1

Estou usando o Ruby 2.1 32 bits. Interpretando scripts como CGI pelo do Apache 2. Através do IP Local.

Estou em um processo de migração de vários script em PHP para Ruby.

Durante o processo de escrita de código, várias vezes erro tanto em digitação como em alguns conceitos novos sobre a linguagem e suas diversas bibliotecas. O problema é que toda vez que acontece um erro ou exceção, o Apache apenas retorna o Erro 500. E por seguinte, tenho que abrir os logs de erro do Apache checar as mensagens meio confusas, o que me toma tempo útil de codificação.

Minha questão, há alguma maneira de enviar os error e exceções para a saída padrão para que eles sejam mostrados no Browser e não apenas sejam reconhecidos pelo servidor?

  • Não sei exatamente como está organizado seu código, nem tenho experiência com CGI, mas não seria mais fácil simplesmente rodar seus scripts manualmente pela linha de comando e checar os resultados? – Fuad Saud 27/04/15 às 6:09
  • Seria um despejo de tempo parecido com o atual. Visto que teria que alternar bastante entre o browser e o terminal. Mas valeu a opção. – Guill 27/04/15 às 12:54
2

A solução mais simples é definir a saída de erros global como a saída padrão no início do seu script:

$stderr = STDOUT

STDOUT é o objeto de IO que representa a saída padrão.

  • A linha acima não funcionou. Na verdade gerou algum erro sinistro que eu tive que olhar no log do Apache (500) e não apareceu qualquer mensagem vinda do Ruby. – Guill 27/04/15 às 22:33
  • Hmm, poderia mostrar o erro? Tentei rodar um script com essa definição no topo do arquivo e os erros acabam sendo reportados na saída padrão. – Fuad Saud 1/05/15 às 5:45
  • [Mon Apr 27 17:20:46.925038 2015] [cgi:error] [pid 5188:tid 952] [client ::1:65332] Premature end of script headers: index.rb – Guill 1/05/15 às 17:23
  • Poderia postar um exemplo de script seu? Parece que o redirecionamento tem que ocorrer depois do setup do CGI, de acordo cob esta página perlmonks.org/?node_id=262011 Não entendo muito do workflow do CGI, então estou chutando algumas coisas no escuro; se conseguir ver o código talvez fique mais fácil. – Fuad Saud 1/05/15 às 17:35
  • O "setup" do CGI está no initialize de uma classe quase ao final do arquivo. O código a ser debugado vai provavelmente estar sempre acima do código do setup. – Guill 4/05/15 às 2:39

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.