4

Suponha que eu tenha os seguintes dados

x<-rnorm(100,1,10000)
y<-rnorm(100,1,10000)+2*x+x^2

Se eu usar a função lm da seguinte maneira:

model1<-lm(y~x+x^2)

O R não entende que é para colocar entre as variáveis independentes o termo x elevado ao quadrado. Ele simplesmente ignora o termo e faz a regressão do modelo como o código abaixo:

model2<-lm(y~x)
3

Use model1 <- lm(y ~ x + I(x^2)).

O problema é que caracteres como +, -, * e ^ possuem significados específicos dentro de uma fórmula; a função I faz com que a sua expressão (x^2) seja interpretada literalmente, como potenciação.

4

Uma outra maneira de fazer a regressão é usar a função poly

x<-rnorm(100,1,10000)
y<-rnorm(100,1,10000)+2*x+x^2
model1<-lm(y~poly(x,degree=2,raw=T))
  • Isso! Eu lembrava que tinha uma função pra isso, mas não lembrava qual era :( – Rcoster 18/02/14 às 22:36
3

Sempre que tu quiser utilizar uma função de alguma variável, tu pode user a função I().

x<-rnorm(100,1,100)
y<-rnorm(100,0,10)+2*x+x^2

mod <- lm(y~x+I(x^2))

A vantagem de utilizar I() em relação a criar uma nova variável com os valores de x^2 é que tu não precisa especificar os valores de x^2 para realizar projeções, basta informar x.

predict(mod, data.frame(x=1:3))
        1         2         3 
 2.211883  7.209663 14.207509 

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.