3

Criei a seguinte estrutura no SQL Server:

relação

Usando o EntityFramework com Code-First as classes ficaram dessa forma:

[Table("Master")]
public class Master
{
    [Key]
    [DatabaseGenerated(DatabaseGeneratedOption.None)]
    public int Id { get; set; }
}

[Table("Child")]
public class Child
{
    [Key]
    [DatabaseGenerated(DatabaseGeneratedOption.Identity)]
    public int Id { get; set; }

    public string Description { get; set; }

    [ForeignKey("Master")]
    public int? MasterId { get; set; }
    public virtual Master Master { get; set; }
}

Veja que MasterId por ser nulo (int?).

Ainda assim, setando a Foreign key criada em Child para não deletar em cascata (setando No Action) esperava que ao tentar excluir um registro em Master, que já tenha sido relacionado na Child, gerasse uma Exception.

Atentando para o fato de eu ter removido as convenções de deleção em cascata:

public class DataContext : DbContext
{
    public DataContext()
        : base("Data Source=(local); Initial Catalog=TestFK; Integrated Security=True")
    {
        this.Configuration.LazyLoadingEnabled = false;
        this.Configuration.ProxyCreationEnabled = false;
    }

    protected override void OnModelCreating(DbModelBuilder modelBuilder)
    {
        modelBuilder.Conventions.Remove<OneToManyCascadeDeleteConvention>();
        modelBuilder.Conventions.Remove<ManyToManyCascadeDeleteConvention>();
        base.OnModelCreating(modelBuilder);
    }

    public DbSet<Master> Masters { get; set; }
    public DbSet<Child> Childs { get; set; }
}

Delete with No Acton

Então testei isso esperando receber uma Exception, mas não ocorreu:

class Program
{
    static void Main(string[] args)
    {
        using (var ctx = new DataContext())
        {
            ctx.Masters.Add(new Master { Id = 22 });
            ctx.Childs.Add(new Child { Description = "Teste 1", MasterId = 22 });
            ctx.SaveChanges();

            var versao = ctx.Masters.SingleOrDefault(x => x.Id == 22);
            if (versao != null)
            {
                ctx.Masters.Remove(versao); // <-- esperava que isso geraria uma exception
                ctx.SaveChanges();
            }
        }
    }
}

Do contrário, o registro foi excluído e o valor em Child foi setado como null.

select em master após o processo

select em child após o processo

Como forçar essa Exception?
Faltou alguma configuração? É um comportamento padrão?


Para concluir, a operação sendo feita diretamente no banco de dados retorna uma Exception, como esperado.

Operação feita manualmente

5
  • Porque é que quer que o MasterId possa ser null? – ramaral 18/03/15 às 16:08
  • Olá @ramaral! Bom, claro que esse é apenas um pequeno exemplo em relação ao meu real problema. E MasterId em Child pode ficar um bom tempo ou até nunca receber uma referência de Master, – Severo 18/03/15 às 16:11
  • Aí está a resposta à sua pergunta. O EntityFramework comporta-se assim porque, quando indica que MasterId pode ser nulo, você está indicando que quer filhos sem pais. O EntityFramework não tem como adivinhar que você só quer isso em algumas situações. – ramaral 18/03/15 às 16:32
  • @ramaral, entendi. Mas isso deve ter alguma forma de se contornar, já que não é o comportamento padrão do SQL Server. Conforme acabei de atualizar a pergunta mostrando que manualmente é gerado uma exceção. – Severo 18/03/15 às 16:38
  • Estranho! Não vejo porque o comportamento seja diferente. – ramaral 18/03/15 às 16:51

1 Resposta 1

2

É um comportamento padrão?

É. Repare que seu Master (o registro pai) pode ser nulo no filho (é chamado de "registro órfão"), portanto não haveria motivo para gerar exceção já que seu banco permite esta exclusão. O que o Entity Framework faz é arrumar os registros pra você de forma a assegurar consistência relacional.

Neste caso, levantar exceção seria uma regra de negócio:

class Program
{
    static void Main(string[] args)
    {
        using (var ctx = new DataContext())
        {
            ctx.Masters.Add(new Master { Id = 22 });
            ctx.Childs.Add(new Child { Description = "Teste 1", MasterId = 22 });
            ctx.SaveChanges();

            var versao = ctx.Masters.SingleOrDefault(x => x.Id == 22);

            if (ctx.Childs.Any(c => c.MasterId == versao.Id)) {
                throw new Exception("Não é possível excluir registro pai que tenha filhos.");
            }

            // Comentei porque SingleOrDefault dá exceção quando o registro vem nulo, 
            // então esse condicional não faz muito sentido.
            // if (versao != null)
            // {
                ctx.Masters.Remove(versao); // <-- esperava que isso geraria uma exception
                ctx.SaveChanges();
            // }
        }
    }
}

Sobre a exceção

O Entity Framework primeiro define MasterId em Child como null antes de excluir Master porque conhece o relacionamento e sabe que tem ali uma chave estrangeira.

6
  • Pelo o que entendi, apesar do "No Action", o EntityFramework ignora e assume um "Set Null". Não existe uma forma de contornar isso no Banco? Pergunto, apesar de você já ter dito que a solução é na aplicação. Preciso assegurar isso pelo banco de dados também. – Severo 18/03/15 às 16:30
  • No banco dá pra fazer por trigger, mas fica dependente de tecnologia. O ideal é resolver via regra de negócio. Tem gente que não vai gostar do que eu vou dizer, mas a regra poderia ser resolvida num Controller ou num Helper. – Leonel Sanches da Silva 18/03/15 às 16:41
  • 1
    Ok! Obrigado pela ajuda! – Severo 18/03/15 às 16:46
  • Cigano, viu a alteração à pergunta? Consegue dar uma explicação para isso? – ramaral 18/03/15 às 16:53
  • @ramaral, setar null é do próprio EntityFramework. – Severo 18/03/15 às 16:55

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.