2
function returnvalue($namearr,$exec){
    $result="";
    foreach($namearr as $arr => $value) {
        $regex = '<.* name="'. $value .'".*>';
        if (preg_match($regex,$exec,$result1) === false) {
            $result4=" FALSO OFFSET MORE HIGHER THAN SUBJECT " . "<br />";
        } else if (preg_match($regex,$exec,$result1) == 0) {
            $result4=" VOID" . "<br />";
        } else  {
            preg_match('/value="[\w]+"/i',$result1[0],$result2);
            $result3 = preg_replace('/value="/i',"",$result2[0]);
            $result4 = substr($result3,0,-1);
        }
        $result.= $value." : ".$result4 . "<br />";
    }
return $result;
}

$exec recebe: <input name="fb_dtsg" value="AQHF4anP9ASw" autocomplete="off" type="hidden">

$namearr recebe: fb_dtsg

O código todo acima é para simplesmente retornar o value do input. Eu já testei com outros names (ao invés de fb_dtsg, coloquei outro) e me retornou o valor correto.

Acontece que aqui, está retornando algo como: mag_glass, na verdade, o retorno esperado é: AQHF4anP9ASw. Só que retorna algo totalmente diferente, na verdade, o que retorno nem existe no $exec.

Acredito que seja um retorno do preg_match, mas procurei saber mais sobre o mag_glass e não achei nada.

Obs1: $exec recebe mais coisas além do o que mostrei aqui, mas para fins de organização coloquei apenas a parte que importa.

Obs2: fiz o teste a mão com regexr, para ver se chegava até o valor correto, e chegou, mas nesta função apenas para o name fb_dtsg o valor é diferente.

  • 1
    Esse mag_glass deve existir em alguma outra parte do texto/html que você está analisando. Tem como criar um exemplo funcional disto? Por exemplo no Ideone. – stderr 14/03/15 às 23:40
  • 1
    na verdade sim, seria este: <input name="init" id="init" value="mag_glass" type="hidden">, mas descarto possibilidade, já que ele não se encaixa na minha regex.. – Alexandre C. Caus 15/03/15 às 0:24
  • 1
    minha regex fica essa: <.* name="fb_dtsg".*>, para mim, não teria como encaixar, já que o name tem que ser obrigatoriamente aquele definido na regex.. – Alexandre C. Caus 15/03/15 às 0:28
  • 1
    Ele deve ser válido em algum dos ifs ou no else. – stderr 15/03/15 às 0:28
  • 1
    se válido em qualquer if ou else, ele imprimiria outro valor, mas defato existe o mag_glass como value no documento, mas veja minha regex que postei acima, faria sentido marcar no documento o value como mag_glass? – Alexandre C. Caus 15/03/15 às 0:29
1

Para este caso, há duas soluções: usar regex (mais complicado e menos indicado), ou um parser de HTML (mais simples e o mais indicado). Ambas estão detalhadas abaixo.


Regex

O HTML completo não foi colocado, mas baseado nos comentários acima, consegui simular o problema com este exemplo:

$namearr = array('name' => 'fb_dtsg');
$html = '<input name="init" id="init" value="mag_glass" type="hidden"><input name="fb_dtsg" value="AQHF4anP9ASw" autocomplete="off" type="hidden">';
echo returnvalue($namearr, $html);

Repare que o "HTML" tem duas tags input, sendo que a primeira tem o value="mag_glass", e a segunda tem o name="fb_dtsg".

O que acontece é que primeiro você usa preg_match para verificar se existe algum name igual a "fb_dtsg". No caso, existe, e por isso o código cai no último else da função. E dentro deste else você chama outro preg_match procurando pelo value. O problema é que o preg_match por default sempre começa a verificar desde o início da string (veja a documentação, especialmente a parte que fala sobre o parâmetro offset).

Ou seja, sua função segue esta lógica:

  • tem name="fb_dtsg" em algum lugar da string?
  • se tiver, procura por value="..." em algum lugar da string

O problema ocorre se tivermos mais de um input, pois os 2 passos acima são independentes, no sentido de que ambos fazem sua busca desde o início da string, sem saber do contexto geral (cada busca acima sai procurando na string pelo trecho que quer, sem saber se este trecho pertence ao mesmo input que foi encontrado pelo outro).


Sendo assim, uma opção para resolver o problema seria:

function returnvalue($namearr,$exec){
    foreach($namearr as $arr => $name) {
        $reg_name = 'name="'. $name .'"';
        $reg_value = 'value="([^"]+)"';
        $regex = "/<input[^>]+(?|{$reg_name}[^>]+{$reg_value}|{$reg_value}[^>]+{$reg_name})/";
        $result = preg_match($regex, $exec, $matches);
        if ($result === false) {
            $value =" FALSO OFFSET MORE HIGHER THAN SUBJECT " . "<br />";
        } else if ($result == 0) {
            $value =" VOID" . "<br />";
        } else {
            $value = $matches[1];
        }
        $result.= $name." : ".$value . "<br />";
    }
    return $result;
}

$namearr = array('name' => 'fb_dtsg');
$html = '<input name="init" id="init" value="mag_glass" type="hidden"><input name="fb_dtsg" value="AQHF4anP9ASw" autocomplete="off" type="hidden">';
echo returnvalue($namearr, $html);

Primeiro eu criei duas sub-expressões para o name e o value. Para o nome, a expressão será name="nome_que_foi_passado_para_a_função". No caso acima, será literalmente name="fb_dtsg".

Para o valor, a expressão é value="([^"]+)". Ou seja, a string value=", seguida de [^"]+. O trecho [^"] é uma classe de caracteres negados, e no caso significa qualquer caractere que não seja ". E o quantificador + significa "uma ou mais ocorrências". Ou seja, eu quero que o value=" seja seguido de um ou mais caracteres que não sejam aspas - assim eu pego tudo que tiver ali dentro, menos as aspas de fechamento.

Este trecho está entre parênteses, assim eles formam um grupo de captura, cujo valor eu posso recuperar depois, como fiz com $matches[1] - como é o primeiro par de parênteses da regex, então é o primeiro grupo de captura, por isso usei o índice 1.

Em seguida, eu monto a regex completa. Repare que em PHP a regex deve ter delimitadores (neste caso, são as barras, mas outros caracteres também são aceitos). Na sua regex você não estava usando as barras, o que quer dizer que os caracteres < e > estavam funcionando como delimitadores (eles não fazem parte da regex em si - nesse caso "funcionava" por coincidência, mas é importante salientar que os delimitadores só servem para indicar que entre eles tem uma regex, mas eles não fazem parte da expressão em si).

Um detalhe é que a regex possui explicitamente <input, pois é a tag que você quer capturar. Ao usar .*, você diz que a regex pode pegar qualquer coisa, pois esta expressão significa "zero ou mais ocorrências de qualquer caractere".

A regex usa alternância (o caractere |, que significa ou), para cobrir duas possibilidades: o name pode estar tanto antes quanto depois do value (já que em HTML eu posso ter esses atributos em qualquer ordem). Sendo assim, a estrutura geral da regex é:

  • a string <input, seguida de [^>]+ (um ou mais caracteres que não sejam o >, assim eu garanto que a regex não "invadirá" outras tags)
  • a alternância a seguir segue o formato (?|name[^>]+value|value[^>]+name). Ou seja, o name pode estar tanto antes quanto depois do value, e entre eles eu tenho [^>]+ para garantir que a regex não sairá da tag
  • eu uso (?| que indica um branch reset. Fiz isso porque a expressão do value tem um grupo de captura, mas como ela aparece duas vezes na regex, isso criaria dois grupos (e eu teria que fazer um if para saber se foi o grupo 1 ou 2 que foi encontrado). Mas como cada grupo está em uma das alternativas (e só uma delas pode dar match por vez), eu posso usar o branch reset, que eles sempre serão o grupo 1.

A saída é:

1fb_dtsg : AQHF4anP9ASw<br />

Note também que não precisa chamar preg_match duas vezes seguidas, como você fez nos dois primeiros if's. Chame uma vez e guarde o retorno, e pronto.

Outro detalhe é que esta regex só dará match se o value tiver alguma coisa. Caso queira pegar também os casos de value="", basta trocar o + por *:

$reg_value = 'value="([^"]*)"';

Pois o asterisco significa "zero ou mais ocorrências".


Parser de HTML

Usar regex para fazer parsing de HTML não é o ideal (leia mais sobre isso aqui). Para casos mais simples, pode até funcionar (mesmo que neste caso, embora o HTML seja simples, a regex não é), mas neste caso eu acho bem mais simples usar uma API específica para HTML, como por o exemplo o DOMDocument. Veja como ficaria para encontrar os input's:

$dom = new DOMDocument;
$dom->loadHtml($html);
$xpath = new DOMXPath($dom);
$name = "fb_dtsg";
foreach($xpath->query('//input[@name="'. $name. '"]') as $input){
    echo $input->getAttribute('value');
}

No caso, ele procura todos os campos input que possuem o nome indicado, e pegam o seu respectivo valor.

Esta solução não só é mais simples, como também trata de vários casos que a regex acima deixa passar.

Por exemplo, se o input estiver dentro de comentários:

<!--
<input name="fb_dtsg" value="AQHF4anP9ASw" autocomplete="off" type="hidden">
-->

Nesse caso, a regex encontra o match mesmo assim (veja), já o DOMDocument ignora os comentários corretamente. E fazer uma regex para detectar se o input está dentro de um comentário é bem complicada (você teria que juntar a regex acima com algo parecido com isso, por exemplo) e na minha opinião não vale a pena.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.