao array
    
    calcTotal();

    
    $scope.peso = parseInt(Math.random() * 1000000) / 100;
  }
  $scope.delCamada = function(index) {
    $scope.camadas.splice(index, 1);
    //               ^ Remove um membro do array
    
    calcTotal();
  }
  
  var calcTotal = function() {
    
    var total = 0;
    
    $scope.camadas.forEach(function(item) {
    //                ^ Para cada membro do arry, o código a seguir é executado
        total += item.peso;
    });
    
    $scope.pesoTotal = total;
  }
}
<script src="https://ajax.googleapis.com/ajax/libs/angularjs/1.2.23/angular.min.js"></script>

    <div ng-app='myApp'>

      <div ng-controller='camadasCtrl'>
        Peso: <input type='text' ng-model='peso'> <button ng-click='addCamada()'> Adicionar Camada {{ camadas.length }} </button>

        <div ng-repeat='camada in camadas'>
          <button ng-click='delCamada($index)'> Remover</button> Camada {{$index}} : {{ camada.peso }} Kg           
        </div>
        
        Peso Total: {{ pesoTotal }}
        
        
      </div>
    </div>

O resultado é o seguinte:

inserir a descrição da imagem aqui

  • Entendi sua intenção com o segundo exemplo, mas ali não tem nem variáveis nem escopo. São propriedades de objetos. – bfavaretto 10/05/15 às 14:53
  • @bfavaretto Isso porque de acordo com o ECMA5, os objetos global primitivo e global VariableObject (o primeiro responsável por propriedades, e o segundo por variáveis) são o mesmo. De acordo com a mesma especificação, o que diferencia um do outro é o escopo; exemplos 1 e 2 usam o mesmo princípio. Note que ECMA5 declara o que é uma propriedade, mas não uma variável: ecma-international.org/ecma-262/5.1/#sec-4.3.26 – OnoSendai 10/05/15 às 15:23
  • Eu sei, isso é possível se as variáveis forem globais. Mas seu exemplo 2 fala em "escopo local". Os objetos que guardam o escopo local não são expostos à linguagem (e mesmo expor o objeto que guarda o escopo global é opcional). O único jeito de criar variáveis dinamicamente em um escopo local é com eval – e como mostra sua resposta isso geralmente pode ser evitado usando arrays ou objetos, o que também deixa o código mais claro e organizado. – bfavaretto 11/05/15 às 1:27
  • 1
    @bfavaretto correto, obrigado - Vou remover exemplo. – OnoSendai 11/05/15 às 12:52

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.