1

Nesse caso, estou passando o WHERE através da variável $where. O sistema pode sofrer SQL Injection? Como evita-lo nesse caso?

Por exemplo: select nome from usuario where $where;

$where = "cod = 10";

public static function getUsuario($where){
    return Usuario::all(array(     
        'select' => 'nome',
        'conditions' => array($where)
    ));
}
  • É algum framework? Ou um código seu? – rray 5/05/15 às 15:38
  • To utilizando o PHP ActiveRecord + Smarty – Paulo Costa 5/05/15 às 15:39
  • 1
    Assim? Do pé para a mão sem ver mais código nenhum? Sim, estás a um passo de receber um SQL Injection. No entanto, se alguma das tuas frameworks usar mysqli_* acho que não. Pelo sim, pelo não, eu escapava esse input só para não ter surpresas ao fim do dia :) – MoshMage 5/05/15 às 15:46
  • Qual a vantagem "escapar" o input? – Paulo Costa 5/05/15 às 15:49
  • Escapar o input ajuda a garantir que os dados contidos em $where sejam dados mesmo, não código. Mas não sei se é "à prova de balas" (e de todo modo, se esses dados já estiverem sendo escapados escapar de novo vai provocar um duplo escape, o que é ruim). De onde está vindo o valor de $where? Do usuário? – mgibsonbr 5/05/15 às 15:50
3

Se pode ocorrer ou não eu não sei responder, vai depender da framework utilizada. Mas evitar deve ser bem mais fácil, é só validar o campo, ver se seu formato corresponde àquilo que você espera dele (e que portanto não vai conter código malicioso, ou qualquer código que seja, e sim dados).

Seu campo $where é composto da concatenação de $nome e $valor, certo? Um nome normalmente é composto de letras, números e underscore (_). Um valor normalmente é composto de dígitos, talvez um menos na frente e talvez um ponto. E eu estou supondo que você os concatena usando um =, certo? Então:

  1. Valide o $nome como sendo um nome; mesmo que ele venha do seu próprio código (não custa nada, fica como "teste de sanidade":

    if (preg_match("/^\w+$/", $nome)) {
        ...
    } else {
        /* Não continue! Reporte um erro! */
    }
    
  2. Valide o $valor como sendo um número; o exemplo abaixo é para um decimal simples, em formato brasileiro/europeu (não americano), ajuste-o de acordo com suas necessidades:

    if (preg_match("/^-?\d+(\.\d{3})*(\,\d+)?$/", $valor)) {
        ...
    } else {
        /* Não continue! Reporte um erro! */
    }
    
  3. Concatene $nome e $valor; não use aspas em volta do número:

    $condicao = $nome . " = " . $valor
    
  4. Alternativamente, se o $valor é uma string que pode conter - e /, além de letras, números e underscore (e só isso):

    if (preg_match("/^(\w|\/|-)+$/", $valor)) {
    

    E para concatenar:

    $condicao = $nome . " = '" . $valor . "'"
    

    No caso, sabemos que nem - nem / quando dentro de uma string são suficientes para causar problemas (uma aspa ou talvez uma \ seriam), e como não está sendo usado um LIKE (caso em que _ seria um problema), então deve ser seguro.

Etc. Se $nome possui um valor correto, $valor possui um valor correto, a concatenação possui a sintaxe correta, e todos os elementos do seu array $where foram montados da forma correta, então não há por onde uma Injeção de SQL ocorrer. Tenham os componentes sido "escapados" ou não, não faz diferença, pois o escape os deixará inalterados.

Validar os valores é uma alternativa melhor do que aceitar qualquer formato de entrada e tentar sanitizá-la. Inclusive, sanitizar algo que não se sabe o que é é temerário (vai que você "escapou" corretamente na hora de colocar no banco, mas ao tirar dele - e "desescapá-lo" - você o incluiu no HTML de resposta, sem nenhuma checagem, o resultado será um XSS ou similar...). Use essa estratégia sempre que o formato dos dados de entrada for previsível e bem definido, e só terá de se preocupar com os campos mais abertos (texto livre, por exemplo).

  • meu valor pode ser string e inteiro, e com conter "-" e "/"... – Paulo Costa 5/05/15 às 17:45
  • @PauloCosta Atualizei a resposta com um exemplo. Que eu saiba, nenhum desses caracteres pode causar problemas, desde que o valor esteja dentro das aspas, como se espera de uma string (se estivesse fora, um -- poderia causar problemas). Como falei no final, essa resposta só vale para quando o campo é fechado (i.e. possui um formato rígido), se o mesmo fosse aberto (qualquer coisa vale) então é mais complicado. O ideal mesmo seria usar queries parametrizadas, mas como não sabemos se sua framework suporta isso ou não (pelo "jeitão" do seu código eu diria que não) esse é o meio mais garantido. – mgibsonbr 5/05/15 às 18:02
  • Muito boa sua resposta! Obrigadao – Paulo Costa 6/05/15 às 12:06
  • Se eu quiser q minha String tenha "." e " _ "?? – Paulo Costa 6/05/15 às 12:37
  • @PauloCosta _ já é contemplado pelo \w. O . precisa ser escapado com \ (ele é um caractere especial na regex). O resultado então é: /^(\w|\/|-|\.)+$/ – mgibsonbr 6/05/15 às 22:43
0

Esse código só tem problemas de SQL injection se esse parâmetro vier de input do user.

Se esse where não vem do browser / utilizador, não tem problema.

Caso seja user input, deve sempre se usado escape no php, ou então parâmetros nos queries, nunca input directo.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.