5

Me deparei com o método casefold, e até onde eu percebi ele faz exatamente a mesma coisa que o lower. Tem algum exemplo da diferença entre os dois? E a utilidade desse método casefold?

2 Respostas 2

5

A diferença é que cada um usa um algoritmo distinto para fazer suas conversões (apesar de muitas vezes darem o mesmo resultado).

Segundo a documentação, lower faz o seguinte:

Return a copy of the string with all the cased characters [4] converted to lowercase

E o [4] acima é um link para a definição de "cased character":

Cased characters are those with general category property being one of "Lu" (Letter, uppercase), "Ll" (Letter, lowercase), or "Lt" (Letter, titlecase).

E como essas categorias abrangem vários caracteres (não apenas ASCII, ver mais informações sobre essas categorias aqui, aqui e aqui), lower converte qualquer caractere Unicode que esteja nestas categorias para sua versão em minúscula, caso exista (se não existir, o mesmo caractere é retornado). Por exemplo, a letra grega Δ (Delta maiúsculo, code point U+0394, portanto um caractere não-ASCII), funciona perfeitamente com lower:

s = 'Δ'

print(s.lower())
print(s.casefold())
print(s.lower() == s.casefold())

O código acima imprime:

δ
δ
True

Repare que casefold também deu o mesmo resultado de lower. Isso vai acontecer para muitos caracteres, mas existe uma diferença. A documentação diz que casefold é similar a lower, porém é mais "agressivo" ao eliminar "all case distinctions".

E esta é a diferença: o algoritmo usado por cada um. A documentação diz que casefold usa o algoritmo de casefolding, e lower usa o algoritmo de lowercasing, ambos descritos pelo Unicode.


A diferença

As documentações de ambos os métodos citam a seção 3.13 do Unicode. Se verificarmos o respectivo documento, veremos a diferença entre eles.

O algoritmo em si é bem complicado, com definições que se estendem por várias páginas, mas o ponto é que os algoritmos de lowercasing e casefolding usam regras diferentes. Claro que para muitos casos o resultado é o mesmo, mas existem diferenças importantes que justificam a existência desses dois métodos distintos.

Um caso clássico é o caractere ß (LATIN SMALL LETTER SHARP S), que não é modificado por lower por já ser uma letra minúscula (ele faz parte da categoria "Letter, lowercase"), mas é modificado por casefold (o resultado é ss):

s = 'ß'
print(s.islower()) # True
print(s.lower()) # ß
print(s.casefold()) # ss

O fato de usar um algoritmo diferente (e mais complicado) faz com que casefold nem sempre retorne caracteres minúsculos. Por exemplo, para o caractere (CHEROKEE LETTER QUV), que é uma letra maiúscula, casefold retorna sua versão em maiúscula:

s = 'Ꮛ'
print(s.isupper()) # True (é maiúscula)
# casefold retorna a versão maiúscula do caractere
print(s.upper() == s.casefold()) # True
print(s.lower() == s.casefold()) # False

Estas são as diferenças. Dependendo do seu cenário, elas podem ou não serem revelantes (por exemplo, se está lidando apenas com textos em português, lower é mais que suficiente).

Vale lembrar que a documentação do Python diz que "Casefolded strings may be used for caseless matching" (casefold pode ser usado para comparações case insensitive), enquanto que na documentação de lower não há menção a isso (mas novamente, dependendo do caso, lower pode ser usado sem problemas para tal finalidade).

O documento do Unicode também diz algo similar:

the main purpose of case folding is to contribute to caseless matching of strings, whereas the main purpose of case conversion is to put strings into a particular cased form.

Ou seja, casefolding é o mais recomendado para comparações case insensitive, enquanto os outros algoritmos (lowercasing, uppercasing, etc) são mais apropriados para converter a string para uma determinada forma (e novamente, claro que dependendo do caso, lowercasing já seja suficiente).

Enfim, o importante é saber as diferenças, e se/como isso afetará os seus sistemas.

1
  • 2
    A Seção 5.18 (Case Mappings) do Unicode também traz mais detalhes interessantes.
    – sourcream
    7/03 às 16:43
1

lower() foi criado nas primeiras versões de Python e está preparando para fazer a operação em um texto em ASCII (Fonte). Em nenhum momento está dito aqui que só funciona com ASCII, com Unicode o resultado poderá não ser o esperado.

A evolução levou as pessoas usarem Unicode já que permite combinações mais complexas e pode trabalhar com muito mais formas de formar palavras e ter letras. Para fazer operações em texto que considerem Unicode precisa de funções que consigam entender isto, sem quebrar a compatibilidade com o que já existia. Para isto foi criada a casefold().

Então você tem que saber qual é o formato que está usando o seu texto e considerar se faz diferença usar um ou outro de acordo com as regras de cada cultura.

Exemplo onde não faz diferente porque a função básica entender o ASCII estendido e depois quando usa caractere que não faz parte do ASCII:

print("FORMATAÇÃO".lower())
print("FORMATAÇÃO".casefold())
print("der Fluß".lower())
print("der Fluß".casefold())

Veja funcionando no ideone. E no repl.it. Também coloquei no GitHub para referência futura.

18
  • 3
    Ambos os métodos conseguem lidar com Unicode. "Γ".lower() é igual a "Γ".casefold(). A real diferença é que lower implementa o algoritmo toLowercase e casefold o algoritmo toCasefold, ambos especificados no capítulo 3.13 do padrão Unicode. Em linhas gerais, casefold vai mexer com mais caracteres do que lower (e o exemplo com ß revela justamente uma caso onde isso ocorre), mas não há uma divisão ASCII/Unicode propriamente dita.
    – sourcream
    7/03 às 11:19
  • 3
    a documentação do lower (que você já citou na sua resposta) e do casefold dizem exatamente isso que eu falei: The lowercasing /casefolding algorithm is described in section 3.13 of the Unicode Standard. O link para o capítulo 3.13 está no meu comentário anterior e lá você poderá encontrar os algoritmos. E você não citou fonte do que você afirmou.
    – sourcream
    7/03 às 13:34
  • 3
    "ß".lower() não funciona porque ß já é uma letra minúscula. A versão maiúscula é ẞ e "ẞ".lower() funciona normalmente (e essa é mais uma evidência de que não tem nada a ver essa história de um servir para ASCII e o outro para Unicode). Não é da minha cabeça, é o que está descrito na documentação oficial.
    – sourcream
    7/03 às 16:03
  • 2
    "Casefolding is similar to lowercasing but more aggressive..." e "The lowercasing/casefolding algorithm is described in section 3.13 of the Unicode Standard". Se você ler a seção 3.13 do Unicode (leia, é curta), verá que são algoritmos diferentes para propósitos diferentes, o que acaba deixando o casefold "mais agressivo", mas, de novo, não é porque um é ASCII ou Unicode.
    – sourcream
    7/03 às 16:09
  • 3
    Sua resposta sugere que lower é para ASCII e casefold para Unicode. Isso está errado, pois a diferença está nos algoritmos e não no charset. A explicação dos algoritmos e suas diferenças está na Seção 3.13 do Unicode (está em inglês, se não entender, sugiro usar um tradutor). Outro erro foi usar uma letra já minúscula no seu exemplo. Veja também a resposta mais votada.
    – sourcream
    7/03 às 16:17

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.