3

Estou executando um replace com expressões regulares para formatar uma string, como por exemplo, o CPF:

var cpf = '99999999999';
cpfFormatado = cpf.replace(/(\d{3})(\d{3})(\d{3})(\d{2})/, '$1.$2.$3-$+');
console.log(cpfFormatado); // 999.999.999-99

Estou tentando reduzir a expressão regular, no entanto não estou conseguindo encontrar a forma correta para utilizar os grupos na string de substituição:

var cpf = '99999999999';
cpfFormatado = cpf.replace(/(\d{3}){3}(\d{2})/, '$1.$2.$3-$+');
console.log(cpfFormatado); // 999.99.$3-99

Como eu poderia chegar ao mesmo resultado do primeiro código utilizando a expressão regular do segundo?

  • 2
    seria isto que esta procurando? (\d{3})(\1)(\1)(\d{2}) – Guilherme Lautert 26/03/15 às 18:50
  • Sua primeira saída está errada, o último grupo é $4. – Luis Henrique 26/03/15 às 18:50
  • @LuisHenrique Não está errada. $+ pega o último grupo encontrado, ou seja, irá retornar o grupo (\d{2}). Utilizar $4 daria o mesmo resultado. – Oeslei 26/03/15 às 18:53
  • @GuilhermeLautert Sua expressão funcionou perfeitamente. Poderia escrever uma resposta explicando como funciona? – Oeslei 26/03/15 às 18:54
  • Estranho que rodei aqui no console e não funcionou. – Luis Henrique 26/03/15 às 18:58
3

Não é possível fazer isso. Quando você reduz (\d{3})(\d{3})(\d{3}) para isso (\d{3}){3}, você está eliminando dois grupos de captura, sendo que o primeiro grupo de captura será sobrescrito duas vezes, fazendo com que ele fique com o valor da última captura.

var cpf = '12345678901';
cpfFormatado = cpf.replace(/(\d{3}){3}(\d{2})/, '$1.$2.$3-$+');
console.log(cpfFormatado); // 789.01.$3-$+

Para saber o que está disponível para ser usado, basta utilizar uma função de replacement, e ver o que ela recebe como argumentos:

var cpf = '12345678901';
cpfFormatado = cpf.replace(/(\d{3}){3}(\d{2})/, function() {
    debugger; // ao parar aqui vamos ver o que tem dentro de arguments
    console.log(JSON.stringify(arguments));
});

Os argumentos passados para a função no exemplo acima são:

["12345678901", "789", "01", 0, "12345678901"]

Veja como o "789" aparece no grupo 1.

  • Boa observação, não havia notado que o grupo estava sendo sobrescrito. – Oeslei 26/03/15 às 18:56
  • Apesar da semântica do parse ser a mesma, quando você necessita usar os valores dos grupos, as vezes é necessário decompor a regex. – Miguel Angelo 26/03/15 às 19:00
0

Como solicitado:

(\d{3})(\1)(\1)(\d{2})

Composição

(\d{3})   -  grupo nº 1
(\1)      -  grupo nº 2, que utiliza a mesma expressão do grupo 1
(\1)      -  grupo nº 3, que utiliza a mesma expressão do grupo 1
(\d{2})   -  grupo nº 4

Explicação

Você pode fazer a utilização de expressões já feitas, fazendo delas um grupo e chamando pelos atalhos \1-\9, lembrando que só se pode tem um máximo de 9 atalhos \9.

Em resumo (\d{3}) é a expressão agrupada que possui atalho \1

  • Isso não irá capturar o CPF "12345678901" – Miguel Angelo 26/03/15 às 19:06
  • 1
    \1 até \9 é utilizado para se remeter a uma captura anterior, e não a uma expressão anterior. – Miguel Angelo 26/03/15 às 19:07
  • 1
    \1 não é um atalho pra mesma expressão do grupo de captura 1, ele é um backreference pro que foi capturado no grupo 1. Sua regex só vai aceitar CPFs cujos 3 grupos de 3 dígitos sejam iguais. – mgibsonbr 26/03/15 às 19:08
  • De fato, desculpe o erro. – Guilherme Lautert 26/03/15 às 19:11

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.