12

Eu aprendi que funções devem ser pequenas e concisas. Essa regra também se aplicaria a funções como esta?

def run_game(self):
    process_input()
    update_state()
    render()

O que eu quero dizer é: run_game aparenta estar tentando fazer mais de uma coisa ao mesmo tempo, porém me parece que ela está sendo usada como uma unidade de organização, executando as funções que comporiam o processo rotulado run_game.

Isso invalida o princípio de "do one thing well"? É normal usar funções como unidades de organização e reunir funções relacionadas em uma função principal?

8

Sim, essa forma de organização é normal. Sua função run_game não está tentando "fazer mais de uma coisa ao mesmo tempo", ela simplesmente está operando num nível de abstração mais alto.

Por exemplo, uma função que lê um arquivo e guarda seu conteúdo numa estrutura de dados faria algo como:

def foo(arquivo):
    with open(arquivo, 'r') as f:
        conjunto = set([x.strp() for x in f.readlines() if x.strip()])
    return conjunto

Essa função está fazendo uso da biblioteca de manipulação de arquivos e da de criação de conjuntos. Cada uma delas "faz apenas uma coisa e faz bem", mas é preciso combinar a funcionalidade delas para se implementar algo mais complexo (obter o conjunto de linhas não vazias do arquivo).

Se uma outra função bar precisa de um conjunto de linhas armazenada num arquivo, ela vai fazer uso da função foo como se a mesma fosse um comando simples como x + y: já que no nível de abstração de bar coisas como "obter um conjunto de um arquivo" são uma operação simples - não um conjunto de operações. Da mesma forma que, no nível de abstração de foo, coisas como "ler todas as linhas de um arquivo" são uma operação só, ainda que na realidade isso envolva uma série de operações de mais baixo nível.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.