0

Estou estudando linguagem C, estou na aula de Pilhas, mas estou com uma dúvida simples (acredito)

Meu codigo funciona(da maneira que espero), se eu passar os paramentos de forma manual, como abaixo:

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>

struct Pilha {
    int topo;
    int * proxElemento;
};

void criaPilha (struct Pilha *p){
    p->topo = -1;
    p->proxElemento = (int*) malloc(sizeof(int));
}

void insereItem (struct Pilha *p, char * nome) {
    p->topo++;
    p->proxElemento[p->topo] = nome;
}

int main() {
    struct Pilha *pilhaLivros;
    criaPilha(&pilhaLivros);
    insereItem(&pilhaLivros, "Livro 1");
    insereItem(&pilhaLivros, "Livro 2");
    insereItem(&pilhaLivros, "Livro 3");
    return 0;
}

Quando troco o método de inserção de valores na Pilha, por um scanf ou gets(como abaixo), não dá erro na inserção propriamente dita, os dados são recebidos e inseridos pela função insereItem

int main() {
    char * nome;
    struct Pilha *pilhaLivros;
    criaPilha(&pilhaLivros);

    printf("Digite o livro 1: ");
    scanf("%s", nome);
    insereItem(&pilhaLivros, nome);

    return 0;
}

ou

int main() {
    char * nome;
    struct Pilha *pilhaLivros;
    criaPilha(&pilhaLivros);

    printf("Digite o livro 1: ");
    fflush(stdin);
    gets(nome);
    insereItem(&pilhaLivros, nome);

    return 0;
}

Mas o conteúdo guardado em p->proxElemento[p->topo] não foi o lido pela variavel nome.

Como posso resolver esse problema?

obrigado

2
  • Há alguns problemas no seu código (como passar um endereço de um ponteiro ao invés de um endereço de uma struct Pilha). Você aparentemente cria um vetor de int para armazenar uma string em cada posição, isso não vai dar certo, faça uma matriz de char. Não utilize o fflush com stdin como argumento. – Júlio Evêncio 16/05 às 16:49
  • Oi Julio, obrigado pela ajuda, entendo o que fala, mas no intuito de entender melhor meu código, gostaria(se possível) que me explicasse, pq quando mando a string direto funciona perfeito, mas quando passo a string pela variavel lida, não funciona – sanmyo 16/05 às 17:43

1 Resposta 1

1

Seu código que você diz funcionar não funciona, na sua máquina ele pode parecer funcionar, mas ele não faz o que você realmente quer (o código gera vários warning e isso significa que seu programa vai rodar de forma inconsistente).

Problemas

Passar um endereço de um ponteiro

Problema

Repare nas suas funções:

void criaPilha (struct Pilha *p)
void insereItem (struct Pilha *p, char * nome)

Ambas precisam de um endereço de uma struct Pilha, entretanto você está passando um endereço de um ponteiro do tipo struct Pilha. Observe:

struct Pilha *pilhaLivros; /* pilhaLivros eh um ponteiro */
criaPilha(&pilhaLivros) /* logo voce esta passando um endereco de um ponteiro */

Solução

Para resolver isso basta que pilhaLivros não seja declarada como ponteiro, assim:

struct Pilha pilhaLivros; /* agora pilhaLivros nao eh um ponteiro */

Utilizar um vetor de int para armazenar string

Problema

Você aparentemente cria um vetor de int para armazenar uma string em cada posição, observe:

struct Pilha {
    int topo;
    int * proxElemento; /* aqui eh seu ponteiro que vai usar como se fosse um vetor */
};



/* aqui eh na funcao criaPilha */
p->proxElemento = (int*) malloc(sizeof(int)); /* entao voce aloca memoria */



/* aqui eh na funcao insereItem */
p->proxElemento[p->topo] = nome; /* e coloca cada string em uma posicao dele */

Aqui temos alguns problemas.

Utilizar um vetor de int para armazenar string

Um vetor de int serve para armazenar várias variáveis do tipo int, se quer armazenar float, então o vetor tem que ser de float e essa lógica segue para qualquer tipo. Não temos algo assim:

string vetor[10];

Para criar um vetor de string precisamos lembrar que uma string já é um vetor, então um vetor de string é um vetor de vetores (uma matriz).

struct Pilha {
    int topo;
    int * proxElemento; /* isso aqui precisa ser uma matriz de char */
    char proxElemento[5][10]; /* uma matriz de char eh o que voce precisa */
};

A matriz acima consegue armazenar 5 string, onde cada uma delas não pode ultrapassar 10 de tamanho. Para criar uma matriz com alocação dinâmica precisamos de um ponteiro de ponteiro, repare:

struct Pilha {
    int topo;
    char **proxElemento; /* vamos usar o malloc para criar uma matriz */
};
Criando uma matriz usando ponteiro de ponteiro

No malloc devemos informar o tamanho de bytes que vamos alocar. Se quiser uma matriz que tenha 10 string então devemos colocar o valor 10 no malloc. Exemplo:

p->proxElemento = (int*) malloc(sizeof char * 10);
p->proxElemento = malloc(10); /* char vale 1 byte entao o sizeof nao eh necessario, a conversao tambem nao eh necessaria */

Sua função criaPilha ficaria assim:

void criaPilha (struct Pilha *p){
    p->topo = -1;
    p->proxElemento = malloc(10);
}

Agora podemos ter 10 string diferentes.

Adicionando uma string

Repare como você estava adicionando uma matriz:

void insereItem (struct Pilha *p, char * nome) {
    p->topo++;
    p->proxElemento[p->topo] = nome;
}

Lembre-se que não podemos atribuir diretamente uma string, veja:

a  = 10; /* valido */
b = 4.7; /* valido */
c = "teste"; /* invalido */

Podemos copiar uma string em outra usando strcpy. Então a função insere ficaria assim:

void insereItem (struct Pilha *p, char * nome) {
    p->topo++;
    strcpy(p->proxElemento[p->topo], nome);
    /* p->proxElemento[p->topo] = nome; */
}

Mas antes de fazer isso é necessário alocar quantos bytes nossa string precisa ter, dessa forma:

void insereItem (struct Pilha *p, char * nome) {
    p->topo++;
    p->proxElemento[p->topo] = malloc(31); /* agora voce pode adicionar um string com ate 30 de tamanho */
    strcpy(p->proxElemento[p->topo], nome);
    /* p->proxElemento[p->topo] = nome; */
}

O ideal é você verificar o tamanho da string nome e alocar somente o necessário (não esqueça de deixar 1 espaço a mais para o \0).

Com essas alterações seu código deve funcionar, você pode colocar um scanf que vai funcionar normalmente.

Veja seu código funcionando aqui.

OBS

Não esqueça de utilizar o free para liberar memória quando deletar uma string ou quando destruir a pilha.

Você pode criar uma variável do tipo int dentro de sua struct para guardar quantas string sua pilha pode armazenar e assim manter o controle.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.