Método update:

public void update(T u) {
    EntityManagerFactory f = Persistence.createEntityManagerFactory("crud");
    EntityManager em = f.createEntityManager();
    em.getTransaction().begin();
    em.merge(u);
    em.getTransaction().commit();
    f.close();
}

Estive usando esse mesmo método e estava funcionando perfeitamente. Agora, ao invés de atualizar o estado da entidade ele persiste um novo registro todas as vezes que tento atualizar. Já tentei o update() da session e obtive o mesmo resultado.

  • 1
    A entidade está com a PK setada? – Miguel Cartagena 18/02/14 às 11:23
  • Sim , dei um syso antes de invocar o merge() e a PK é != null – Arthur Vinicius 18/02/14 às 14:56
  • Minha suspeita é de que quando dou o submit no meu form de editar ele chama o setId() de alguma forma. Como não pus um inputText para o meu atributo id ele seta pra 0. Digo isso pois depois do submit o id vai pra 0. Estou esquecendo algo ? – Arthur Vinicius 18/02/14 às 14:59
  • Como suspeitei, inclui um inputHidden no form com value da id e deu update normal. Esse cara me deu a dica post – Arthur Vinicius 18/02/14 às 15:30

Objeto vs. Entidade

Ao trabalharmos com JPA/Hibernate é importante ter em mente que um objeto qualquer, mesmo sendo instância de uma classe anotada com @Entity ou mapeada num XML, não é automaticamente uma entidade JPA.

Isso significa que não importa se a PK está devidamente preenchida, um objeto não é uma entidade se não está gerenciado num contexto de persistência (persistent context).

Estados JPA

Vejamos um diagrama de estados simplificado do JPA (fonte):

diagrama de estados JPA

Quanto criamos uma instância do objeto ele está no estado novo (new). Ao chamarmos o método persist nosso objeto passa a ser uma entidade gerenciada (managed), embora o registro provavelmente não seja inserido no banco de dados até o commit.

Após o encerramento do context do JPA (commit da transação, close do EntityManager ou método detach), nossa entidade entrará no estado detached. Posteriormente poderemos trazê-la novamente para o contexto de persistência do JPA com o método merge.

Se excluirmos uma entidade com o método remove ela entrará no estado removida (removed) e até o fim da transação um comando DELETE será enviado ao banco de dados. Se quisermos persistir a entidade novamente, podemos chamar o método persist.

Como funciona o merge

Agora que entendemos os estados das entidades, vejamos agora como funciona o método merge. Eis um diagrama muito interessante (fonte):

algoritmo do merge

  • O primeiro passo do merge é verificar se a entidade está no estado gerenciado (managed), pois em caso afirmativo a própria entidade é retornada.
  • Se a entidade foi removida (removed) um erro é lançado.
  • Se o contexto de persistência já possui uma versão dessa entidade, ela será atualizada com o estado do objeto passado por parâmetro e então será retornada.
  • Se não há uma entidade equivalente, verifica-se se esta é uma nova entidade:
    • Se for, cria-se uma nova instância (equivalente ao persist).
    • Se não for, carrega-se a entidade no contexto de persistência a partir do banco de dados.

Um erro comum ao usar merge

Note que o principal objetivo do método merge é devolver uma entidade JPA gerenciada pelo contexto de persistência.

Se o objeto passado por parâmetro não for uma entidade JPA, o mesmo não será incluído no contexto de persistência, mas uma cópia será feita e retornada pelo método merge.

Como descrito nesta famosa questão do SO, um erro comum é esperar que o objeto passado para o método torne-se uma entidade.

Incorreto

MyEntity e = new MyEntity();
em.merge(e);
e.setAtributo(novoValor); 

No exemplo acima, alterar o valor do objeto original não afeta o estado da entidade JPA criada pelo merge.

Correto

MyEntity e = new MyEntity();
MyEntity e2 = em.merge(e);
e2.setAtributo(novoValor); 

Já neste exemplo, o valor será atualizado no banco de dados pois a entidade gerenciada retornada pelo merge foi modificada.

Voltando ao problema da pergunta

Com toda a teoria em mente podemos concluir que o método merge irá incluir uma nova entidade e, consequentemente, um novo registro no banco de dados, quando o objeto passado para o método for considerado uma nova entidade.

Em quais cenários isto é possível? Não posso prever todos, mas eis os mais comuns:

  • A PK é um valor sequencial (@GeneratedValue) e não está devidamente preenchida, gerando assim uma nova entrada no banco de dados.
  • Há uma coluna de versão (@Version) que não está devidamente preenchida no banco de dados (ver esta questão).
  • Existe um relacionamento com outra entidade e, por alguma razão, o JPA está gerando uma query com INNER JOIN entre as duas tabelas e não encontra resultados devido à ausência de registros na outra tabela, chegando à conclusão de que a entidade principal não existe. Este artigo trata do assunto com relação a uma anotação do EclipseLink, mas isso pode ocorrer no Hibernate de algumas formas, por exemplo, via herança.

Uma alternativa

Outra forma de usar o merge é recuperar a entidade gerenciada e alterá-la conforme necessário.

Exemplo:

MyEntity e = //entidade criada em algum outro lugar (JSF, Spring, etc.)
MyEntity e2 = em.find(MyEntity.class, idEntidade);
e.setAtributo(e.getAtributo); 

Embora atualizar os atributos individualmente seja mais "trabalhoso" e faça o código ficar maior, isso evita que a "mágica" dos frameworks ou mesmo a manipulação indevida de atributos acabe gerando efeitos não esperados no banco de dados.

Remover a antiga entidade e persistir a nova também funciona.

public void update(T u) {
    EntityManagerFactory f = Persistence.createEntityManagerFactory("crud");
    EntityManager em = f.createEntityManager();
    em.getTransaction().begin();
    em.remove(u.getID())
    em.persist(u);
    em.getTransaction().commit();
    f.close();
}

Sua resposta

 
descartar

Ao clicar em "Publique sua resposta", você reconhece que leu nossos termos de serviço, política de privacidade e política de cookes atualizados, e que a sua continuidade no uso do website é sujeita a essas políticas.

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.