12

Na linguagem C podemos utilizar ponteiros da seguinte forma:

int *ponteiro, teste;

ponteiro = &teste;

E em Java existe alguma alternativa?

10

Não existe nenhuma possibilidade de uso de ponteiros brutos em Java. Até mesmo referências tem uso apenas implícito através dos objetos instanciados.

É possível simulá-los através de um array de bytes mas apenas para demonstração de como funcionaria, dificilmente isto teria um uso prático, e ainda assim não quer dizer que a linguagem tenha ponteiros, apenas que sua semântica pode ser emulada com outras construções.

Isto não quer dizer que o código não use ponteiros internos mas como eles não são expostos de forma alguma para o programador, eles não podem ser considerados como existentes na linguagem. Então existem ponteiros opacos que você não tem acesso.

São raros os casos que eles são úteis - essencialmente por performance, mas realmente é uma pena não tê-los nesses casos. C# os permite em contextos unsafe e por isso é possível criar algumas abstrações seguras e obter o melhor dos dois mundos. Em Java se quer usar o ponteiro só fazendo em outra linguagem e não é nada simples.

Ponteiros X referências.

7

Tudo em Java que não é primitivo é um objeto, objetos são referenciados por variáveis de referência, de uma forma muito similar aos ponteiros C++.

Ou seja, o que você conhece como ponteiro em C++ é conhecido como referência em Java.

As diferenças não param no nome, a maior diferença na verdade é que no Java você não trabalha diretamente com o endereço de memória, alocação e limpeza da memória alocada. No Java você tem o new, mas não tem o delete. Isso não quer dizer que a memória alocada ao criar um novo objeto nunca será liberada, esse trabalho é realizado pelo Garbage Collector, que de tempos em tempos limpa os objetos da memória que não possuem mais uma referência válida para eles.

Respondendo sua pergunta: Não é possível ter um ponteiro da mesma forma como no C++, mas é possível ter uma variável de referência que provavelmente suprirá suas necessidades. O Java foi arquitetado de forma diferente do C++, ele é mais alto nível, logo se você precisa trabalhar com acesso diretamente a memória é bem provável que Java não será a sua escolha.

Um exemplo de uma criação e instanciação de um objeto em Java:

Object obj = new Object();
0

Pode criar um ponteiro em um objeto. Por exemplo:

Object A = new Object(); //New trata de reservar memória o suficiente para o objeto e criar automaticamente uma referência a ele. 
A.setValue("valor qualquer");
Object B = A;//Aqui o B aponta para o endereço de memória de A
System.out.printf(B.getValue.toString());
//Resultado impresso: valor qualquer

A.setValue("outro valor");
System.out.printf(B.getValue.toString());
//Resultado impresso: outro valor

B.setValue("valor posto por B");
System.out.printf(B.getValue.toString());
//Resultado impresso: valor posto por B

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.