1

Preciso de ajuda com isso, eu ja fiz as funções que encriptão e desencriptão, ele encripta normal, porem, na hora da desencriptação ele com certeza não faz o processo corretamente.

O erro e o seguinte: para encriptar eu acho que ele encripta corretamente eu ate fiz um pritf ali pra ver o resultado e como ele ta controlando os arrays, porem na hora de desencriptar ele come uma letra da senha, e diz que tem um caractere á mais no arquivo, alem do indice da senha ir de 1 à 8 sendo que eu acho que deveria ir de 0 à 7 como na encriptação.

segue um "Log" doque acontece:

    ESSE E O LOG DELE ENCRIPTANDO
    O---------------------------------------O
    |     WELCOME TO ENCRYPTION SYSTEM      |
    |---------------------------------------|
    | 1 - Encrypt file                      |
    | 2 - Decrypt file                      |
    | 0 - Quit                              |
    O---------------------------------------O
    o--> 1
    Please, enter password: Senha123
    Enter the name of the source file: test.txt
    The source file will be encrypted in the target file.
    Enter the target file name: enc
    File chars: 15
    Password chars: 8
    char: �[15] - encrypted: � - password: S[0]
    char:  [14] - encrypted: � - password: e[1]
    char: z[13]  - encrypted:  - password: n[2]
    char: t[12] - encrypted: # - password: h[3]
    char: n[11] - encrypted: 0 - password: a[4]
    char: e[10] - encrypted: i - password: 1[5]
    char: W[9]  - encrypted: v - password: 2[6]
    char:  [8]  - encrypted: � - password: 3[7]
    char: s[7]  - encrypted: 9 - password: S[0]
    char: o[6]  - encrypted: + - password: e[1]
    char: i[5]  - encrypted: ( - password: n[2]
    char: c[4]  - encrypted: 4 - password: h[3]
    char: i[3]  - encrypted: 5 - password: a[4]
    char: n[2]  - encrypted: ` - password: 1[5]
    char: i[1]  - encrypted: d - password: 2[6]
    char: V[0]  - encrypted: v - password: 3[7]



    ESSE E O LOG DELE DESECRIPTANDO
    O---------------------------------------O
    |     WELCOME TO ENCRYPTION SYSTEM      |
    |---------------------------------------|
    | 1 - Encrypt file                      |
    | 2 - Decrypt file                      |
    | 0 - Quit                              |
    O---------------------------------------O
    o--> 2
    Please, enter password: Senha123
    Enter the name of the source file: enc
    The encrypted file will be dencrypted in the target file.
    Enter the target file name: dec
    File chars: 16
    Password chars: 8
    char: �[16] - decrypted:  - password: [8]
    char: �[15] - decrypted: � - password: 3[7]
    char: �[14] - decrypted: � - password: 2[6]
    char: �[13] - decrypted: � - password: 1[5]
    char: �[12] - decrypted: � - password: a[4]
    char: �[11] - decrypted: � - password: h[3]
    char: �[10] - decrypted: � - password: n[2]
    char: �[9] - decrypted: � - password: e[1]
    char: �[8] - decrypted:  - password: [8]
    char: �[7] - decrypted: � - password: 3[7]
    char: �[6] - decrypted: � - password: 2[6]
    char: �[5] - decrypted: � - password: 1[5]
    char: �[4] - decrypted: � - password: a[4]
    char: �[3] - decrypted: � - password: h[3]
    char: �[2] - decrypted: � - password: n[2]
    char: �[1] - decrypted: � - password: e[1]
    char: �[0] - decrypted:  - password: [8]

segue a explicação:

Algoritmo 1 – Algoritmo de encriptação de texto Deve ser desenvolvido um programa para encriptar e decriptar arquivos de texto. O programa deve solicitar ao usuário o nome do arquivo com o texto a ser encriptado, o nome do arquivo de destino do texto encriptado, e uma palavra-chave para a encriptação. Com essas informações o programa deve criar o segundo arquivo contendo o texto encriptado. Este mesmo programa deve fazer a decriptação do arquivo de texto. O programa deve solicitar ao usuário o nome dos arquivos de origem (texto encriptado) e destino (texto puro) e a palavra-chave que foi utilizada na encriptação, o programa deve gerar o arquivo de destino contendo o texto puro (decriptado).

Protocolo de encriptação: Dado uma palavra-chave qualquer (e de qualquer tamanho), o programa deve ler do arquivo de texto blocos de texto (vetor) do tamanho dessa palavra-chave, o vetor deve ser invertido e calculado um deslocamento em cima de cada elemento do bloco de texto, a quantidade a ser deslocada deve ser o número ASCII do elemento correspondente na palavra-chave, deve ser utilizado apenas os caracteres imprimíveis da tabelas ASCII, que vão de -127 +127 (ou 0-255).

Exemplo: Texto exemplo: Este e um texto exemplo qualquer! Palavra-chave: “Senha123”

tamanho da palavra-chave: 8, logo serão lidos blocos de dados de 8 em 8. ex: “Este e u”, o bloco deve ser invertido, ex: “u e etsE”, e calculado o deslocamento da palavra-chave, no caso: 83, 101, 110, 104, 97, 49, 50, 51.

A partir dessa informação deve-se aplicar o deslocamento em cima de cada elemento do bloco de texto, por exemplo, o bloco de texto (já invertido) “u e etsE” possui os seguintes códigos ASCII: 117, 32, 101, 32, 101 ,116, 115, 69. Agora basta somar o deslocamento com os códigos do bloco de texto, exemplo: 83+117, 101+32, 110+101, 104+32, 97+101, 49+116, 50+115, 51+69. Isso é igual à: -55, -122, -44, -119, -57, -90, -90, 120. Logo o texto encriptado deve ficar parecido com este: “ɆԉǦ\A6x]”. Observe que eu disse parecido, e não idêntico, pois como os caracteres apresentado não são padrões, a exibição gráfica deles deve variar de sistema operacional para sistema operacional.

Essa operação deve ser desfeita através da função de decriptar no mesmo programa, que basicamente fará o processo inverso.

Segue os codigos das funções que fazem a encriptação e a desencriptação:

ENCRIPTA

    #include "encryptEngine.h"
    void encrypt(FILE* sourceFile, FILE* encryptedFile, char* password) {
      char* sourceFileName = malloc(sizeof(char) * MAX_FILE_LENGTH);
      char* encryptedFileName;

      setPassword(password);
      setFileName(sourceFileName);
      if((sourceFile = fopen(sourceFileName, "r")) != NULL) {
        encryptedFileName = malloc(sizeof(char) * MAX_FILE_LENGTH);
        setEncryptedFileName(encryptedFileName);
      } else {
        fileErrorHandler("notExist");
      }

      int index, indexPass;
      char auxiliary, encryptedChar;

      rewind(sourceFile);
      fseek(sourceFile, 0L, SEEK_END);
      printf("File chars: %d\n", ftell(sourceFile));
      printf("Password chars: %d\n", sizeof(password));
      if((encryptedFile = fopen(encryptedFileName, "w")) != NULL) {
        indexPass = 0;
        index = ftell(sourceFile);
        while(index >= 0L){
          fseek(sourceFile, index, SEEK_SET);
          auxiliary = fgetc(sourceFile);
          encryptedChar = 255 - (password[indexPass] + auxiliary);
          printf("char: %c[%d] - encrypted: %c - password: %c[%d]\n", auxiliary, index, encryptedChar, password[indexPass], indexPass);
          fprintf(encryptedFile, "%c", encryptedChar);
          indexPass++;
          if(indexPass == sizeof(password)) {
            indexPass = 0;
          }
          index--;
        }
        printf("\n");
      } else {
        fileErrorHandler("fileName");
      }
      fclose(sourceFile);
      fclose(encryptedFile);
      free(sourceFileName);
      free(encryptedFileName);
    }

DESENCRIPTA

    #include "decryptEngine_new.h"
    void decrypt(FILE* encryptedFile, FILE* decryptedFile, char* password) {
      char* encryptedFileName = malloc(sizeof(char*) * MAX_FILE_LENGTH);
      char* decryptedFileName;

      setPassword(password);
      setFileName(encryptedFileName);
      if((encryptedFile = fopen(encryptedFileName, "r")) != NULL) {
        decryptedFileName = malloc(sizeof(char*) * MAX_FILE_LENGTH);
        setDecryptedFileName(decryptedFileName);
      } else {
        fileErrorHandler("notExist");
      }

      int index, indexPass;
      char auxiliary, decryptedChar;

      rewind(encryptedFile);
      fseek(encryptedFile, 0L, SEEK_END);
      printf("File chars: %d\n", ftell(encryptedFile));
      printf("Password chars: %d\n", sizeof(password));
      if((decryptedFile = fopen(decryptedFileName, "w")) != NULL) {
        indexPass = sizeof(password);
        index = ftell(encryptedFile);
        while(index >= 0L) {
          fseek(encryptedFile, index, SEEK_END);
          auxiliary = fgetc(encryptedFile);
          decryptedChar = (255 - auxiliary) - password[indexPass];
          printf("char: %c[%d] - decrypted: %c - password: %c[%d]\n", auxiliary, index, decryptedChar, password[indexPass], indexPass);
          fprintf(decryptedFile, "%c", decryptedChar);
          indexPass--;
          if(indexPass == 0) {
            indexPass = sizeof(password);
          }
          index--;
        }
        printf("\n");
      } else {
        fileErrorHandler("fileName");
      }
      fclose(encryptedFile);
      fclose(decryptedFile);
      free(encryptedFileName);
      free(decryptedFileName);
    }

Ficaria muito feliz com uma ajuda, ou ate mesmo uma dica, não quero a resposta para o problema pois gosto de fazer por min mesmo, porem, estou a 3 dias com o problema.

  • Próxima vez tente criar uma versão reduzida do seu problema ao invés de postar o arquivo inteiro. Com um programa menor é muito mais fácil de debugar. Sem contar que tirando todos os detalhes de leitura de arquivo, etc, fica bem mais fácil de outras pessoas reproduzirem seu bug e que também não sei se seu professor vai achar legal que você está postando o código do dever de casa na internet de onde seus colegas podem copiar :) – hugomg 25/03/15 às 17:17
  • Relaxa amigo, vai não, isso e so uma parte do codigo, e errado por sinal :) – lambda 25/03/15 às 18:03
3

Antes de mais nada, veja a observação de hugomg a respeito da forma de calcular o tamanho da senha. Deveria ser strlen(password) e não sizeof(password).

Seu problema está na forma como você está tratando os limites dos intervalos (no caso da senha com certeza, e muito provavelmente no caso do arquivo também). Quando você encripta:

indexPass++;
if(indexPass == sizeof(password)) {
    indexPass = 0;
}

Você garante que indexPass jamais seja igual a sizeof(password) [quando ele for usado], no máximo 1 a menos que ele. E como ele começa (e recomeça) do zero, então o intervalo sendo usado de fato é:

[0, sizeof(password)[

Já quando você decripta:

indexPass--;
if(indexPass == 0) {
    indexPass = sizeof(password);
}

Você garante que ele jamais seja igual a zero, no máximo 1 a mais, e você começa e recomeça de sizeof(password):

]0, sizeof(password)]

A consequência você já deve imaginar: o primeiro caractere da senha nunca é usado, e o terminador nulo (\0) no final da senha às vezes é usado (que no caso de uma cifra de Vigenère significa que o caractere ficará inalterado).

De todo modo, isso é irrelevante, pois pelo modo como você está implementando o algoritmo não é necessário percorrer a senha "de trás pra frente" - se o primeiro caractere da mensagem foi combinado com o primeiro caractere da chave, o primeiro caractere da cifra deve ser combinado também com o primeiro caractere da chave... De modo que na sua função de decifragem você deve usar o mesmo loop para percorrer a senha que você usou no processo de cifragem.

(e se você fosse mesmo percorrer tudo de trás pra frente, ainda restaria o problema do padding - a menos que o tamanho do arquivo fosse múltiplo do tamanho da senha, apenas parte dela seria usada perto do final do arquivo. Complicando ainda mais sua implementação...)

Quanto ao problema do arquivo, eu não tenho experiência suficiente com o C para dizer com certeza, mas muito provavelmente é da mesma natureza: o fseek(encryptedFile, index, SEEK_END) coloca a posição - no meu entender - não no seu último byte, mas 1 além dele (de novo, pela convenção dos intervalos fechados no início e abertos no final). Além disso, uma olhada rápida nos seus códigos mostrou um uso inconsistente de SEEK_END e SEEK_SET (não sei se é proposital, como falei tenho pouca experiência prática com C).

Encripta:

  while(index >= 0L){
      fseek(sourceFile, index, SEEK_SET);

Desencripta:

  while(index >= 0L) {
      fseek(encryptedFile, index, SEEK_END);

Sugiro dar uma conferida nisso.

  • Obrigado pelo resposta meu amigo, ela me ajudou muito, e eu percebi outra coisa que eu estava fazendo errado, no enunciado fala que e para eu inverter um bloco do tamnaho da senha e encripar, e assim por diante, eu estou reimplementando aqui, muito obrigado e um grande abraço – lambda 25/03/15 às 18:00
2

Um erro que você tem no seu código é que sizeof(password) não contém o número de letras da senha. Ele vai ser o tamanho do ponteiro, que provavelmente vai ser sempre 4.

Em C você deve sempre passar o tamanho dos seus vetores como um parâmetro separado.

  • Nossa, nem percebi esse detalhe! Em todo caso, quando se usa strings terminadas por nulo [como entrada] não vejo muita necessidade de usar um parâmetro separado - strlen deve bastar. (o mais engraçado é que por coincidência o AP usou uma senha de 8 letras numa arquitetura de 64 bits... :P) – mgibsonbr 25/03/15 às 17:23
  • 1
    Você está certo mas em geral é melhor testar se o caracter atual é nulo ao invés de usar strlen. Um erro muito comum é botar um strlen dentro dum loop pra ver se "chegou no final", o que acaba sendo muito ruim para performance (strlen precisa varrer a string inteira toda vez que você chame) – hugomg 25/03/15 às 17:31
  • Olha obrigado pela resposta, eu li que daria para usar o sizeof no password, porque ele é um ponteiro, não sei se esta certo. – lambda 25/03/15 às 17:58
  • É justamento o contrário do que te falaram. Dá pra usar o sizeof em um array que você referencia diretamente mas assim que você converte esse array para um ponteiro ou passa o array para alguma outra função você perde a informação do tamanho do array original. – hugomg 25/03/15 às 18:02

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.