7

Em um sistema que tende a crescer em número de classes e de usuários, qual seria a melhor abordagem para se trabalhar com acesso ao banco de dados?

  1. criar um CRUD genérico? ou
  2. criar métodos específicos para inserir e atualizar cada classe model que está persistida no Banco de dados?

A meu ver a 1ª abordagem tem a vantagem de se escrever somente uma vez o código pra inserir e remover e outros, porém tem a desvantagem de não se saber previamente as SQLs disponíveis e de não prover queries complexas. A 2º abordagem tem como vantagem a simplicidade, a capacidade de ser específica, e como desvantagem ter de reescrever o código das consultas simples.

Qual seria a melhor abordagem para a situação apontada?

1 Resposta 1

5

A melhor abordagem depende sempre do objetivo colocado no horizonte.

O modelo de desenvolvimento baseado na criação de CRUDs sempre vai levar vantagem na rapidez do desenvolvimento, considerando que muitas coisas são feitas em automático. A abordagem vale a pena porque não é todo sistema que é inteiramente complexo. Na maior parte dos casos, os sistemas seguem o bom e velho Princípio de Pareto, em que 80% dos gargalos de desempenho estão concentrados em até 20% do código. Nestes casos, não há grandes ganhos quando a produção de código é artesanal, ou seja, feita sentença a sentença.

Mesmo quando o sistema tem uma tendência de desenvolvimento contínuo, a segunda abordagem é mais interessante no momento em que problemas de desempenho são sentidos. É aquele momento no ciclo de vida do código em que telas e ações que antes eram rápidas começam a se tornar lentas. Aí vale a pena estudar o plano de execução das sentenças, reescrever o código buscando otimização, e assim por diante.

Ainda assim, no atual estágio dos frameworks baseados em mapeamento objeto-relacional (os famosos ORM's), a ideia é justamente que o próprio framework faça um trabalho de otimização prévio, livrando a equipe de desenvolvimento a gastar tempo com otimização num estágio inicial de desenvolvimento.

2
  • então a segunda solução (mais simples, porem mais demorada) seria a mais adequada por ser mais legível e eficiente (em desempenho).
    – Ricardo
    Commented 9/04/2015 às 16:23
  • Num segundo momento de desenvolvimento, conforme o sistema ganha complexidade, sim, mas não tem porquê ter isso no início do desenvolvimento. Commented 9/04/2015 às 16:38

Você deve fazer log-in para responder a esta pergunta.

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag .