6

Estou tentando fazer um mock de um método static, porém o PowerMock obriga a utilização de um Runner (PowerMockRunner) específico para o mock static funcionar!

E para o Demoiselle funcionar é preciso iniciar o Weld com o DemoiselleRunner, mas a API do JUnit só aceita um único Runner.

@RunWith(PowerMockRunner.class) //DemoiselleRunner.class
@PrepareForTest(Fabrica.class)
public class MeuBCTest {

    @Inject
    private PrimeiroBC primeiroBC; //Não injeta com o PowerMockRunner
    private SegundoBC segundoBC;

    @Before
    public void setUp() {
        primeiroBC = Mockito.spy(primeiroBC);
        segundoBC = Mockito.mock(SegundoBC.class);
    }

    @Test
    public void testCamposObrigatoriosComSucesso() {

        PowerMockito.mockStatic(Fabrica.class);
        PowerMockito.when(Fabrica.createSegundoBC()).thenReturn(segundoBC);

        primeiroBC.fazerAlgo(); //Internamente este método chama o Fabrica.createSegundoBC() para executar outra operação.

        //verificações

    }
}

Inicialmente pensei em criar meu próprio Runner estendendo do PowerMockRunner e adicionando o Weld como é feito no DemoiselleRunner.

Há alguma configuração no Demoiselle ou PowerMock para não precisar criar um outro Runner?

2

Nunca usei o Demoiselle Framework. No entanto, a dificuldade com múltiplos Runners não é incomum e ocorre com outros frameworks.

Uma solução é usar o PowerMockRule. Segundo a documentação:

Desde a versão 1.4 é possível iniciar o PowerMock usando uma regra do JUnit (JUnit Rule) ao invés do PowerMockRunner e da anotação RunWith. (tradução livre)

Exemplo de uso:

@RunWith(DemoiselleRunner.class)
@PrepareForTest(Fabrica.class)
public class MeuBCTest {

     @Rule
     PowerMockRule rule = new PowerMockRule();

     ...

}
  • Funcionou em parte... ainda foi preciso adicionar a annotatio @PowerMockIgnore({"org.mockito.*"}) na classe por conta de um bug (groups.google.com/forum/#!topic/powermock/RUpBz4ufG-w). – user3297199 11/02/14 às 18:45
  • @user3297199 Mas depois de adicionar essa anotação o teste foi executado com sucesso? – utluiz 11/02/14 às 18:48
  • Ainda não por conta do PowerMock, aparentemente o ele roda os testes numa thread separada de onde o Demoiselle inicia o Weld. O CDI não está funcionando. Tem alguma dica? – user3297199 11/02/14 às 18:56
  • Com relação à frequência de commits do Demoiselle, o projeto está no Github faz um bom tempo e não mais no SVN do SF.net. Você encontra os dados atualizados aqui: github.com/demoiselle/framework/network – zyc 17/12/14 às 13:56
  • @zyc Avaliei o framework no final de 2013 e na época não encontrei referências ao GitHub. Na verdade este não foi o único motivo para não tê-lo usado. Estou acessando o site oficial do framework agora e há várias informações desatualizadas. Gastei uns 20 minutos para descobrir algo sobre as últimas releases e nem consegui acessar o guia Quickstart na documentação. É mesmo preciso navegar nos diretórios do SourceForge para encontrar essas informações? – utluiz 17/12/14 às 14:40
0

Já tive um caso com Arquilian, e usei o PowerMockRule também, mas neste caso não foi usado o Runner do Demoiselle. No Demoiselle seguimos a orientação do JUnit que é estender BlockJUnit4ClassRunner. Se não funcionar com o PowerMockRule talvez a solução seja, como você comentou, criar o seu próprio Runner. Quem sabe não pode criar um DemoiselleRunnerPowerMock? E caso não tenha sucesso sozinho em criar pode abrir um caso em: frameworkdemoiselle.gov.br

OBS: O utluiz comentou que desistiu do Demoiselle por causa da frequências dos commits. Sua analise foi no repositório do GitHub? Pois não estamos mais usando o SVN do SourceForge depois da versão 2.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.