13

É possível alterar o tipo da minha variável em Java? Por exemplo, criei uma variável x, sendo ela um Double:

double x;

Quero continuar usando a minha variável x porém sendo ela agora um int:

int x;

Isso é possível?

  • 1
    Pode-se fazer casting. Mas a variável contiuará double e com seu valor como declarado, e também pode haver perda de dados. – Rafael Bluhm 19/02/15 às 21:32
  • 1
    Aqui é tipagem forte mano! Não essas papagaiadas de linguagenzinhas dinâmicas (desculpem, não resisti :P). – Piovezan 20/02/15 às 0:42
  • Alguma resposta resolveu o problema? Você sabe que pode aceitar uma, né? – Maniero 15/07/15 às 17:19
10

Não é possível e não existe razão para fazer isto.

Em tese seria possível criar um tipo, ou usar object, para armazenar qualquer tipo mas raramente isto faz sentido. De qualquer forma o tipo do dado será mais especializado que o tipo declarado na variável.

A definição de uma variável é uma reserva de espaço na memória e o estabelecimento de um contrato que sempre haverá um tipo de informação lá. Então você não pode trocar seu tipo. Pelo menos não em Java e outras linguagens ditas estáticas (o termo correto). Se fosse uma classe seria possível criar um objeto de um tipo compatível (derivado) porque a variável é só uma referência para o objeto real que tem um tipo específico, isto é possível por causa da indireção.

Algumas "soluções" foram postadas e aparentemente você achou uma solução "mágica". Recomendo não fazer nenhuma delas, nem mesmo a que você parece ter achado como solução. Esconder o real problema não é uma solução. Procure uma solução para seu problema. Se for o caso poste outra pergunta com o problema real que você quer resolver.

Me parece que você está tentando aplicar um solução para um problema que não a exige. Defina bem seu problema e procure a melhor solução para ele. Podemos ajudar nisto se postar uma pergunta com mais detalhes do problema real.

  • 5
    +1 Por: não existe nenhuma razão para fazer isto. – Rafael Bluhm 19/02/15 às 21:34
6

A resposta curta (como já dita) é não.

Para entender o motivo note que existem Linguagens fortemente tipadas, Linguagens fracamente tipadas e Linguagens não tipadas

  • Linguagens fortemente tipadas são linguagens em que a declaração do tipo é obrigatória. Todas as variáveis têm um tipo específico que tem que ser explicitado. Java, C#, Fortran e Cobol são exemplos deste tipo.

  • Linguagens fracamente tipadas (Dinamicamente tipadas) são aquelas em que durante a execução do programa podem alterar o tipo de dados contido em uma variável. Permitem que o programador não tenha de fazer conversões de tipos (cast). PHP, Javascript, Ruby e Python são exemplos deste tipo.

  • Linguagens não tipadas são aquelas em que existe apenas um tipo genérico ou mesmo nenhum tipo de dados. Entre estas estão a Assembly, BCPL, Perl e algumas versões de Forth.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Linguagem_tipada

Se o motivo é migrar um software de uma linguagem para outra, você deverá reescrever o software conforme o tipo da linguagem, portanto dificilmente você conseguirá migrar de uma Linguagem fortemente tipada para outra Linguagem fortemente tipada e praticamente será impossível migrar de uma linguagem Linguagem fortemente tipada para Linguagem fracamente tipada sem reescrever o software inteiro.

5

Não, as variáveis em java são imutáveis, porem, apenas por curiosidade, você pode da uma "roubadinha", trocando o objeto mas mantendo a variável.

public static void main(String[] args) {
        Object a = 1;
        a =  new StringBuilder("ola");
        a = 666;
        System.out.println(a);

}

Bom quase tudo no java é objecto, então se você quer fazer uma suruba com java esse é o caminho das trevas

Não recomendo a utilização desse tipo de técnica, de qualquer forma você está mudando o objeto e não o tipo, o problema é que o tipo e controlado pelo objeto, profundo não ?

5

SIM

Mas será bem trabalhoso. Este é um trabalho que envolve bastante magia negra e feitiçaria maligna. Algumas entidades das trevas terão que ser invocadas para o mundo dos vivos.

O que você precisará fazer é algo parecido com que o projeto lombok faz por debaixo dos panos. Ele faz tudo o que eu descrevo a seguir e é exatamente por isso que ele tem superpoderes que nós meros mortais não temos.

Basicamente o que você vai ter que fazer é criar um processador de anotações que sequestre o compilador. Isso é possível porque no caso do javac e do compilador do eclipse, eles são escritos em java e o processador de anotações roda na mesma JVM que o compilador. Para sequestrar o compilador, você tem que obter acesso as árvores sintáticas do código e sair fuçando e mexendo nelas a vontade. Como a API do compilador é interna e não deveria ser usada publicamente, para obter o acesso a ela você vai precisar usar todo o tipo de cast, reflection, violação de regras, malandragem e gambiarra que for preciso. Vale até manipulação de bytecode nas classes do compilador.

Após sequestrar o compilador e ter domínio total sobre as árvores sintáticas, tudo o que você tem que fazer é mexer com estas árvores para aceitar que você possa redeclarar variáveis no mesmo escopo e usando um tipo diferente. Afinal de contas, neste momento, o compilador já é seu e você faz o que você quiser com ele.

Boa sorte!

E se você quiser seguir este caminho, então seja bem vindo ao lado negro da força!

Mas... Porque mesmo que você quer fazer isso?

  • 2
    Kkkkkk só queria tirar o ".0" que aparece quando peço para exibir o número"1" como double... Aparece assim: 1.0... Mas já resolvi isso atribuindo a uma String kkk Valeu – Everton Luis 20/02/15 às 1:59
  • 1
    @victor Não resisti, o lado negro da força é mais forte Luke. Essa tua resposta é a resposta pra mim cara. – Intruso 20/02/15 às 2:15
  • lkkkkkkkkkjkkkkk – Skywalker 23/05/15 às 2:30
3

Tente assim:

double x;

int newX = (int) x;

Sendo newX o resultado da conversão e (int) x a double que esta sendo convertida...

  • Não mestre, a pergunta foi como trocar o tipo da variável, mantendo a mesma variável. – Isvaldo Fernandes 19/02/15 às 21:46
  • 1
    Bom, entao nao vejo sentido em ele querer fazer isso... – Jeiferson 19/02/15 às 21:47
  • Esse é o ponto, isso acontece quando migramos de linguagem, fiz os mesmos questionamentos quando migrei do python -> java, onde o tipo pouco importava. – Isvaldo Fernandes 19/02/15 às 21:49
  • Esta foi a única resposta que capturou a necessidade do AP, a qual, como a maioria das necessidades em software, era mais simples do que a maioria supôs. Nós programadores adoramos complicar. +1 – Caffé 23/02/15 às 15:54

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.