1

Fiz uma classe e criei os métodos dentro dela normalmente mas quando coloco método semelhante fora da classe eles não funcionam como esperado, a execução do if ocorre normalmente, mas o valor que deveria ser retirado da propriedade não é retirado

class Conta {
    constructor(saldo) {
        this.saldo = saldo
    }

    deposito(valor){
        if(valor>100){
            this.saldo += valor
        } else {
            console.log('valor inferior ao permitido')
        }
    }
}

Conta.prototype.saque = (valor) => {
    if(valor<100){
        this.saldo -= valor
    } else {
        console.log('valor maior do que o permitido')
    }
}

let fulano = new Conta (1000)

fulano.deposito(90)
console.log(fulano)

fulano.deposito(110)
console.log(fulano)

fulano.saque(90)
console.log(fulano)

fulano.saque(110)
console.log(fulano)

1
  • Funções Arrow não possuem valor vinculado ao this(objeto que chama a função). Onde está Conta.prototype.saque = (valor) => { substitua por Conta.prototype.saque = function (valor) { 14/10/2022 às 16:55

2 Respostas 2

2

Normalmente, quando vc trabalha com classes, vc não deveria alterar o prototype da forma como vc fez, pois isto só deixaria o código mais confuso.

De qualquer forma, seu raciocionio está correto e vc só errou em um detalhe:

Quando vc usa arrow functions o this funciona de forma diferente. No seu caso, ele se refere ao objeto global e não à sua instância de Conta.

Para funcionar como vc espera, troque por uma função anônima comum. Assim:

Conta.prototype.saque = function (valor) {
  if (valor < 100) {
    this.saldo -= valor;
  } else {
    console.log('valor maior do que o permitido');
  }
};
0

O prototype é usado para extender um objeto e não uma classe:

Protótipos são o mecanismo pelo qual objetos JavaScript herdam recursos uns dos outros

Usamos o prototype quando declaramos objetos com functions por exemplo, não como classes. Uma classe é fechada, para extendê-la é preciso herdá-la.

Há ai uma confusão misturando dois conceitos...

Podemos declarar um objeto assim:

let Conta = function(saldo) {
    this.saldo = saldo;

    this.deposito = (valor) => {
        if(valor>100){
            this.saldo += valor
        } else {
            console.log('valor inferior ao permitido')
        }
    }
}

Conta.prototype.saque = function (valor) {
    if(valor<100){
        this.saldo -= valor
    } else {
        console.log('valor maior do que o permitido')
    }
}

let fulano = new Conta (1000)

fulano.deposito(90)
console.log(fulano)

fulano.deposito(110)
console.log(fulano)

fulano.saque(90)
console.log(fulano)

fulano.saque(110)
console.log(fulano)

Dessa forma, prototype está extendendo o objeto. Já para uma classe, prototype não vai funcionar da mesma forma, nesse caso deve adicionar o método diretamente na class, ou extender a classe e usar o objeto extendido:

class Conta {
    constructor(saldo) {
        this.saldo = saldo
    }

    deposito(valor){
        if(valor>100){
            this.saldo += valor
        } else {
            console.log('valor inferior ao permitido')
        }
    }
    
    saque = (valor) => {
       if(valor<100){
           this.saldo -= valor
       } else {
           console.log('valor maior do que o permitido')
       }
    }
}

let fulano = new Conta (1000)

fulano.deposito(90)
console.log(fulano)

fulano.deposito(110)
console.log(fulano)

fulano.saque(90)
console.log(fulano)

fulano.saque(110)
console.log(fulano)

E aqui extendendo a classe Conta:

class Conta {
    constructor(saldo) {
        this.saldo = saldo
    }

    deposito(valor){
        if(valor>100){
            this.saldo += valor
        } else {
            console.log('valor inferior ao permitido')
        }
    }
}


class Conta2 extends Conta {
  constructor(saldo) {
    super(saldo)
  }
  
  saque(valor)  {
       if(valor<100){
           this.saldo -= valor
       } else {
           console.log('valor maior do que o permitido')
       }
    }
}

let fulano = new Conta2 (1000)

fulano.deposito(90)
console.log(fulano)

fulano.deposito(110)
console.log(fulano)

fulano.saque(90)
console.log(fulano)

fulano.saque(110)
console.log(fulano)

2
  • 1
    Está confusa essa explicação. Não existe de facto classe em javascript, quando faz let fulano = new Conta() na verdade está fazendo let fulano = Object.create(Conta) 14/10/2022 às 17:08
  • 1
    Uma classe em JavaScript, por debaixo dos panos, continua sendo uma função. Vc pode atestar isto usando typeof Conta. E, sendo uma função, ela também tem a propriedade prototype, q pode ser usada para estendê-la normalmente. O erro do autor da pergunta foi apenas ter usado uma arrow function ao invés de uma função normal, pois isto afetou o this. Vale destacar que, embora ele não esteja tecnicamente errado, estender classes desta forma só torna o código desnecessáriamente complexo e ele deveria usar todas as facilidades que as classes oferecem como vc demonstrou no seu último exemplo. 14/10/2022 às 17:30

Você deve fazer log-in para responder a esta pergunta.

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag .