5

A classe abaixo é responsável em obter dados de um serviço WCF Rest:

public class MyAsyncTaskGeneric<T> extends AsyncTask<String, Void, T>{

    private final Class<T> typeGeneric;         

    public MyAsyncTaskGeneric(Class<T> typeGeneric) {
        this.typeGeneric = typeGeneric;     
    }

    @Override
    protected T doInBackground(String... params) {      
        T result = null;        
        try {               
            RestTemplate restTemplate = new RestTemplate();
            restTemplate.getMessageConverters().add(new GsonHttpMessageConverter());
            result = restTemplate.getForObject(params[0], typeGeneric);
        } catch (Exception e) {
            Log.i("Teste", e.getMessage());         
        } 
        return result;
    }
}

Ela é consumida pela classe de negócio:

public class CidadeBll {    

    public CidadeBll() {

    }

    public Cidade[] GetCidades(String url) throws Exception {
        Cidade[] result = null;
        try {
            MyAsyncTaskGeneric<Cidade[]> myAsync = new MyAsyncTaskGeneric<Cidade[]>(Cidade[].class);
            result = myAsync.execute(url + "/cidades").get();
        } catch (Exception e) {
            throw e;
        }
        return result;
    }
}

Que por sua vez é consumida por uma Activity:

btnGetCidades.setOnClickListener(new View.OnClickListener() {           
        @Override
        public void onClick(View v) {
            try {
                CidadeBll cidadeBll = new CidadeBll();
                Cidade[] cidades = cidadeBll.GetCidades(url2);

                if (cidades.length > 0){
                    Toast.makeText(getApplicationContext(), "Qtde de Cidades: " + cidades.length, Toast.LENGTH_LONG).show();
                }

            } catch (Exception e) {
                Toast.makeText(getApplicationContext(), "Erro:" + e.getMessage(), Toast.LENGTH_LONG).show();
            }
        }
    });

Considerando possíveis exceções disparadas pelo WCF Rest, gostaria que a classe AsyncTask pudesse disparar a exceção para a classe de negócio, e a de negócio para a Activity.

Isso é possível?

4

É possível sim. Mas antes, queria resssaltar que você está cometendo um erro de design: uma AsyncTask está intrinsecamente ligada à UI, tanto é que os métodos onPreExecute(), onProgressUpdate(Progress...) e onPostExecute(Result) têm acesso a UI Thread (veja The 4 steps). Assim sendo, você não precisa criar Toasts na Activity, mas sim na própria AsyncTask. Portanto, na Activity você instância uma AsyncTask e na AsyncTask você instância um objeto da classe de negócios para executar o trabalho em background.

Voltando a sua pergunta: você pode adicionar um atributo do tipo Exception à sua instância de AsyncTask e checar o resultado no método onPostExecute(Result). Eis um código exemplo:

Activity com AsyncTask:

    btnGetCidades.setOnClickListener(new View.OnClickListener() {

        @Override
        public void onClick(View v) {

            new AsyncTask<String, Void, Cidade[]>() {

                // atributo que guarda excecao lancada
                private Exception e;

                @Override
                protected Cidade[] doInBackground(String... params) {
                    // em background
                    Cidade[] cidades = null;

                    try {
                        CidadeBll cidadeBll = new CidadeBll();
                        cidades = cidadeBll.GetCidades(params + "/cidades");
                    } catch (Exception e) {
                        this.e = e;
                        return null;
                    }

                    return cidades;
                }

                @Override
                protected void onPostExecute(Cidade[] cidades) {
                    // acesso a UI thread
                    if (cidades == null && e != null) {
                        // erro
                        Toast.makeText(
                                getApplicationContext(),
                                "Erro:" + e.getMessage(),
                                Toast.LENGTH_LONG).show();
                    } else {
                        // ok ..
                        if (cidades.length > 0){
                            Toast.makeText(
                                    getApplicationContext(),
                                    "Qtde de Cidades: " + cidades.length,
                                    Toast.LENGTH_LONG).show();
                        }
                    }
                }
            }.execute(url2);
        }
    });

CidadeBll.java (classe de negócios):

    public class CidadeBll {

        public CidadeBll() {

        }

        public Cidade[] GetCidades(String ... params) throws Exception {
            Cidade[] result = null;

            try {
                RestTemplate restTemplate = new RestTemplate();
                restTemplate.getMessageConverters().add(new GsonHttpMessageConverter());
                result = restTemplate.getForObject(params[0], Cidade[].class);
            } catch (Exception e) {
                Log.i("Teste", e.getMessage());

                throw e;
            }

            return result;
        }
    }

Caso o código da Acivity tenha ficado grande/confuso dá para seperar em outra classe, porém matenha a lógica de modificar UI a partir dos métodos da AsyncTask que têm acesso à UI Thread.

Espero ter ajudado e para mais informações sobre como funciona AsyncTask veja a documentação.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.