5

Toda vez que executo o programa preciso chamar uma biblioteca especifica, que no caso é /home/usuario/Programas/weka-x-x-x/weka.jar, porém toda vez que executo o programa, tenho que incluir o seguinte comando java -cp /home/usuario/Programas/weka-x-x-x/weka.jar para que as bibliotecas sejam executadas.

Gostaria de saber como faço para que essa biblioteca esteja inclusa por padrão no CLASSPATH, encontrei este comando no Stack Overflow:

export CLASSPATH="dir1;dir2;path/to/jar/containing/AnotherClass;... porém o mesmo não funcionou.

  • Você tá fazendo uso de alguma IDE? – mutlei 16/03/15 às 18:24
  • Não, uso linha de comando. – pmargreff 16/03/15 às 18:28
4

Definir bibliotecas sem alterar o Java

Não é recomendável definir um classpath global. Pode causar efeitos colaterais indesejados em outros programas.

Para evitar repetição, crie um arquivo shell script contendo os comando que você precisa, use o chmod para definir permissões de execução para o arquivo e use o novo "executável" ao invés de chamar o Java diretamente quando precisar.

Usando a variável CLASSPATH

Se ainda assim quiser definir um classpath global, o correto é usando a variável de ambiente CLASSPATH. Porém, troque o ponto-e-vírgula por dois-pontos na separação de diretórios, como a seguir:

export CLASSPATH="dir1:dir2:path/to/jar/containing/AnotherClass:...

O ponto-e-vírgula é usado em ambientes Windows enquanto os dois-pontos é usado em ambientes Unix/Linux.

Além disso, se quiser que a variável de ambiente esteja presente em todas as sessões do linux, mesmo após a reinicialização do sistema, você vai precisar adicionar o comando export em algum script de inicialização.

Alterando a instalação do Java

Como observado nesta resposta do SOen, você pode colocar o jar na pasta ext da instalação do Java:

JAVA_HOME/jre/lib/ext

Mais uma vez, não aconselho fazer isso. Mesmo bibliotecas muito comuns às vezes podem gerar conflitos. Por exemplo, algum projeto mais antigo pode depender de uma versão mais antiga do mesmo jar usado por uma aplicação mais nova.

  • Mas não tenho como incluir essa biblioteca como padrão no Java para simplesmente não precisar mais me referenciar a ela? Faço algo parecido no NetBeans, apenas incluindo na biblioteca padrão o arquivo jar. – pmargreff 17/03/15 às 10:44
  • @pmargreff NetBeans é um editor, ele simplesmente vai adicionar automaticamente a biblioteca no classpath em cada execução. Não considero correto adicionar nenhuma biblioteca diretamente na instalação do Java, pois pode causar efeitos colaterais em outros programas, mas vou atualizar a resposta em como você pode fazer isso. – utluiz 17/03/15 às 15:29
  • 1
    Ok, irei considerar sua sugestão, obrigado pela resposta. – pmargreff 17/03/15 às 19:07

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.