2

Comecei um curso de algoritmos e tô gostando bastante! Mas ultimamente venho me complicando bastante com a questão do "menor" em algumas situações. Segue a questão:

Crie um programa que leia o sexo e a idade de várias pessoas. O programa vai perguntar se o usuário quer continuar ou não a cada pessoa. No final, mostre:
a) qual é a maior idade lida
b) quantos homens foram cadastrados
c) qual é a idade da mulher mais jovem
d) qual é a média de idade entre os homens

A única opção que não consigo fazer 100% certa é a letra C. Alguém pode me dar uma luz de como fazer? Meu código está assim atualmente:

algoritmo "semnome"
var
nome,sexo,resp: caractere
a,idade,menor,maior,s,menorf,c: real
inicio
c <- 1
Repita
   Escreva("Digite seu nome: ")
   Leia(nome)
   Escreva("Digite seu sexo [M/F]: ")
   Leia(sexo)
   Se (sexo="M") entao
      a <- a+1
   fimse
   Escreva("Digite sua idade: ")
   Leia(idade)
   Se (c=1) entao
      menor <- idade
   fimse
   Se (idade>maior) entao
      maior <- idade
   fimse
   Se (sexo="F") e (idade<menor)  entao
      menorf <- menor
   fimse
   Se (sexo="M") entao
      s <- s+idade
   fimse
c <- c+1
Escreval("Você quer continuar? [S/N] ")
Leia(resp)
Ate(resp="N")
Escreval(maior, " é a maior idade.")
Escreval(a, " é a quantidade de homens.")
Escreval(menorf, " é a menor idade entre as mulheres.")
Escreval(s/a, " é a média da idade dos homens.")
fimalgoritmo

Se alguém puder apontar meu erro, vou agradecer bastante. Dicas de como melhorar esse código também são bem vindas :)

Valeu!

1

Vamos a algums pontos:

  • No seu código todas as variáveis numéricas são real, mas idades são inteiras, por isso pode usar inteiro:
  • Note que tem 2x o mesmo condicional Se (sexo="M") entao, pode juntar isso numa única validação;
  • Tem variáveis com nomes pouco sugestivos, como "a, c, s", pode melhorar isso;
  • Pode entrar com todos os valores e fazer a validação ao final, vai deixar o código mais fácil de entender.

Dito isso, algumas mudanças:

var 
   nome,sexo,resp: caractere
   totM,idade,,maior,somaIdadeM ,menorIdadeF,c: inteiro

inicio
// inicializar os contadores
maior <- 0
totM <- 0
menorIdadeF <- 0
somaIdadeM <- 0

c <- 1
Repita
   Escreva("Digite seu nome: ")
   Leia(nome)
  
   Escreva("Digite seu sexo [M/F]: ")
   Leia(sexo)

   Escreva("Digite sua idade: ")
   Leia(idade)

   // primeiro o mais simples, a maior idade
   se (idade > maior)
      maior <- idade
   fimse

   // segundo sexo = M
   Se (sexo="M") entao
      totM <- totM+1
      somaIdadeM <- somaIdadeM + idade
   fimse

   // finalmente sexo = F, que tem mais validacao
   se (sexo = "F") entao
     // se a idade digitada for menor que a "atual" menor idade
     // ou se a menor idade for zero, que eh o valor inicial
     // atribui a idade digita para a menor idade

     se (idade < menorIdadeF) ou (menorIdadeF = 0) entao
        menorIdadeF <- idade
     fimse
   fimse

   
   Escreval("Você quer continuar? [S/N] ")
   Leia(resp)
Ate(resp="N")

Escreval(maior, " é a maior idade.")
Escreval(totM, " é a quantidade de homens.")
Escreval(menorIdadeF, " é a menor idade entre as mulheres.")
Escreval(somaIdadeM/totM, " é a média da idade dos homens.")

Note que, na idade feminina tem 3 condições, primeiro se (sexo = "F") simples de entender, depois se (idade < menorIdadeF) ou (menorIdadeF = 0).

A condição (idade < menorIdadeF) também é simples de entender, se digitou uma idade menor que "atual" menor idade, substitui, mas a última condição ou (menorIdadeF = 0) serve para atribuir a primeira idade feminina digita a "menorIdadeF". Como assim?

A "menorIdadeF" foi iniciada com o valor zero, agora imagina que foram digitadas as idades femininas 25, 15, 6, nenhuma delas vai ser menor que zero, logo vai ficar com zero que foi o valor inicial, e está errado.

Uma alternativa mais "simples" que perminte remover o ou (menorIdadeF = 0) seria iniciar a variável "menorIdadeF" com um valor muito alto, por exemplo 9999, porque ai "teoricamente" qualquer idade "válida" digitada seria menor, mas tem 2 problemas:

  • Não está sendo validada a idade, alguém poderia digitar 50000 e vai aceitar;
  • Poderia nunca ser digita a idade de uma mulher, e ai a idade ficaria com esse valor "estranho", por isso zero seria um valor mais "aceitável", ou seja, se nunca digitou fica zero.

Se achar os dois comando se complicados, poderia juntar num único comando, mas ia precisar de mais um parênteses pois, primeira valida o sexo, depois a idade:

se (sexo = "F") e ((idade < menorIdadeF) ou (menorIdadeF = 0)) entao

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.