5

Estou com um erro persistente em meu código. Meu objetivo é achar o caminho em um labirinto montado em uma matriz com um algoritmo do tipo branch and bound. Segue o código:

FILE *ent;
FILE *saida;
int NL;
int temp;
char c;
struct labirintos{
    int **lab;
};
struct labirintos *vetor;
int resolveLab(int **lab, int altura, int largura, int alturaInicial, int larguraInicial, int possibilidades);

int main() {
//declarações e abertura de arquivos
ent = fopen("ent.txt", "r"); //ent= fopen (argv[1], "r");
saida = fopen("sai.txt", "w"); //saida= fopen (argv[2], "w");

//ler arquivo de entrada e declarações
int i, j, k, largura = 0, altura = 0, larguraInicial = 0, alturaInicial = 0, possibilidades = 0;
fpos_t position;
char isCharacter;

fscanf(ent, "%d", &NL);
vetor = malloc(NL*sizeof(struct labirintos));
fprintf (saida, "%d\n", NL);
for(i = 0; i < NL; i++){
    fscanf(ent, "%d %d", &largura, &altura);
    fprintf (saida, "%d %d\n", largura, altura);
    //alocando o labirinto
    vetor[i].lab = malloc(altura*sizeof(int*));
    for(j = 0; j < altura; j++)
        vetor[i].lab[j] = malloc(largura*sizeof(int));        
    //salvando arquivo no lab
    for(k = 0; k < altura; k++){
        for(j = 0; j < largura; j++){
            fgetpos (ent, &position);
            fscanf(ent, "%c", &isCharacter);
            if(isalpha(isCharacter)){
                    vetor[i].lab[k][j] = 5;
                    fgetpos (ent, &position);
                    alturaInicial = k;
                    larguraInicial = j;
            }
            else{
                fsetpos(ent, &position);
                fscanf(ent, "%d ", &temp);
                vetor[i].lab[k][j] = temp;
                if (temp == 0)
                    possibilidades++;
            }
            fprintf(saida, "%d ", vetor[i].lab[k][j]);
            printf("%d ", vetor[i].lab[k][j]);
        }
        fprintf(saida, "\n");
        printf("\n");
    }
    printf("resultado: %d \n", resolveLab(vetor[i].lab, altura, largura, alturaInicial, larguraInicial, possibilidades));
    printf("\n");
}
fclose(ent);
fclose(saida);
return 0;
}

//funcao resolve lab
int resolveLab(int **lab, int altura, int largura, int alturaInicial, int larguraInicial, int possibilidades){
struct passo{
     int altura, largura, tentativas;
};

int j = larguraInicial, k = alturaInicial, i = 0, resolvido = 0, tentativaAtual = 0;
struct passo vetor[possibilidades*3];
if(k == 0 || k == altura || j == 0 || j == largura)
    resolvido = 1;
while(!resolvido){
    if(tentativaAtual < 4){
       if(lab[k][j+1] == 0){
            lab[k][j] = 1;
            lab[k][j+1] = 5;
            vetor[i].altura = k;
            vetor[i].largura = j++;
            vetor[i].tentativas = 1;
        }
        else if(lab[k+1][j] == 0){
            lab[k][j] = 1;
            lab[k+1][j] = 5;
            vetor[i].altura = k++;
            vetor[i].largura = j;
            vetor[i].tentativas = 2;
          }
        else if(lab[k][j-1] == 0){
            lab[k][j] = 1;
            lab[k][j-1] = 5;
            vetor[i].altura = k;
            vetor[i].largura = j--;
            vetor[i].tentativas = 3;
        }
        else if(lab[k-1][j] == 0){
            lab[k][j] = 1;
            lab[k-1][j] = 5;
            vetor[i].altura = k--;
            vetor[i].largura = j;
            vetor[i].tentativas = 4;
        }
        else
            tentativaAtual = 4;
    }
    else{
        while (i > 0 && vetor[i].tentativas > 4){
            i--;
            lab[k][j] = 1;
            k = vetor[i].altura;
            j = vetor[i].largura;
            lab[k][j] = 5;   /****** O erro ocorre aqui *******/
        }
        if (vetor[i].tentativas == 4 && i == 0)
            break;
    }
    i++;
    if(k == 0 || k == altura || j == 0 || j == largura)
        resolvido = 1;
}
return resolvido;
}

Nas linhas assinaladas acima é apontado:

segmentation fault

É como se o vetor não estivesse armazenando os dados como deveria. A matriz lab passada é desse tipo:

1  1  1  1  1 
1  0  0  0  1
1  0  X  0  1
1  1  0  1  1

Onde X corresponde a posição inicial, 0 corresponde aos caminhos livres, 1 corresponde as paredes e possibilidades é a quantia de caminhos livres disponíveis.
Há também uma hierarquia nos movimentos onde: (Direita) (Frente) (Esquerda) (Trás), estão ordenados da maior a menor prioridade.

ent.txt

2
5 4
1 1 1 1 1
1 0 0 0 1
1 0 X 0 1
1 1 0 1 1
3 4
1 1 1
1 X 1
1 0 1
1 1 1

Sou grato a qualquer tipo de ajuda.

  • Bem vinda ao SOpt, você poderia postar como ficou sua main chamando essa função ? – Isvaldo Fernandes 24/02/15 às 2:11
  • De um exemplo do ficheiro ent.txt se puder. – Omni 24/02/15 às 10:29
  • Para leitura correcta do ficheiro deves ignorar espaços em branco ao ler o caracter: fscanf(ent, " %c", &isCharacter); senão isCharacter fica com espaços ou newlines. – pmg 25/02/15 às 9:49
5
        k = vetor[i].altura;
        j = vetor[i].largura;
        lab[k][j] = 5;   /****** O erro ocorre aqui *******/

Se interpretei bem o teu código (não li com atenção) o erro ocorre por tentares aceder a um elemento do array lab que nao existe.

Se vetor[i].altura (k) é o número de elementos de lab, o último elemento pode-se aceder com lab[k - 1]. O elemento lab[k] não existe!

Da mesma forma para a largura.

  • Mas os índices do vetor[i] foram gravados com as posições previamente acessadas na matriz lab. – João 24/02/15 às 21:17
  • @Ariel faz um printf antes e outro depois de lab[k] e já consegues ver se é mesmo ai o erro. – Jorge B. 25/02/15 às 9:15
  • por exemplo: fprintf(stderr, "Alterando lab[%d][%d] para 5\n", k, j); – pmg 25/02/15 às 9:51
  • Vocês tinham razão, eu estava acessando um elemento inválido no vetor ^^ agora que arrumei isso, colocando um --i; antes do acesso, tá tudo perfeito hahahah. Muito obrigado! – João 26/02/15 às 12:24

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.