1

A herança é dita que uma subclasse herda todos os métodos de uma super classe. Mas ao fazer

class Soma{
    private double total;
    public void setSoma(double s1, double s2)
    {
        total = s1+s2;
    }
    public double getSoma()
    {
        return total;
    }
}

import java.util.Scanner;

class Calculos extends Soma{
    public static void main(String[] args)
    {
        double v1, v2;
        Scanner insere = new Scanner(System.in);
        System.out.print("Digite o primeiro valor: ");
        v1 = insere.nextDouble();
        System.out.print("Digite o segundo valor: ");
        v2 = insere.nextDouble();
        setSoma(v1, v2);
        System.out.printf("O resultado da soma é %.2f", getSoma());
    }
}

Dá erro pois a subclasse não consegue manipular os métodos da superclasse de forma direta. Então como seria?

  • Dê uma olhada no tour. Você pode aceitar uma resposta se ela resolveu seu problema. Você pode votar em todos os posts do site também. Alguma lhe ajudou mais? Precisa que algo seja melhorado? – Maniero 15/07/15 às 17:12

2 Respostas 2

2

Aquilo que julgo que você pretende, neste caso, não tem nada a haver com herança.

O que você quer é usar a classe Soma, para isso é necessário criar uma instância dela com o operador new, tal como você fez quando necessitou de utilizar a classe Scanner.

O código será assim:

public static void main(String[] args)
{
    double v1, v2;
    Scanner insere = new Scanner(System.in);
    Soma soma = new Soma();

    System.out.print("Digite o primeiro valor: ");
    v1 = insere.nextDouble();
    System.out.print("Digite o segundo valor: ");
    v2 = insere.nextDouble();
    soma.setSoma(v1, v2);
    System.out.printf("O resultado da soma é %.2f", soma.getSoma());
}

Herança é outra coisa, ela é usada quando você quer estender(daí o Java utilizar o operador extends) as capacidades de uma classe, mantendo as da classe herdada.

Suponha que você quer uma classe que faça somas e subtrações. Como você já tem uma classe que faz somas cria uma nova que extends dela:

class Calculos extends Soma{

    private double total;
    public void setSubtracao(double s1, double s2)
    {
        total = s1-s2;
    }
    public double getSubtracao()
    {
        return total;
    }
}

Agora, a classe Calculos, tem acesso, não só aos métodos declarados nela, mas também aos da classe Soma:

Calculos calculos = new Calculos();

calculos.setSoma(10.5,15.5)
double soma = calculos.getSoma();

calculos.setSubtracao(20.5,10.5);
double subtracao = calculos.getSubtracao();
2

Não se deve usar herança desta forma. Na verdade é herança é algo ruim e só deve ser usada em último caso, quando ela se prova mais benéfica que as dificuldades que sua implementação traz. Sempre é melhor usar composição.

Mas eu entendo que você está apenas tentando fazer um teste com herança.

Tem algumas formas de fazer isto mas você realmente não pode acessar métodos de instância no método estático diretamente. Só é possível fazer isto instanciando a própria classe. Aí você pode acessar qualquer membro através do objeto instanciado.

Também separei o instanciamento da execução. Assim fica mais organizado mesmo que isto não seja necessário para funcionar. Note que no método executa() eu pude chamar normalmente qualquer membro, mesmo os herdado porque este método é de instância e não estático. O ramaral deu um exemplo na resposta dele sem precisar criar um método extra mas usa a mesma solução de instanciar a classe para acessar os membros.

Assim funciona:

import java.util.Scanner;

public class Calculos extends Soma {
    public static void main(String[] args) {
        Calculos calculo = new Calculos();
        calculo.executa();
    }
    public void executa() {
        double v1, v2;
        Scanner insere = new Scanner(System.in);
        System.out.print("Digite o primeiro valor: ");
        v1 = insere.nextDouble();
        System.out.print("Digite o segundo valor: ");
        v2 = insere.nextDouble();
        setSoma(v1, v2);
        System.out.printf("O resultado da soma eh %.2f", getSoma());
    }
}

Veja funcionando no ideone. E no repl.it. Também coloquei no GitHub para referência futura.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.