2

Em uma determinada consulta sendo ela 1 para N, ou seja "um para muitos" a documentação da Microsoft recomenda dividir a consulta utilizando AsSplitQuery() ou realizando a configuração globalmente a fim de evitar problemas de performance.

Porém, podemos observar que no final do artigo, é apresentado alguns pontos negativos dessa abordagem, principalmente:

Cada consulta atualmente implica um ida e volta de rede adicional para seu banco de dados. Várias viagens de ida e volta de rede podem prejudicar o desempenho, especialmente onde a latência para o banco de dados é alta (por exemplo, serviços de nuvem).

Então fiz um teste, realizando uma consulta com o operador AsSplitQuery() e sem o operador, e para minha surpresa, a consulta sem o operador foi 10ms mais rápida.

Então, me pergunto:

  • Devemos realmente sempre usar o argumento AsSplitQuery()?
  • Quando usar?
  • Quando não usar?

Abaixo trago detalhes do meu desenvolvimento:

  • Model's

    public class SuportRequests
    {
        [Key]
        public int? Id { get; set; }

        [Required]
        public StatusEnum Status { get; set; }

        [Required]
        public DateTime DataCad { get; set; }

        [Required]
        public CriticidadeEnum Criticidade { get; set; }

        [Required]
        public string Solicitante { get; set; }

        [Required]
        public TipoEnum Tipo { get; set; }

        [Required]
        public string Descricao { get; set; }

        [Required]
        public bool Prioritario { get; set; }

        [Required]
        public AtividadesEnum DesempAtividades { get; set; }

        [Required]
        public string Titulo { get; set; }

        [Required]
        public string CnpjEmpresa { get; set; }

        public IList Mensagens { get; set; }

        public IList Anexos { get; set; }

        public DateTime DataAtendimento { get; set; }

        public DateTime DataAtendimentoFim { get; set; }
    }


    public class SuportRequestsFiles
    {    
        [Key]
        public string FileName { get; set; }

        public string RandomFileName { get; set; }

        public DateTime DateModificacao { get; set; }

        public int Tamanho { get; set; }

        public string Tipo { get; set; }

        [Key]
        [ForeignKey("Suport")]
        public int IdMensagem { get; set; }

        [JsonIgnore]
        public SuportRequests Suport { get; set; }
    }

  • Consulta gerada SEM AsSplitQuery()

SELECT `s`.`Id`, `s`.`CnpjEmpresa`, `s`.`Criticidade`, `s`.`DataAtendimento`, `s`.`DataAtendimentoFim`, `s`.`DataCad`, `s`.`Descricao`, `s`.`DesempAtividades`, `s`.`Prioritario`, `s`.`Solicitante`, `s`.`Status`, `s`.`Tipo`, `s`.`Titulo`, `s0`.`FileName`, `s0`.`IdMensagem`, `s0`.`DateModificacao`, `s0`.`RandomFileName`, `s0`.`Tamanho`, `s0`.`Tipo`
FROM `Suport` AS `s`
LEFT JOIN `SuportFiles` AS `s0` ON `s`.`Id` = `s0`.`IdMensagem`
ORDER BY `s`.`Id`, `s0`.`FileName`

  • Consulta gerada COM AsSplitQuery()

SELECT `s`.`Id`, `s`.`CnpjEmpresa`, `s`.`Criticidade`, `s`.`DataAtendimento`, `s`.`DataAtendimentoFim`, `s`.`DataCad`, `s`.`Descricao`, `s`.`DesempAtividades`, `s`.`Prioritario`, `s`.`Solicitante`, `s`.`Status`, `s`.`Tipo`, `s`.`Titulo`
FROM `Suport` AS `s`
ORDER BY `s`.`Id`


SELECT `s0`.`FileName`, `s0`.`IdMensagem`, `s0`.`DateModificacao`, `s0`.`RandomFileName`, `s0`.`Tamanho`, `s0`.`Tipo`, `s`.`Id`
FROM `Suport` AS `s`
INNER JOIN `SuportFiles` AS `s0` ON `s`.`Id` = `s0`.`IdMensagem`
ORDER BY `s`.`Id`

Podemos verificar que o argumento AsSplitQuery() gera duas consultas, consequentemente gerando dois eventos de I.O no banco de dados.

Porém o questionamento ainda continua, é benéfico ou o argumento AsSplitQuery() deve ser usado com cuidado?

3
  • isso é tudo muito vago, é preciso ver a query no banco, o execution plain, index, etc... não existe uma pergunta unica, depende de muitas coisas.. chegou a analisar as duas queries com as ferramentas de análise do banco para entender a diferença? Commented 17/01/2022 às 17:49
  • @RicardoPontual vou fazer uma atualização na perguntando, colocando os models e os dois tipos de consulta que obtive como retorno. Não cheguei a analisar com ferramentas de banco de dados mas avaliei elas no output do visual studio. Commented 17/01/2022 às 21:40
  • boa, com a estrutura da pra ter uma ideia melhor :) Commented 17/01/2022 às 22:22

1 Resposta 1

0

O objetivo do AsSplitQuery() é evitar a chamada explosão cartesiana.

Explico:

Imagine o seguinte cenário: 1 universidade possuí N professores e M alunos .

Faríamos a seguinte query no EF Core:

DbSet<Universidade>()
.Include(t => t.Professores)
.Include(t => t.Alunos)
.ToList();

Vamos assumir que a universidade tenha 20 professores (N) e 600 alunos (M).

O cálculo para descobrir quantas linhas (rows) vamos retornar do banco é 1 x N x M -> 1 * 20 * 600 = 12000

Aí você pergunta: como isso é possível? Como um join com 20 registros e outro com 600 podem virar 12000?

A resposta está em como bancos de dados relacionais funcionam: joins em bancos relacionais produzem produtos cartesianos.

Exemplo:

1 universidade fazendo join com 3 professores e 5 alunos

u - universidade | p - professor | a - aluno

{u} x {p1, p2, p3} x {a1, a2, a3, a4, a5} = 
{up1a1, up1a2, up1a3, up1a4, up1a5, 
up2a1, up2a2, up2a3, up2a4, up2a5, 
up3a1, up3a2, up3a3, up3a4, up3a5}

Você percebe que toda vez que faz um join one-to-many a entidade principal fica repetida? Isso é a explosão cartesiana.

O AsSplitQuery() evita esse comportamento rodando essas queries separadamente, então ao invés de 1 * N * M você tem 1 + N + M que no nosso caso seria 1 + 20 + 600 = 621. Bem melhor que as 12000 linhas.

DbSet<Universidade>()
.Include(t => t.Professores)
.Include(t => t.Alunos)
.AsSplitQuery()
.ToList();

"Mas minha query foi mais rápida sem o AsSplitQuery!"

No seu exemplo especifico, você tem 1 support com N SupportFiles.

O cálculo sem o AsSplitQuery seria 1 * N e o cálculo com o AsSplitQuery seria 1 + N.

Vamos supor que 1 Support tenha 10 SupportFiles

Sem o AsSplitQuery - 1 * 10 = 10 - 1 ida ao banco.

Com o AsSplitQuery - 1 + 10 = 11 - 2 idas ao banco.

Então, nesse caso, a utilização do AsSplitQuery é maléfica, pois além de bater uma outra vez no banco, é trazido 1 registro a mais do que quando não utilizamos o AsSplitQuery.

"Existe um cenário onde um simples one-to-many, igual ao exemplo acima, se beneficiaria do AsSplitQuery?"

Sim, existe. Lembra que eu comentei que num join, a entidade principal se repete pela quantidade de registros do join? Imagine que a entidade principal, nessse caso, Support, tenha colunas muito grandes, com textos enormes ou blobs (arquivos binários). O join vai repetir essa entidade principal N vezes, e fazer essas colunas pesadas e repetidas serem trafegadas pela rede, podendo aumentar o tempo pra fazer o download da resposta do banco. Nesse caso, usar o AsSplitQuery e retornar 1 Support numa chamada e depois + 10 SupportFiles poderia ser benéfico.

Mas, lembre-se: se tratando de performance, suposições e opiniões não contam; medições sim.

Você deve fazer log-in para responder a esta pergunta.

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag .