7

Estou precisando detectar se o evento (click) foi disparado pelo usuário ou pelo método trigger do jQuery.

Analisando o parâmetro event encontrei duas propriedades que eu poderia utilizar para esta verificação: quando o evento é disparado via trigger o objeto possui a propriedade isTrigger e quando o usuário aciona o evento, o objeto possui a propriedade originalEvent.

A dúvida é, estas soluções são padrões da api do jQuery ou podem ser alteradas em futuras versões? Qual delas devo utilizar?

  • Qual é o evento que queres usar? – Sergio 16/04/15 às 12:40
  • Normalmente o evento que precisa desta verificação é o click. – Oeslei 16/04/15 às 12:45
  • Procurei na documentação do jQuery e não encontrei referido especificamente nada que possa responder com certeza :^) És tu que geras esses clics sintéticos? – Sergio 16/04/15 às 13:53
  • @Sergio Sim, eu que aciono os eventos. – Oeslei 16/04/15 às 15:24
2

Vanilla JavaScript

Podemos observar as propriedades do objeto event associado ao mesmo, particularmente as que registam as coordenadas do clique.

Se o clique foi disparado programaticamente, vão estar a zero.

Se o clique foi realizado pelo utilizador, vão conter as coordenadas da localização onde ocorreu o clique em relação à tela.

Para o efeito, fazemos uso das propriedades clientX e clientY:

if (e.screenX && e.screenX!=0 && e.screenY && e.screenY!=0) {
    // clique real, realizado por um humano ou um robô que usa o rato
}
else {
    // clique programático
}

Exemplo

var myButton = document.getElementById("meuBotao");

// se receber clique, debitar para a consola o objeto `event`
myButton.onclick = function(event) {
  console.log(event);
}

// disparar o clique manual (vai ser o primeiro a aparecer na consola)
myButton.click();
<button id="meuBotao">clica-me</button>


jQuery event.isTrigger

Com jQuery, a partir da versão 1.7, a framework do mesmo lida com este problema e define uma propriedade no objeto do evento de clique para sinalizar se o clique foi realizado programaticamente:

// Linha #4521 do ficheiro http://code.jquery.com/jquery-1.11.2.js
event.isTrigger = onlyHandlers ? 2 : 3;

Não existe documentação oficinal para esta propriedade, e no fórum do jQuery ainda não existe uma resposta definitiva para o assunto.

Se observarmos o código fonte da versão 1.7 do jQuery onde vimos esta propriedade pela primeira vez:

// Linha #3141 do ficheiro http://code.jquery.com/jquery-1.7.js
event.isTrigger = true;

Dá para constatar que existem diferenças, dando-nos a entender que a propriedade é mais para controlo interno da própria framework e pode mudar em futuras versões.

Em suma, pode-se concluir que não devemos considerar esta propriedade como viável para o objetivo de detetar a origem do clique sendo preferível uma solução em Vanilla JavaScript.


jQuery event.originalEvent

De qualquer forma, temos a o objeto event.originalEvent que estará definido apenas se o clique ocorreu por um rato ou touch:

$('button').on('click', function (event) {
    if (event.originalEvent === undefined) {
        // clique programatico
    }
    else {
        // clique rato ou touch
    }
});

Este objeto contém o que o objeto event contém, e é anexado apenas se o evento foi despoletado por rato ou touch.

Digamos que é uma cópia do evento original porque a framework precisa de manipular inúmeras propriedades e assim pode fazê-lo sem perturbar o normal funcionamento dos objetos e propriedades a que estamos habituados em JavaScript:

Alguns eventos podem ter propriedades específicas para eles. Essas podem ser acessadas como propriedades do objeto event.originalEvent.

Citação presente na documentação para Event Object

Como este objeto está documentado, já se aconselha o seu uso dado termos alguma garantia de que não vai mudar de forma repentina e sem aviso ou portabilidade.

1

isTrigger é atribuíto para true no corpo do método trigger(), então é garantido que esta propriedade sempre existirá e sempre será true caso o evento tenha sido disparado via trigger(). Testar if (event.isTrigger) { ... } é o suficiente e sempre resultará no comportamento esperado - separar eventos do usuário dos eventos do programador.

OBS: originalEvent sempre aponta para o evento nativo criado pelo navegador, o que sugere que essa propriedade sempre será undefined quando o evento for disparado via trigger() - mas a documentação não garante esse comportamento.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.