9

Como utilizar o operador or numa estrutura de controlo switch?

Exemplo

switch ($options) {

    case 1 || case 2:
        echo "Valor de opção 1 e 2";
        break;

    case 3:
        echo "Valor de opção 3";
        break;
}
9

Não é possível o uso do || ou qualquer operador. Se precisar fazer isto, deve usar uma estrutura de if. O switch foi criado para comparação de valores de forma direta e individual, ele não pode ter expressões.

Mas dá para obter o que você quer neste caso específico já que ele é fallthrough:

switch ($options) {
case 1:
case 2:
    echo "Valor de opção 1 e 2";
    break;
case 3:
    echo "Valor de opção 3";
    break;
}

Coloquei no GitHub para referência futura.

Como a execução dos cases vão ocorrendo em sequência, então basta você colocar um case sem especificar nada dentro dele, que o que for especificado em algum case posterior será executado por ele. Isto só é quebrado quando usa-se o break, que encerra todas as as avaliações dos cases. Nesta construção, ao contrário do if, encerrar as avaliações deve ser feita de forma explícita.

8

Para usar o mesmo comportamento em diferentes "cases", você deve escrever ele desta maneira:

switch($options) {
    //Observe que não dei um break no case 1, pois ele executará a mesma função do case2.
    case 1: 
    case 2: 
        echo "Valor de opção 1 ou 2";
        break;
    case 3:
        echo "Valor de opção 3";
        break;
    default:
        echo "operação default"; 
        break;
}
4

As respostas existentes explicam bem este assunto, mas por questões "educacionais", vou deixar uma forma de utilizar a estrutura de controlo switch como se de um if se tratasse:

switch com OR

Para podermos utilizar um || ou OR, temos que iniciar a nossa estrutura de controlo como booleana e em cada case fazer a comparação pretendida:

Ver no Ideone.

$a = 3;

switch (true) {
  case ($a == 1 || $a == 2):
        echo "variável A é 1 ou 2";
        break;

    case ($a == 3 || $a == 4):
        echo "variável A é 3 ou 4";
        break;
}

O truque aqui é que estamos a passar uma expressão para o switch e a realizar a comparações com outra expressão.

É um método alternativo, que nos permite expandir a potencialidade desta estrutura de controlo, apesar de ir contra o propósito da mesma conforme descrito na documentação:

A instrução switch é similar a uma série de instruções IF sobre a mesma expressão.

No exemplo não estamos a fazer nada disto, tornando desta forma cada case num if sobre uma expressão diferente.

A conclusão é que esta é uma forma incorreta de lidar com a questão. Devemos utilizar a estrutura de controlo if para casos onde precisamos de fazer uso de operadores, pois a mesma foi desenhada para este efeito.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.