1

Tenho um sistema de diretorios no banco

ex tabela diretorio:

id
parentDirID

parent dir quer dizer q é um subdiretorio.

Como ficaria então no sistema a função de "copiar" diretorios? mover diretorios seria apenas atualizar o parentDirID, entao iria apenas mudar de lugar pela logica. E para copiar um diretorio com subdiretorios? pois se eu gerar um diretorio novo com id diferente, os subdiretorios do antigo não vao apontar para o novo, e eu tambem não posso criar um ID igual pois ficaria errado. Qual a solução? inserir a descrição da imagem aqui

  • Coloque o código/modelo para para um para vermos como está fazendo e entender melhor qual é o problema. Talvez seu problema seja outro. Talvez você esteja modelando errado, um diretório não deveria depender da localização do sei pai. – Maniero 18/03/15 às 15:03
  • @bigown ,mas é exatamente assim que está o sistema aqui. Se o parentDir for nulo, então é raiz, se tiver algo ele é filho do mesmo. – War Lock 18/03/15 às 15:46
  • Eu continuo dizendo que você precisa colocar mais informações do seu código/modelo. – Maniero 18/03/15 às 15:47
  • @bigown acabei de postar um print,o mesmo é apenas uma tabela pra diretorio, o resto é arquivos, mas em relação a arquivos esta tudo ok ora copiar e mover, pois nao depende de filhos, mas pra diretorio so consegui mover. – War Lock 18/03/15 às 15:58
  • Isto não mostra o que você está colocando. Eu não sei quais informações vão aí. Não sei o que é esse REFERENCIA. No meu entendimento mudar o PARENT de um diretório não deveria invalidar os diretórios que apontam para esse diretório como seu PARENT. Não vejo porque faria isto. Mas se está fazendo você precisa mostrar. É a última tentativa de obter informações relevantes antes de eu desistir. – Maniero 18/03/15 às 16:02
1

Um diretório copiado é um novo diretório, portanto precisa de um novo Id. Isso vale para os filhos também - também será criado um novo diretório para cada filho, portanto cada um precisa de um novo Id.

Conteúdo original da tabela (a indentação é para evidenciar subdiretórios):

id 1 - pastaA - parentDirID: null
    id 2 - pastaB - parentDirID: 1
        id 3 - pastaC - parentDirID: 2

id 4 - pastaD - parentDirID: null
    id 5 - pastaE - parentDirID: 4
        id 6 - pastaF - parentDirID: 5

Agora copiaremos a pastaE para baixo de pastaB.

Serão gerados novos diretórios pastaE e pastaF, portanto novos Ids. Conteúdo da tabela depois da cópia:

id 1 - pastaA - parentDirID: null
    id 2 - pastaB - parentDirID: 1
        id 3 - pastaC - parentDirID: 2
        id 7 - pastaE - parentDirID: 2
            id 8 - pastaF - parentDirID: 7

id 4 - pastaD - parentDirID: null
    id 5 - pastaE - parentDirID: 4
        id 6 - pastaF - parentDirID: 5

Conclusão

Ao mover um diretório, apenas muda-se o seu parent ID.

Ao copiar um diretório, um diretório novo é criado, portanto precisa de um novo ID. Também é criado um diretório novo para cada subdiretório, e cada um destes subdiretórios novos apontam o seu parent ID para o novo Id do pai recém criado.

Quanto aos arquivos, também serão criados novos numa cópia, portanto também receberão novos Ids e novos parent Ids.

Outra opção de modelagem

A sua modelagem atual pode ser bastante difícil de manter. Eu faria assim:

Diretorios
id - caminho 
 1 - pastaA
 2 - pastaA/pastaB
 3 - pastaA/pastaB/pastaC

Arquivos
id - id_diretorio
 1 - 1
 2 - 1
 3 - 2

É mais simples - não tem hierarquia de registros, vai poupar bastante código e simplificar a leitura do conteúdo da tabela.

  • No caso aqui vou ter que aplicar o modelo atual, pois o sistema ja esta quase concluido,então eu aplico uma função recursiva pra resolver isso e ja era. vlw – War Lock 18/03/15 às 16:43

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.