3

Vasculhei todo o site do Azure e encontrei diversas informações divergentes sobre a moeda utilizada na cobrança.

Na calculadora diz:

Importante: o preço em reais (R$) é apenas uma referência. Esta é uma transação internacional e, como tal, seu preço está sujeito a taxas de câmbio e à inclusão de impostos como IOF. Não será emitida uma eNF.

Na página http://azure.microsoft.com/pt-br/pricing/faq/ existe um tópico que diz que a moeda R$ pode ser utilizada.

Sendo assim, os serviços cobrados pelo azure são em dólar ou reais?

8

Quando você contrata um serviço por $100,00 por exemplo e a cotação do dólar está em R$3,15 como hoje, você irá pagar R$315,00.

Se na próxima fatura a cotação do dólar baixar para R$2,50 e a sua contratação ainda for de $100,00 você pagará R$250,00.

Você contrata em dólar, mas paga em real se você assim escolher.

Acho que é isto que o site do Azure quer dizer com a utilização da moeda em real.

Utilizamos a azure assim aqui na empresa. Com a variação do dólar o valor em reais também varia.

  • Mesma prática da AWS, que pena! Fica difícil manter um serviço que você não sabe quanto vai pagar no final do mês, obrigado Richard – Alexandre 25/03/15 às 16:55
  • 3
    Se você quer um pagamento em real que não dependa da variação do dólar, tente pegar um servidor nacional. Assim você tem mais segurança em relação a quanto irá pagar. – Richard Dias 25/03/15 às 17:41
  • 3
    O ultimo comentário do Richard diz tudo, o serviço é americano, a culpa não é do AWS ou Azure, a questão é cambio, isto é uma questão de que cada país tem sua moeda e o mercado sempre muda, mesmo aqui no Brasil, hoje 100 reais podem valer bastante e amanhã não valer muito, o numero não muda, mas o "mercado" sim. – Guilherme Nascimento 14/05/15 às 19:23
2

Microsoft Azure possui tabela de preços em REAIS aqui no Brasil.

Mas quando vai cobrar no seu cartão (se for esse seu métodos de pagamento) irá pegar o valor em REAL, e converter para DOLARES no cambio do dia.

Isso porque, o Banco Central do Brasil, não permite que empresas estrangeiras façam cobrança em moeda nacional.

Exemplo:

Sua conta deu R$ 50,00 no final de um mês. O dólar no dia do crédito no cartão estava a R$ 3,2510. A Microsoft irá cobrar no seu cartão 50,00 / 3,2510 = US$ 15.38

AÍ, sua operador de cartão de crédito irá fazer o oposto, mas no dia do vencimento da fatura:

Microsoft te cobrou US$ 15.38 O dólar no dia do vencimento da fatura estava R$ 3,2865 A operadora do cartão irá cobrar de você 15.38 x 3,2865 = R$ 50,55

AÍ, o governo vem babando e te lasca um imposto chamado IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) no valor de 6,38%, e te cobra na mesma fatura R$ 55,55 * 0,0638 = R$ 3,23

No final, um serviço que a Microsoft te cobrou R$ 50,00, por causa do Banco Centra e dos impostos do nosso governo, você irá pagar R$ 53,78

Simples né? :)

=> No final, a Microsoft irá te cobrar em DOLARES.

0

A informação correta é esta mesmo, os valores em R$ no site do Azure são apenas como referências e sim você será cobrado com base na taxa do dólar do dia + IOF caso esteja pagando no cartão, PORÉM existem algumas alternativas que podem te ajudar a ter um maior controle dos gastos ou reduzir alguns custos sem alterar a arquitetura do seu ambiente já desenvolvido.

1 - Caso hoje você esteja no modelo PAYG (pay-as-you-go) e pagando pelo cartão de crédito a lógica de pagamento é a mencionada acima, porém você pode requisitar para pagar via INVOICE o que ao menos fará com que você não tenho o custo de IOF, ou seja, uma redução de 6,38% na sua fatura simplesmente entrando em contato com o suporte de Billing e solicitando para pagar via Boleto/Invoice. Para abrir um tiket para o time de Billing basta fazê-lo pelo Portal do Azure ou ainda utilizar este link http://support.microsoft.com/oas/?prid=15470&ln=en-us

2 - A outra alternativa será mudar o modelo da sua conta de PAYG para o modelo OPEN, onde no modelo OPEN ao invés de você pagar a fatura após o uso você compra os créditos em unidades correspondentes a US$100 e consegue acompanhar diretamente pelo Painel do Azure, caso tenha necessidade de incluir mais créditos e incluí-lo na sua conta. Para efetuar tal compra basta entrar em contato com qualquer Revenda Microsoft. Observação: Vale lembrar que neste modelo todos os impostos voltados à serviços online já serão cobrados e ainda você terá uma NF, coisa que não existe no modeloo PAYG por você estar pagando diretamente para a Microsoft Corp.

3 - Ainda existe a opção de contratos por volume, ou também conhecido como EA, onde basicamente é feita uma projeção do seu consumo no período de 1 ano e é efetuado um contrato para este período de forma ré-paga. Desta forma o cliente não sofre com as variações cambiais e ainda conta com algumas vantagens no gerenciamento de multiplas assinaturas e controle de gastos. Para maiores informações basta liga para o 0800 que aparece no site http://azure.microsoft.com/ que o time que os atender irá ajudá-los a precificar, montar todo o projeto e colocá-los em contato com as empresas que vazem este tipo de contrato.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.