4

Estou estudando as diferenças entre Array e ArrayList em Java e notei que a última não pode ser iniciada usando int. Por exemplo, o código abaixo roda normalmente:

import java.util.ArrayList;

public class Main {
    public static void main(String [] args) {
        ArrayList<Integer> MyArray = new ArrayList<Integer>();
        MyArray.add(1);
        MyArray.add(2);
        MyArray.add(3);
    }
}

Mas se eu trocar Integer por int, o código deixa de funcionar.

Por outro lado, com Arrays isso não ocorre, já que o código abaixo funciona com Integer ou int:

import java.util.ArrayList;

public class Main {
    public static void main(String [] args) {
        Integer[] MyArray = {1,2,3};
    }
}

Por que a diferença?

1 Resposta 1

4

Integer é um tipo por referência, e int é um tipo por valor. Veja mais sobre C# que é igual, só mais flexível (veja mais). Tem algo em Java.

O Java começou com essa diferença e depois quando veio o tipo genérico fizeram uma implementação que funciona bem, se tiver um ponteiro sendo usado, ou seja, só o tipo por referência é aceito facilmente.

Java escolheu ter generics só em tempo de compilação, então complica dar uma flexibilidade.

É muito mais fácil a linguagem lidar com tudo de forma linear, especialmente sobre o gerenciamento de memória, já que tipo por referência em Java (e C#) sempre vai no heap, e tipo por valor vai na stack (isso vai mudar). Misturar isso não é tão simples, mas possível.

É possível colocar um tipo por valor se a linguagem desejar, mas não é fácil fazer quando a linguagem começou diferenciando isso de forma tão grande.

De fato eles estão prometendo que o tipo por valor seja cidadão de primeira classe e possa ser usado em todo lugar, assim como o C# faz desde a primeira versão. Mas não estão conseguindo acertar tudo sem quebrar compatibilidade por causa desse começo. A decisão inicial foi equivocada (eu falo sempre que Java está se esforçando bastante para ser uma excelente linguagem, mas o começo ela não era tão boa e agora paga o preço por esse começo "ruim").

O array é especial para a linguagem, ele não usa o sistema de genericidade da linguagem, o tipo é genérico controlado pelo compilador, até porque tem isso desde o começo, os tipos genéricos para as coleções de biblioteca só vieram na versão 5. E justamente por ser possível você criar seus próprios tipos e não ser da linguagem, precisava de um mecanismo diferente.

Em design de linguagem, quando você começa errado pode nunca conseguir consertar o problema, ou pode ser bem difícil, a não ser que aceite quebrar a compatibilidade de tudo que já existe.

Poderiam ter feito o genérico ser melhor desde a versão 5? Poderiam, mas teriam que consertar tanta coisa que só sairia na versão 10, e o C# ganhando terreno em cima, não dava para esperar, melhor alguma coisa que nada.

Pode ajudar: Qual diferença entre Boolean e boolean?

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.