12

Eu estou deletando uma pasta do meu HD e pude apagar tudo, exceto esse arquivo.

Porque ele tem aspas, eu não posso usar nomes curtos, e não posso apagá-lo do jeito que está.

Eu tentei fsutil file setshortname, mas eu não consigo manter as aspas em mai_68

Eu tentei aspas duplas, \, e outros caracteres especiais, como %, mas as aspas não são reconhecidas pelo shell, como vocês podem ver:

  • Mesmo com o espace para a " que é usar "", não consegui remover o ficheiro. Já tentei diversas formas mas tudo sem sucesso! Linux Live CD, apagar ficheiro, reiniciar ;) – Zuul 28/03/15 às 21:43
  • @Zuul Publique sua sugestão como uma resposta. Eu tentei de tudo no Windows, inclusive usar editores de disco (WinHex, HxD, DiskExplorer), pra tentar renomear o arquivo à força, mas no Windows 7 dá acesso negado... os drivers de acesso ao disco o protegem contra escritas, sendo que a única forma seria desmontar a unidade para depois editar (ai o driver deixa). Acontece que o caminho é muito longo e chato, ou impossível no caso do drive de sistema... parece mais fácil fazer download de uma distro de Linux Live pequena, colocar num CD ou USB e então fazer da forma que você disse. – Miguel Angelo 28/03/15 às 22:44
  • @MiguelAngelo Meti agora a resposta sugerindo uma LiveCD. Estive a tentar outros métodos que não os que indicaste e/ou já havia tentado, mas sem sucesso! LiveCD, 5min e tá arrumada a questão :) – Zuul 29/03/15 às 0:15
7

Caracteres reservados

Em Windows, existem alguns caracteres que são reservados (Inglês) pois servem um propósito ao serem utilizados pelo sistema operativo:

  • < (menor que)
  • > (maior que)
  • : (dois-pontos)
  • " (aspas)
  • / (barra)
  • \ (barra invertida)
  • | (barra vertical)
  • ? (ponto de interrogação)
  • * (asterisco)

Estes caracteres não são permitidos em nomes de ficheiros ou directorias dado serem reservados, mas isso não quer dizer que não venham a estar presentes nos mesmos, dado que muitos sistemas operativos que não o Windows, permitem o seu uso.

Confrontado com ficheiros ou directorias que usem estes caracteres, torna-se difícil resolver o problema a partir de um sistema que não permite o seu uso, pelo que, uma solução passa utilizar outro sistema operativo para os renomear ou remover.

Solução

Felizmente, usar outro sistema operativo nos dias de hoje não requer mais que meia dúzia de minutos, como é o caso das LiveCD de Linux:

  1. Descarregar um ISO de Linux;
  2. Descarregar e executar este ou outro software para criar uma PEN de arranque;
  3. Da lista de opções, escolher a distribuição correta, se do link que deixei em cima, será a opção "Linux Mint";
  4. Escolher o ficheiro ISO da distribuição que descarregaste;
  5. Criar a PEN de arranque.

Depois de criada, basta usar a mesma para arrancar com o computador, escolher a opção de "Experimentar".

2

Na linha de comando, e com o diretório corrente no local onde estão os arquivos, digite:

dir /x

inserir a descrição da imagem aqui

Os nomes envoltos pela borda laranja são os nome em formato 8.3.

Com o nome curto do arquivo, você poderá exclui-lo.

Fonte: https://superuser.com/a/381516/90552

  • Nope, sem sucesso comigo! O problema é que " é um carácter ilegal para nomes de ficheiros ou diretorias... o próprio windows nem deixa criar ficheiros que contenham " no nome. – Zuul 28/03/15 às 21:44
  • @Zuul Eu não consegui criar um arquivo com aspas duplas pra testar... você saberia como fazer isso pra que eu teste aqui? – Miguel Angelo 28/03/15 às 21:47
  • Eu criei usando Linux, em Windows não consegui. Tenho os dois sistemas em paralelo, mas podes usar um LiveCD para rapidamente criares o ficheiro e voltares para o windows. – Zuul 28/03/15 às 21:49
1

O Windows não reconhece arquivos que tenham caracteres especiais, portanto ele entende que se trata de um arquivo inválido. Uma maneira de remover esses arquivos é executando o chkdsk com o parâmetro /f.

chkdsk o: /f

Onde O: é a partição onde se encontra os arquivos inválidos a serem corrigidos. Depois de terminado a operação, uma pasta chamada O:\found.000 será criada contendo o arquivo que agora pode ser deletado.

O valor 000 pode mudar dependendo da quantidade de arquivos inválidos encontrados.

Para deletar, entre na pasta found.000 (use cd LETRA para acessar a partição):

>cd found.000

Depois delete todos os arquios com a extensão .chk:

> del *.chk

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.