30

Estou com dúvida na utilização do ISNULL e COALESCE.

Atualmente ao criar uma query no SQL Server, fiquei com dúvida sobre ISNULL e COALESCE, realizei algumas pesquisas e consegui descobrir a diferença de ambos. Só que me surgiu algumas duvidas que não consegui encontrar.

Realizei a seguinte query:

inserir a descrição da imagem aqui

Dúvidas: Ao ler em alguns sites vi que o ISNULL OU COALESCE tem alguma diferença na hora do select em banco só que não consegui descobrir qual deles, pois os dois tem o mesmo comportamento ao realizar a seguinte query?

SELECT  'A' + ISNULL(NULLIF('abc', 'abc'), ' ') + 'A' AS Using_ISNULL,
Resultado: A A

SELECT  'A' + COALESCE(NULLIF('abc', 'abc'), ' ') + 'A' AS Using_ISNULL
Resultado: A A

Só que em alguns sites diziam ISNULL ou COALESCE quando string ficaria da seguinte forma Ex: Se a Coluna tiver o Tamanho VARCHAR(50)

SELECT  'A' + COALESCE OU ISNULL(NULLIF('abc', 'abc'), ' ') + 'A' AS Using_ISNULL
Resultado: A(ESPAÇO 48 "")A

foi isso que pude entender, mais nenhum site mostrava exemplos para melhor entendimento, queria saber qual a diferença de ambos na questão em banco?

Ficou um pouco difícil descrever minha dúvida.

  • Não sei se você viu, mas ontem complementei minha resposta, e agora há pouco dei outra melhorada nela. Inicialmente eu não tinha reparado na discrepância dos resultados que você mostrou, mas agora acredito que a resposta esclareça sua dúvida. – bfavaretto 26/03/15 às 13:26
28

A principal diferença de funcionalidade é que o COALESCE aceita n argumentos, retornando o primeiro com valor não NULL entre eles. O ISNULL só aceita dois argumentos, um possivelmente NULL, e outro para retornar se o primeiro for NULL.

Por exemplo, isto só dá para fazer com COALESCE:

SELECT COALESCE(col1, col2, col3, col4) AS valor;

Isso seleciona o primeiro valor que não seja nulo entre as quatro colunas passadas. Acredito que essa diferença você já conheça. No seu exemplo você só passa um argumento, então sob esse aspecto não há diferença entre usar uma função ou a outra. Mas é sempre bom lembrar que COALESCE faz parte do padrão da linguagem SQL, enquanto o ISNULL não faz.

Outra diferença (que é a que importa para a sua pergunta): o ISNULL retorna o tipo do seu primeiro argumento, enquanto o COALESCE retorna o tipo de maior precedência entre os passados. Os resultados estranhos que você mostra no screenshot são uma combinação disso com o efeito do NULLIF, que, segundo a documentação (grifo meu):

NULLIF returns the first expression if the two expressions are not equal. If the expressions are equal, NULLIF returns a null value of the type of the first expression.

Ou seja, o NULL que ele retorna é tipado (nunca imaginei isso) com base no tipo do primeiro argumento. Em todos os exemplos, seria um CHAR(3), VARCHAR(3) ou algo do tipo. Isso força o cast do segundo argumento do ISNULL para o mesmo tipo. No caso do valor número, o tipo é incompatível e o resultado é *.

  • Boa tarde bfavaretto. Obrigado pela resposta, Foi bem o que eu queria saber. Tipado eis o motivo – Ariel 27/03/15 às 19:49
  • Pois é, é bem estranho. Estou acostumado com linguagens onde NULL é a única instância de um tipo próprio, não sabia que em SQL havia múltiplos tipos de NULL. Mas faz sentido ser assim, pensando na maneira como as funções da linguagem operam. – bfavaretto 27/03/15 às 19:53
  • 1
    Tem uma diferença de performance entre as funções quando você passa uma subquery para verificação ex: select coalesce((select max(id) from produtos), 0), neste caso o ISNULL tem um ótimo ganho de performance. – Tiago Oliveira de Freitas 18/11/15 às 16:23
  • 2
    @TiagoOliveiradeFreitas Fui pesquisar mais e achei este artigo, talvez te interesse. – bfavaretto 19/11/15 às 12:40

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.