4

Eu tenho um site com vários arquivos HTML, e pretendo fazer um sistema de busca em PHP, que me procure por palavras nesses arquivos HTML, e que me mostre a página ou as páginsa em que elas se encontrem mas sem usar MySQL.

Como posso fazê-lo?

2
  • 2
    Não estou com tempo de escrever uma resposta, mas uma ideia inicial seria listar todos os arquivos .html de determinada pasta, e então percorrer cada um deles usando strpos pela sua busca. 30/03/2015 às 20:50
  • 2
    com file_get_contents + stripos (ou preg_match) é possível fazer, porem provavelmente o desempenho será "bem ruim", para isto você deverá indexar as pesquisas ou os arquivos e neste caso será necessário um estrutura de banco de dados, não precisa ser sql, pode ser um ficheiro que trabalha por linhas, não posto uma resposta pois é um pouco demorado de montar tal sistema, mas este é o caminho. 30/03/2015 às 20:54

2 Respostas 2

2

"Em PHP" é o problema maior aqui, a meu ver.

Se o site usa somente arquivos HTML, pode até ser razoavelmente simples, mas independente de como você faça você provavelmente vai ter problemas com tags HTML sendo indexadas para a busca, sem contar na velocidade da busca e n outras questões. Sistema de busca é um negócio bastante complicado e tem muitas "nuances" a serem consideradas.

Algumas questões relevantes pro seu caso específico:

  1. Isso precisa rodar em Linux ou em Windows?
  2. Esses arquivos são 100% estáticos ou possuem conteúdo gerado por PHP?
  3. Caso sejam estáticos, quão comum é alterar esses arquivos?

Minha sugestão é bem simples: Faça uma caixa de busca que usa o Google, usando "site:minha.url.com ".$search_params para ter os melhores resultados mais rápido.

Se você precisar fazer esse buscador do zero ou tiver outras exigênncias, desenvolva melhor o objetivo que você quer atingir e o porquê, para podermos nos aprofundar no assunto.

3
  • Ele deixou claro na pergunta que são arquivos html, então provavelmente são .html, em outras palavras, estáticos. Se é Windows ou like-unix sinceramente não vejo por que levar isto em consideração se estamos geralmente usando as APIs do PHP. 1/04/2015 às 17:33
  • @GuilhermeNascimento, ele disse que tem vários "arquivos HTML", e eu posso usar .html na extensão, chamar de html, e rodar PHP, Ruby, LISP ou o diabo no arquivo se eu quiser. A questão era se havia dinamicidade de conteúdo. Sobre ser Windows ou Unix, é porque uma das características do PHP são as funções exec(), shell_exec() e similares, que permitem aproveitar APIs do sistema, e que são uma ótima opção se você precisar percorrer um número razoável de arquivos com performance mais próxima à nativa, rodando a partir de uma linguagem interpretada. 1/04/2015 às 18:17
  • ok, parece legal. 1/04/2015 às 18:19
2

Essencialmente, o que pretendes é usar PHP para localizar uma string dentro de ficheiros.

Duas opções, cada uma mais adequada para a versão de PHP que estejas a utilizar:

PHP > 5.0

Fazendo uso da classe DirectoryIterator, podemos percorrer uma pasta cheia de ficheiros e um a um localizar a string pretendida:

// Palavra a localizar
$string = 'bubu';

// Iterar caminho para a pasta que contém os ficheiros
$dir = new DirectoryIterator('minhaPastaCheiaDeFicheirosHTML');

// Por cada ficheiro
foreach ($dir as $file) {

    // Ler conteúdo do ficheiro para variável
    $content = file_get_contents($file->getPathname());

    // Ver se encontramos a string para fazer algo
    if (strpos($content, $string) !== false) {

        // Ena, encontrei, e agora?
        echo $file->getPathname();
    }
}

PHP >4.3.0

Para versões mais antigas, podemos fazer uso da função glob(), um pouco mais lenta que a solução em cima, mas perfeitamente eficaz:

// Palavra a localizar
$string = 'bubu';

// Caminho para a pasta que contém os ficheiros
$dir = 'minhaPastaCheiaDeFicheirosHTML';

// Por cada ficheiro localizado
foreach (glob($dir."/*") as $file) {

    // Ler conteúdo do ficheiro para variável
    $content = file_get_contents($dir."/".$file);

    // Ver se encontramos a string para fazer algo
    if (strpos($content, $string) !== false) {

        // Ena, encontrei, e agora?
        echo $dir."/".$file;
    }
}

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.