2

Caros, tenho um sistema onde o usuário (com permissão de desenvolvimento) pode programar algumas rotinas online, para serem executadas dentro do sistema, sem a necessidade de criar arquivo e chamar via require / include.

Para executar essa função, faço uso do create_function, mas o problema é que, ao criar essa função dentro de um loop por exemplo, ocorre o erro "cannot redeclare class xxxx".

Se for criada a rotina assim: class aaa{/codigo/}

E eu fizer um loop para execução:

for ($i = 1; $i <= 5; $i++) {
  $funcao = create_function('', $codigoLidoDoBD);
  $funcao();
}

O erro ocorre, pois mesmo tendo nome de função diferente, a classe aaa já foi declarada e registrada em algum lugar :S

Obs: Poderia usar o class_exists em cada classe, mas são muitas para alterar...

Obs2: As vezes, mesmo declarando o create_function fora do loop e chamando só a $funcao(), o erro ocorre também.

Alguém sabe como resolver?

  • Quem define o nome da classe é o sistema ou o usuário? – Papa Charlie 18/03/15 às 18:56
  • 5
    Isto será um pesadelo de manutenção e segurança. – Maniero 18/03/15 às 18:56
  • @PapaCharlie quem define é o próprio usuário. – Diogo 19/03/15 às 19:35
  • @bigown não é não, pq o local onde essas funções e classes são definidas é protegido por grupos de segurança e tals.. o que preciso ainda fazer é determinar quando e como a rotina pode ser executada.. – Diogo 19/03/15 às 19:41
2

A não ser que você crie um parser para antes de realmente executar o código validado você terá problemas.

A inclusão dinâmica de código sem regras ou interfaces proporciona diversos problemas e riscos.

O que você poderia fazer é testar a compatibilidade do código antes de executá-lo com com block try..catch

Outra possibilidade é adicionar namespaces dinâmicos assim, mas mesmo se funcionar é uma péssima prática.

Outro ponto é sempre tentar compilar essas inclusões em arquivos e usar esse arquivo ao invés de puxar do banco. Claro, alterando o banco a compilação é executada novamente e caso haja um erro você pode alertar o usuário e não concretizar a compilação,

Espero que ajude.

1

Minha proposta seria renomear a classe para evitar o carregamento e colisão entre duas ou mais classes com o mesmo nome. Faria um <textarea> onde o usuário possa cadastrar todas as funções da classe que deseja.

// <textarea>

// functions
public function myname()
{
    echo 'Papa Charlie';
}

public function myage()
{
    echo 'Quase 33 :)';
}

Na hora que o usuário submeter o formulário, você cria o nome da classe usando como referência o nome do usuário - ou seu ID - e garante que não haverá colisão com os nomes.

$content = 'class UserFulanoDeTal_ID_User
{
    ' . $_GET['myfunctions'] . '
}';

Quando for gravar $content no seu DB, já estará renomeada. Quando for carregar basta usar o USER NAME e o USER ID do usuário para invocar a classe e suas funções.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.