7

Recentemente a Microsoft lançou o .NET 6, e com ele chegou uma "novidade" que me deixou um pouco confuso: as aplicações console têm um código base bem mais "mínimo".

Por exemplo, antes do .NET 6, esse era o código padrão ao criar uma aplicação de Console:

using System;
using System.Collections.Generic;
using System.Linq;

namespace MyApp // Note: actual namespace depends on the project name.
{
    public class Program
    {
        public static void Main(string[] args)
        {
            Console.WriteLine("Hello World!");
        }
    }
}

Após a atualização, o código é agora:

// See https://aka.ms/new-console-template for more information
Console.WriteLine("Hello, World!");

Ainda é possível criar métodos dentro deste "arquivo de script", usar diretivas de using e outras funções do código padrão.

Mas eu não entendi por que ela fez isso. Por que uma empresa encurtaria o código de seu framework?

1 Resposta 1

5

Na verdade não é só nas aplicações do tipo console, pode ser de todos os tipos, claro que esse tipo ficou mais curto que as outras que precisam inicializar um framework.

Há uma tendência geral de facilitar para quem está entrando no mercado, e até de simplificar o que pode ser simplificado. C# está competindo com linguagens de script, então ela tem que parecer um pouco mais simples, mantendo todo potencial que tinha antes. Por alguma razão as pessoas acham que escrever um pouco menos de código torna a linguagem melhor, mesmo em aplicações grandes.

De fato quando C# é usada como script isso é vantajoso, e já tem quem usa, principalmente usando um Notebook. Para aplicações a vantagem real é pequena

Na verdade a pergunta deveria ser "por que alguém não encurtaria seu código se puder?". Código curto é mais fácil de ler, costuma ser mais expressivo e mais fácil de dar manutenção. Assusta menos para quem está acostumado com linguagens menos cerimoniosas. Antes não podia tanto quanto agora.

Havia um mito que C# precisava ser muito verboso, o que nunca foi verdade, mas era um pouco, agora compete com qualquer linguagem em boa parte dos cenários. Se quiser mais simplificação aí tem que ir para F# que até códigos mais complexos continua tão ou mais curto que as linguagens de script.

Usando isso como exemplo instrui as pessoas usarem assim, mostra que quem não quer fazer código curto está usando fora do padrão.

Na verdade o padrão do Visual Studio é esse aí, mas dá para fazer um código mais simples ainda (depende de criar um outro template ou ter um arquivo extra de configuração global):

Write("Hello World!");

Coloquei no GitHub para referência futura. Não dá para colocar nos IDEs online porque elas não estão preparadas para isto ainda.

Um exemplo de código para web (dá pra tirar o WebApplication igual fiz acima):

var app = WebApplication.CreateBuilder(args).Build();
app.MapGet("/", () => "Hello World");
app.Run();

Isso é todo o código, não é só um trecho.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.