10

Podemos iterar um Array/lista em ruby de duas maneiras:

Utilizando a sintaxe for x in y:

> for x in [1,2,3] do
>     puts x
>   end
1
2
3
 => [1, 2, 3] 

Utilizando o método .each

> [1,2,3].each do |x|
>     puts x
>   end
1
2
3
 => [1, 2, 3] 

Qual a diferença entre elas, e quando devo usar um ou outro?

8

São equivalentes.

for a in b; code end é um syntax sugar para b.each {|a| code }, com a diferença que a variável a não tem seu escopo limitado ao bloco. Uma prova simples para isso é o seguinte:

class A
  def each(&block)
    block.call(1)
    block.call(2)
    block.call(42)
  end
end

for x in A.new
  p x
end
# mostra 1, 2 e 42

p x   # mostra 42
      # a variável ainda está viva aqui, é a única diferença

Existia uma diferença de performance em que o for era menos eficiente que o each, mas isso é pouco significante a partir do Ruby 2.0.

Como referência, parte do compile.c:

// Ao encontrar um "for"
if (nd_type(node) == NODE_FOR) {
    COMPILE(ret, "iter caller (for)", node->nd_iter);

    // Crie um bloco para ele
    iseq->compile_data->current_block =
    NEW_CHILD_ISEQVAL(node->nd_body, make_name_for_block(iseq),
              ISEQ_TYPE_BLOCK, line);

    // Crie uma invocação ao método "each" passando o bloco
    ADD_SEND_R(ret, line, ID2SYM(idEach), INT2FIX(0),
           iseq->compile_data->current_block, INT2FIX(0));
}

Vale notar que em ruby é muito mais idiomático e preferível usar o each no lugar do for, mas isso é mais uma questão de estilo que prática.

  • 1
    Nenhuma e a variável ainda está viva aqui, é a única diferença se contradiz. :-) – fotanus 18/02/14 às 13:05
  • Uma tentativa falha de short answer. Reformulei. – Guilherme Bernal 18/02/14 às 13:09

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.